Conor McGregor

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Conor McGregor
Conor McGregor, UFC 189 World Tour London (2).jpg
McGregor em 2015.
Informações
Nascimento 14 de julho de 1988 (29 anos)
Dublin, Irlanda
Nacionalidade Irlandês
Outros nomes Notorious
Cônjuge Dee Devlin
Filho(s) Conor McGregor Jr.
Altura 1,75 m
Peso 66 kg
Divisão Peso-pena
Peso-leve
Peso-meio-médio
Envergadura 188 cm[1]
Modalidade Taekwondo, Kickboxing, Boxe, BJJ, Karate
Posição Canhoto
Equipe SBG Ireland
Graduação     Faixa Marrom Jiu Jitsu Brasileiro
Período em
atividade
2008–presente
Cartel profissional no boxe
Total 1
Derrotas 1
Por nocaute 1
Cartel nas artes marciais mistas
Total 24
Vitórias 21
Por nocaute 18
Por finalização 1
Por decisão 2
Derrotas 3
Por finalização 3
Ligações externas
Página oficial:
Recorde de MMA no Sherdog

Conor McGregor (Dublin, 01988-07-14 14 de julho de 1988) é um lutador irlandês de artes marciais mistas (MMA) atual campeão peso-leve do UFC. Conhecido pelas provocações que faz aos seus oponentes e estilo extravagante, "The Notorious", como é apelidado, conquistou o título do UFC nocauteando Jose Aldo em apenas 13 segundos. Foi campeão do peso-leve e do peso-pena do Cage Warriors, sendo o primeiro lutador irlandês profissional a ter dois títulos em duas categorias diferentes. No dia 12 de Novembro de 2016, McGregor repetiu seu feito, dessa vez no UFC, e se tornou o primeiro lutador da organização a ter 2 cinturões de categorias diferentes ao mesmo tempo. McGregor conseguiu a proeza nocauteando Eddie Alvarez no UFC 205 (New York). Outra curiosidade de McGregor é a previsão que faz de como irá acabar suas lutas, que na maioria das vezes se concretizam.[2]

Começo nos esportes[editar | editar código-fonte]

Conor McGregor foi criado em uma família de operários e o seu pai não apoiava muito a sua decisão de viver das artes marciais (ele praticava boxe e kickboxing e competia em competições locais). Seu pai gostaria que Conor tivesse uma profissão comum, obrigando Conor a trabalhar como encanador em canteiros de obras. Mas Conor persistiu paralelamente como atleta marcial, até que em 2013 foi contratado pelo UFC.[3]

Carreira no MMA[editar | editar código-fonte]

Começo da carreira[editar | editar código-fonte]

McGregor fez sua estréia profissional no MMA em Março de 2008 em seu país nativo, a Irlanda. Durante os dois anos e meio seguintes, ele acumulou o recorde de 4 vitórias e 2 derrotas.[4]

Com início em 2011, Conor emendou uma sequência de 8 vitórias todas finalizadas (7 nocautes e 1 finalização). Essa sequência chamou a atenção nos fóruns de MMA e McGregor subiu nos rankings europeus.[5]

Em Março de 2013, o caminho de McGregor no MMA foi o foco de um documentário da MTV UK "The Rise of Conor McGregor".[6]

Ultimate Fighting Championship[editar | editar código-fonte]

Em Fevereiro de 2013, o UFC anunciou que havia assinado um contrato de múltiplas lutas com o McGregor.[7] Ele foi o segundo lutador irlandês a lutar na companhia, seguindo o meio médio Tom Egan.[8]

McGregor chegou ao UFC com cartel de 12-2, sendo onze vitórias por nocaute, nove delas no primeiro round.[9]

McGregor fez sua estréia no UFC contra Marcus Brimage em 6 de Abril de 2013 no UFC on Fuel TV: Mousasi vs. Latifi.[10] Ele estreou com sucesso, vencendo por nocaute técnico em pouco mais de um minuto do primeiro round.[11] A vitória deu à McGregor seu primeiro prêmio de Nocaute da Noite.[12]

Após sua estréia pelo UFC, Dana White rasgou elogios ao irlandês.

McGregor era esperado para enfrentar Andy Ogle em 17 de Agosto de 2013 no UFC Fight Night: Shogun vs. Sonnen.[14] Porém, uma lesão tirou Ogle do evento e, então, McGregor enfrentou Max Holloway, vencendo por decisão unânime.[15]


Conor era esperado para enfrentar Cole Miller em 19 de Julho de 2014 no evento principal do UFC Fight Night: McGregor vs. Brandão. No entanto o "magrinho" se machucou, e o brasileiro Diego Brandão foi escalado para substituí-lo.[16] McGregor venceu por nocaute técnico ainda no primeiro round e faturou o prêmio de Performance da Noite.[17]

Depois de trocarem diversas provocações, inclusive na coletiva pós luta do UFC Fight Night: McGregor vs. Brandão, Dustin Poirier e McGregor se enfrentaram no UFC 178, no dia 27 de Setembro de 2014. O irlandês foi o primeiro lutador a nocautear Poirier, e o fez ainda no primeiro round.[18]

Conor enfrentou o alemão Dennis Siver em 18 de Janeiro de 2015 no evento principal do UFC Fight Night: McGregor vs. Siver. Ele venceu a luta por nocaute técnico no segundo round, e após isso pulou a grade para provocar o campeão José Aldo que se encontrava em volta do octógono. Esse foi o terceiro prêmio de Performance da Noite consecutivo.[19]

O Cinturão Interino dos Pesos Penas[editar | editar código-fonte]

Depois da maior promoção da história do UFC na luta que envolvia McGregor e José Aldo[20], devido a uma lesão de Aldo, ele foi substituído por Chad Mendes, o então nª 1 do Ranking dos Pesos Penas numa luta valendo o título interino da divisão no dia 11 de Julho de 2015.[21]

Durante a semana, Conor avisou: ganharia de Chad Mendes no segundo round. E, aos 4m57s do referido assalto, ele se impôs para bater o americano por nocaute técnico e faturou o cinturão interino, depois da luta mais dura que McGregor teve na organização.[22]

O Cinturão UFC dos Pesos Penas[editar | editar código-fonte]

McGregor encerrou o reinado do brasileiro José Aldo como prometido, ainda no primeiro round do evento principal do UFC 194, no dia 12 de dezembro, em Las Vegas. E só precisou de 13 segundos para tal, quando Aldo partiu para cima com um soco, Conor deu um passo atrás e encaixou um gancho de esquerda que acertou em cheio no queixo de Aldo, conseguindo assim o Nocaute, um recorde em lutas valendo cinturão no Ultimate.[23]

Antes da luta, Conor fez uma análise de como ela se sucederia;

Lutas no peso Meio-Médios[editar | editar código-fonte]

McGregor iria enfrentar o campeão dos pesos leves Rafael dos Anjos no UFC 197, em 5 de março, em Las Vegas. Depois de conquistar o cinturão dos penas, Conor McGregor subiu de peso para tentar conquistar 2 cinturões simultaneamente. No entanto, uma lesão tirou Rafael dos Anjos do combate. Coincidentemente, é a segunda vez que uma luta de um brasileiro contra McGregor, valendo cinturão, acaba caindo.[25]

O UFC então confirmou que o americano Nate Diaz iria substituir Dos Anjos. A luta foi a primeira de Conor na categoria dos meio-médios (até 77,6 kg), 11,8 Kg[26] acima da categoria que Conor está acostumado. McGregor abriu as casas de apostas como favorito, porém caiu perante Diaz, por finalização, aos 4m12s do segundo round. [27]

Uma revanche foi marcada para o UFC 200 no dia 9 de julho de 2016, em Las Vegas. no entanto, o Irlandês foi retirado do evento após se recusar a fazer atividades promocionais. A luta foi remarcada para o UFC 202 no dia 20 de agosto de 2016. Dessa vez Conor Mcgregor venceu a luta por decisão (majoritária) e faturou o prêmio de Luta da Noite.[28]

UFC NY: O Cinturão dos Pesos Leves[editar | editar código-fonte]

Depois de quase uma década de lobby, o UFC finalmente conseguiu marcar um evento em Nova Iorque, no lendário Madison Square Garden[29]

McGregor enfrentou ex-campeão do Bellator e até então campeão dos pesos leves do UFC, Eddie Alvarez no UFC 205 que ocorreu no dia 12 de novembro. Em uma atuação fenomenal, "Notorious" nocauteou Eddie Alvarez aos 3m04s do segundo round, conquistando, pela quinta vez, o prêmio de Performance da Noite.[30]

Floyd Mayweather vs Conor McGregor (MayMac)[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: May x Mac
Mayweather (à esquerda em foto de 2010) e Conor McGregor (foto de março de 2015)

Conor McGregor e Floyd Mayweather mediram forças no dia 26 de agosto, na T-Mobile Arena, em Las Vegas, nos Estados Unidos, em combate de 12 rounds, válido pelo peso-médio-ligeiro (69,85kg).[31]

A luta foi feita nas regras do boxe, com luvas de 8 onças. A disputa foi distribuída através de ShowTime pay-per-view. Foi um cartel inteiramente de boxe. A Mayweather Promotions foi a principal promotora do evento.[32]

Foi a 1ª experiência de Notorious num combate de boxe com regras inteiramente ligadas ao boxe, mas mesmo assim ele conseguiu sobreviver a Floyd Mayweather por 10 rounds, sendo nocauteado aos 1:05 do 10º round.[33]

"Ele é um competidor muito duro, eu acho que demos aos fãs o que eles gostariam de ver. Ele foi muito melhor do que eu achei que era." - Mayweather respondendo aos apresentadores do evento.[33]

A bolsa de Conor foi de US$ 30 milhões, não incluindo ainda os percentuais de vendas de pay-per-view.[34]

Campeonatos e realizações[editar | editar código-fonte]


Cartel no MMA[editar | editar código-fonte]

Res. Cartel Oponente Método Evento Data Round Tempo Local Notas
Vitória 21-3 Estados Unidos Eddie Alvarez Nocaute (socos) UFC 205: Alvarez vs. McGregor 12/11/2016 2 3:04 Estados Unidos Nova Iorque, Nova Iorque Ganhou o Cinturão Peso Leve do UFC; Performance da Noite; Tornou-se o primeiro lutador a ter dois cinturões de duas categorias diferentes ao mesmo tempo no UFC.
Vitória 20-3 Estados Unidos Nate Diaz Decisão (majoritária) UFC 202: Diaz vs. McGregor II 20/08/2016 5 5:00 Estados Unidos Las Vegas, Nevada Luta nos Meio Médios; Luta da Noite
Derrota 19-3 Estados Unidos Nate Diaz Finalização (mata leão) UFC 196: McGregor vs. Diaz 05/03/2016 2 4:12 Estados Unidos Las Vegas, Nevada Estreia nos Meio Médios; Luta da Noite
Vitória 19-2 Brasil José Aldo Nocaute (soco) UFC 194: Aldo vs. McGregor 12/12/2015 1 0:13 Estados Unidos Las Vegas, Nevada Ganhou e unificou o Cinturão Peso Pena do UFC; Quebrou o recorde para o nocaute mais rápido em lutas pelo cinturão; Quebrou o recorde de maior número de nocautes no Peso Pena; Performance da Noite.
Vitória 18-2 Estados Unidos Chad Mendes Nocaute Técnico (socos) UFC 189: McGregor vs. Mendes 11/07/2015 2 4:57 Estados Unidos Las Vegas, Nevada Ganhou o Cinturão Peso Pena Interino do UFC; Performance da Noite.
Vitória 17-2 Alemanha Dennis Siver Nocaute Técnico (socos e cotoveladas) UFC Fight Night: McGregor vs. Siver 18/01/2015 2 1:52 Estados Unidos Boston, Massachusetts Performance da Noite.
Vitória 16-2 Estados Unidos Dustin Poirier Nocaute Técnico (socos) UFC 178: Johnson vs. Cariaso 27/09/2014 1 1:46 Estados Unidos Las Vegas, Nevada Performance da Noite.
Vitória 15-2 Brasil Diego Brandão Nocaute Técnico (socos) UFC Fight Night: McGregor vs. Brandão 19/07/2014 1 4:05 República da Irlanda Dublin Performance da Noite.
Vitória 14-2 Estados Unidos Max Holloway Decisão (unânime) UFC Fight Night: Shogun vs. Sonnen 17/08/2013 3 5:00 Estados Unidos Boston, Massachusetts
Vitória 13-2 Estados Unidos Marcus Brimage Nocaute Técnico (socos) UFC on Fuel TV: Mousasi vs. Latifi 06/04/2013 1 1:08 Suécia Estocolmo Estreia no UFC; Nocaute da Noite; Retornou ao Peso Pena.
Vitória 12-2 Eslováquia Ivan Buchinger Nocaute (socos) Cage Warriors 51 31/12/2012 1 3:40 República da Irlanda Dublin Estréia no Peso Leve. Ganhou o Título Peso-Leve do Cage Warriors.
Vitória 11-2 Inglaterra Dave Hill Finalização (mata leão) Cage Warriors 47 02/06/2012 2 4:10 República da Irlanda Dublin Ganhou o Título Peso Pena do Cage Warriors.
Vitória 10-2 Inglaterra Steve O'Keefe Nocaute Técnico (cotoveladas) Cage Warriors 45 18/02/2012 1 1:33 Inglaterra Kentish Town
Vitória 9-2 Noruega Aaron Jahnsen Nocaute Técnico (socos) Cage Warriors: Fight Night 2 08/09/2011 1 3:25 Jordânia Amman
Vitória 8-2 Polónia Artur Sowinski Nocaute Técnico (socos) Clash of the Giants 11/06/2011 2 1:12 República da Irlanda Portlaoise
Vitória 7-2 República da Irlanda Paddy Doherty Nocaute (socos) Immortal Fighting Championship 4 16/04/2011 1 0:05 República da Irlanda Dublin
Vitória 6-2 Inglaterra Mike Wood Nocaute (socos) CC 8 - Fields vs. Redmond 12/03/2011 1 0:16 República da Irlanda Dublin
Vitória 5-2 República da Irlanda Hugh Brady Nocaute Técnico (socos) Chaos Fighting Championship 8 12/02/2011 1 2:30 Irlanda do Norte Derry
Derrota 4-2 República da Irlanda Joseph Duffy Finalização (triângulo de braço) Cage Warriors 39 27/11/2010 1 0:40 República da Irlanda Cork
Vitória 4-1 República da Irlanda Connor Dillon Nocaute Técnico (inter. do córner) Chaos Fighting Championship 7 09/10/2010 1 4:22 República da Irlanda Dublin
Vitória 3-1 República da Irlanda Stephen Bailey Nocaute Técnico (socos) The Fight Before Christmas 12/12/2008 1 1:20 República da Irlanda Dublin
Derrota 2-1 Lituânia Artemij Sitenkov Finalização (chave de joelho) Cage of Truth 03/05/2008 1 0:30 República da Irlanda Dublin
Vitória 2-0 Bélgica Mo Taylor Nocaute Técnico (socos) Cage Rage - Contenders 03/05/2008 1 1:38 República da Irlanda Dublin
Vitória 1-0 República da Irlanda Gary Morris Nocaute Técnico (socos) Cage of Truth 09/03/2008 2 0:50 República da Irlanda Dublin

Cartel no Boxe[editar | editar código-fonte]

0 vitórias, 1 derrotas (1 nocaute)
TKO = KO • UD = decisão unânime • SD = decisão dividida MD = decisão majoritária
Resultado Recorde Adversário Tipo Round, temps Data Local
Derrota 0-1 Estados Unidos Floyd Mayweather TKO 10 (12), 1:05 26 de agosto de 2017 Estados Unidos Las Vegas

Referências

  1. http://www.ufc.com/event/ufn-dublin-ireland/printFightCard
  2. http://nagradedomma.blogosfera.uol.com.br/2015/12/13/mcgregor-conta-por-que-preve-suas-vitorias-e-crava-e-o-melhor-do-mundo
  3. O homem por trás dos óculos escuros: o que esconde Conor McGregor?
  4. NA REDE DA NOSTALGIA: HÁ 8 ANOS, CONOR MCGREGOR FAZIA SUA ESTREIA NO MMA PROFISSIONAL
  5. A trajetória de Conor McGregor, o novo rei do Ultimate
  6. http://www.mirror.co.uk/sport/other-sports/mma/ufc-conor-mcgregor-profiled-mtv-1756705
  7. http://bleacherreport.com/articles/1519897-uber-prospect-conor-mcgregor-signs-with-the-ufc
  8. OPINIÃO DO LEITORNR: FAÇAM SUAS APOSTAS, JOSÉ ALDO OU CONOR MCGREGOR?
  9. Personalidade e punhos de concreto: Conor McGregor chegou ao UFC
  10. http://www.thefightlounge.co.uk/news/conor-mcgregor-signs-for-ufc-meets-marcus-brimage-at-ufc-on-fuel-tv-9/
  11. http://globotv.globo.com/sportv/combate/v/conor-mcgregor-vence-marcus-brimage-por-nocaute-pelos-pesos-penas-no-ufc-suecia-2/2502626/
  12. http://www.mmajunkie.com/news/2013/04/ufc-on-fuel-tv-9-bonuses-mcgregor-madadi-pickett-easton-win-60000
  13. http://www.mmabrasil.com.br/personalidade-e-punhos-de-concreto-conor-mcgregor-chegou-ao-ufc
  14. http://www.mmajunkie.com/news/2013/05/conor-mcgregor-vs-andy-ogle-set-for-ufc-on-fox-sports-1-debut
  15. http://www.mmajunkie.com/news/2013/07/with-andy-ogle-out-max-holloway-meets-conor-mcgregor-at-ufc-on-fox-sports-1-1
  16. http://sportv.globo.com/site/combate/noticia/2014/06/cole-miller-se-machuca-e-diego-brandao-enfrenta-conor-mcgregor.html
  17. McGregor atropela Diego Brandão e vence por nocaute no primeiro round
  18. McGregor vence Poirier de forma rápida e pede luta com Aldo no Brasil
  19. McGregor nocauteia Siver, pula grade e desafia Aldo cara a cara, em Boston
  20. http://www.mmaspace.net/ufc-faz-o-maior-investimento-de-sua-historia-em-luta-de-jose-aldo-78466/
  21. http://sportv.globo.com/site/combate/noticia/2015/06/aldo-esta-fora-do-ufc-189-que-tera-mcgregor-x-mendes-na-luta-principal.html
  22. http://sportv.globo.com/site/combate/noticia/2015/07/mcgregor-passa-sufoco-mas-cumpre-promessa-e-bate-mendes-no-2-round.html
  23. http://sportv.globo.com/site/combate/noticia/2015/12/jose-aldo-sofre-nocaute-relampago-e-perde-cinturao-para-conor-mcgregor.html
  24. http://sextoround.com.br/36680-pensando-alto-a-analise-informal-do-ufc-194/
  25. http://odia.ig.com.br/esporte/MMA/2016-02-23/rafael-dos-anjos-se-lesiona-e-luta-contra-mcgregor-deve-ser-adiada-diz-site.html
  26. «SUPERMMA». supermma.com. Consultado em 6 de março de 2016 
  27. http://espn.go.com/chalk/story/_/id/14834577/conor-mcgregor-opens-sizable-betting-favorite-nate-diaz-ahead-ufc-196-welterweight-bout
  28. Conor McGregor se vinga e derrota Nate Diaz na luta principal do UFC 202
  29. MMA é libado em NY após quase 8 anos de lobby
  30. McGregor Passeia Diante de Alvarez e faz história
  31. «Dana: Floyd x Conor vai bater todos os recordes de PPV da história». Consultado em 15 de junho de 2017 
  32. «OFICIAL: Floyd Mayweather-Conor McGregor fight finalized for Aug. 26» (em inglês). Consultado em 15 de junho de 2017 
  33. a b «Mayweather dá aula de boxe em dez rounds e nocauteia Conor McGregor». Combate 
  34. «NAC divulga bolsas: US$ 100 mi para Mayweather e US$ 30 mi para Conor». combate 
  35. http://www.foxsports.com/ufc/story/ufc-conor-mcgregor-rules-the-world-a-look-at-his-record-breaking-ufc-194-weekend-121415
Precedido por:
Brasil José Aldo
campeão do peso-pena do UFC
12 de dezembro de 2015 - 26 de novembro de 2016
Sucedido por:
Brasil José Aldo
Precedido por:
Estados Unidos Eddie Alvarez
campeão do peso-leve do UFC
12 de novembro de 2016 – presente
Atual Detentor