Nate Diaz

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Nate Diaz
Nate Diaz 2009.jpg
Nate Diaz
Informações
Nascimento 16 de abril de 1985 (34 anos)
Stockton, Califórnia
Nacionalidade Estados Unidos Norte-Americano
Altura 1,83 m
Peso 70 kg
Modalidade Jiu-Jítsu e Boxe
Posição Canhoto
Organização(ões) Cesar Gracie Jiu-Jitsu Academy
Graduação      Faixa Preta em BJJ
Cartel nas artes marciais mistas
Total 31
Vitórias 20
Por nocaute 4
Por finalização 12
Por decisão 4
Derrotas 11
Por nocaute 1
Por finalização 1
Por decisão 9
Ligações externas
Página oficial:
Cartel no MMA pelo Sherdog

Nathan Donald Diaz (Stockton, 16 de abril de 1985) é um lutador de MMA norte-americano, competindo atualmente pelo UFC na divisão dos Pesos Leves. Ele ficou conhecido como o vencedor da 5ª temporada do reality show The Ultimate Fighter.[1]

Já lutou no Strikeforce, Pancrase e no WEC. Diaz foi graduado na High School Tokay em Lodi, Califórnia, e possui uma faixa preta de jiu-jitsu com César Gracie que recebeu no dia 5 de abril de 2012. Ele é o irmão mais novo do também lutador de MMA Nick Diaz.[2]

Carreira no MMA[editar | editar código-fonte]

The Ultimate Fighter 5[editar | editar código-fonte]

Ele era um concorrente na The Ultimate Fighter 5 mostram, exclusivamente com pesos leves.Ele lutou em Jens Pulver equipe.Na fase preliminar, Diaz derrotou Rob Emerson pela submissão; nas quartas de final derrotou companheiro de Team companheiro Pulver Corey Hill via triangulo no primeiro round. Nas semifinais, derrotou Equipe Penn membro Gray Maynard por submissão, avançando para as finais, onde ele enfrentou Manvel Gamburyan..Embora Gamburyan venceu o primeiro round, ele foi forçado a apresentar na segunda rodada devido ao deslocamento do ombro direito como resultado de uma tentativa de takedown.Com isso, tornou-se Diaz o vencedor do The Ultimate Fighter 5.

Ultimate Fighting Championship[editar | editar código-fonte]

Depois de derrotar Alvin Robinson no UFC Fight Night 12, exigiu lutadores mais fortes. Foi dada a Diaz uma luta com Kurt Pellegrino no UFC Fight Night 13, Diaz derrotou Pellegrino por finalização (triângulo) no segundo round.

Diaz derrotou Josh Neer por decisão dividida no UFC Fight Night 15. Em seguida, Diaz lutou Clay Guida no UFC 94: St. Pierre vs. Penn 2. Após três rounds, os juízes atribuiu a Guida a vitória por decisão dividida, marcando primeira derrota de Diaz no UFC no que era também sua estréia no card principal.

Diaz conheceu Joe Stevenson no The Ultimate Fighter: United States vs. United Kingdom Finale, Diaz lutou com habilidades de wrestling de Stevenson, foi controlado com quedas ao longo dos 3 rounds, incapaz de trabalhar alguma finalização significativa ou ficar de pé.

Depois de duas derrotas consecutivas por decisão, ele foi anunciado no UFC Fight Night 19 contra Melvin Guillard. Ele mostrou coragem durante a luta, mantendo a compostura quando bateu várias vezes, tornando-se mais preciso e eficaz com seu boxe no segundo round, e depois de fez o backup de Guillard com uma combinação jab de esquerda e direita. Neste momento Diaz trancou uma guilhotina ou uma gravata peruana, usando a perna direita para manter Melvin na posição.

Diaz encarou Gray Maynard em 11 de janeiro de 2010, no evento principal no UFC Fight Night 20, uma revanche a partir de quando os dois se encontraram nas semifinais da The Ultimate Fighter 5, onde Diaz ganhou. Diaz perdeu em uma controversa.

Após três derrotas em quatro lutas, Nate pensou em fazer um movimento permanente em peso a 170 lb, declarando que "eu não ganho dinheiro suficiente para ter de largar este peso muito assim que eu gostaria de lutar em 170 e só ir para [155] de vez em quando." A luta contra o Rory Markham foi posteriormente confirmada. Na pesagem, Markham pesava 177, enquanto Diaz pesava no limite welterweight de 171 e a luta foi mudado para um combate catchweight. Diaz ganhou a luta por nocaute técnico no primeiro round. Após a vitória sobre Markham, Diaz afirmou que ele iria competir em ambas as classes de peso.

Sua próxima luta foi mais uma vez no meio-médio contra Marcus Davis em 28 de agosto de 2010 no UFC 118, Nate Diaz ganhou a luta usando sua vantagem alcance de grande efeito, acertando Davis com socos que causaram danos consideráveis ​​ao longo do tempo. Diaz terminou Davis com uma guilhotina no round final, a luta ganhou Luta da Noite.

Diaz perdeu por decisão unânime de Dong Hyun Kim, em 1 de janeiro de 2011 no UFC 125, Diaz foi controlado por Kim para as dois primeiros round. Enquanto Nate ganhou a round final, já era tarde demais, Diaz perdeu a luta 29-28 em todos os cartões de pontuação dos juízes.

Diaz lutou Rory MacDonald em 30 de abril de 2011 no UFC 129, ele não foi capaz de montar nada muito significativo, falhando em quedas, e foi em grande parte controlada por MacDonald, perdendo por decisão unânime.

Após a perda, Diaz afirmou que ele estaria se movendo de volta para o Peso Leve. Diaz derrotou Takanori Gomi em 24 de setembro de 2011 no UFC 135 com um armlock no primeiro round. Durante a luta, Diaz mostrou que o boxe melhorou e também mostrou boa habilidade no chão, a transição perfeitamente a partir do triângulo para o armlock.

Diaz derrotou Donald Cerrone em UFC 141 via decisão unânime, em uma performance que ganhou ambos os participantes com luta da noite. Apesar de ser caído pés várias vezes por chutes de Cerrone, Diaz teve uma das melhores performances de sua carreira. Diaz estabeleceu um recorde CompuStrike, o desembarque de 82% dos ataques, ele jogou a caminho de sua vitória sobre o Cerrone.

Diaz enfrentou Jim Miller em 05 de maio de 2012 no UFC on Fox: Diaz vs. Miller em New Jersey. Com a vitória Diaz se tornou #1 Contender para o título dos leves do UFC. Diaz foi dominante em pé nos dois rounds, mesmo marcando um knock down no primeiro round, até Miller aplicou uma queda, a qual respondeu imediatamente Diaz com uma justa guilhotina, forçando a luta acabar aos 4:09 do segundo round. A apresentação Diaz ganhou bônus de submissão da noite.

Disputa de cinturão dos Leves[editar | editar código-fonte]

Diaz foi derrotado por Ben Henderson em 8 de dezembro de 2012 no UFC on Fox: Henderson vs. Diaz por decisão unânime, em luta que valia o Cinturão Peso Leve do UFC.

Diaz enfrentou Josh Thomson em 20 de abril de 2013 no UFC on Fox: Henderson vs. Melendez. Diaz perdeu por desistência. Poucos segundos antes de o árbitro encerrar a luta com um nocaute técnico no segundo round, o córner de Nate Diaz jogou uma toalha dentro do octótono.[3]

Diaz enfrentou Gray Maynard em 30 de novembro de 2013 no The Ultimate Fighter: Team Rousey vs. Team Tate Finale. Diaz partiu para cima de Maynard e com uma sequência avassaladora de socos deixou Maynard grogue, o árbitro percebeu que Maynard não teria mais como reagir e interrompeu o combate no 1º round encerrando a trilogia com uma vitória para Diaz. Diaz ainda faturou o prêmio de Nocaute da Noite.

Após pouco mais de um ano sem lutar, Diaz enfrentou o embalado Rafael dos Anjos em 13 de Dezembro de 2014 no UFC on Fox: dos Santos vs. Miocic. Na luta, Diaz foi completamente dominado por Rafael durante toda a luta.

Diaz enfrentou Michael Johnson em 19 de Dezembro de 2015 no UFC on Fox: dos Anjos vs. Cerrone II. Ele venceu a luta por decisão unânime, e ainda faturou o bônus de Luta da Noite.

Diaz vs. Conor McGregor nos Meio-Médios[editar | editar código-fonte]

Nate substituiu Rafael dos Anjos no UFC 196 no dia 5 de março 2016, em combate contra Conor McGregor. Conor tem o título dos penas (65,8 kg) e subiu para o peso leve (70,3 kg) para desafiar dos Anjos, no entanto, o embate aconteceu na categoria dos pesos meio-médios (77 kg). Diaz foi castigado, resistiu, provocou e, no segundo round, após conseguir encaixar bons golpes, viu seu adversário tentar a queda no desespero. Foi a senha para que Diaz achasse o caminho. Por cima, dominou as costas e encaixou um mata-leão aos 4:12.

Nate perdeu por decisão (majoritária) a revanche com o irlandês Conor McGregor na categoria dos Meio-Médios, em 20 de Agosto de 2016 no UFC 202: Diaz vs. McGregor II. A luta ganhou o prêmio de Luta da Noite.

Campeonatos e realizações[editar | editar código-fonte]

Artes Marciais Mistas[editar | editar código-fonte]

Cartel no MMA[editar | editar código-fonte]

Res. Cartel Oponente Método Evento Data Round Tempo Local Notas
Estados Unidos Jorge Masvidal UFC 244: Masvidal vs. Diaz 02/11/2019 Estados Unidos Nova Iorque, Nova Iorque Luta válida pelo cinturão simbólico BMF.
Vitória 20-11 Estados Unidos Anthony Pettis Decisão (unânime) UFC 241: Cormier vs. Miocic 2 17/08/2019 3 5:00 Estados Unidos Anaheim, Califórnia
Derrota 19-11 República da Irlanda Conor McGregor Decisão (majoritária) UFC 202: Diaz vs. McGregor II 20/08/2016 5 5:00 Estados Unidos Las Vegas, Nevada Luta nos Meio Médios; Luta da Noite
Vitória 19-10 República da Irlanda Conor McGregor Finalização (mata leão) UFC 196: McGregor vs Diaz 05/03/2016 2 4:12 Estados Unidos Las Vegas, Nevada Luta nos Meio Médios; Luta e Performance da Noite.
Vitória 18-10 Estados Unidos Michael Johnson Decisão (unânime) UFC on Fox: dos Anjos vs. Cerrone II 19/12/2015 3 5:00 Estados Unidos Orlando, Florida Luta da Noite.
Derrota 17-10 Brasil Rafael dos Anjos Decisão (unânime) UFC on Fox: dos Santos vs. Miocic 13/12/2014 3 5:00 Estados Unidos Phoenix, Arizona
Vitoria 17-9 Estados Unidos Gray Maynard Nocaute Técnico (socos) The Ultimate Fighter 18 Finale 30/11/2013 1 2:38 Estados Unidos Las Vegas, Nevada Nocaute da Noite.
Derrota 16-9 Estados Unidos Josh Thomson Nocaute Técnico (chute na cabeça e socos) UFC on Fox: Henderson vs. Melendez 20/04/2013 2 3:44 Estados Unidos San Jose, California
Derrota 16-8 Estados Unidos Ben Henderson Decisão (unânime) UFC on Fox: Henderson vs. Diaz 08/12/2012 5 5:00 Estados Unidos Seattle, Washington Pelo Cinturão Peso Leve do UFC.
Vitória 16-7 Estados Unidos Jim Miller Finalização (guilhotina) UFC on Fox 3: Diaz vs. Miller 05/05/2012 2 4:09 Estados Unidos East Rutherford, New Jersey Ganhou a chance de disputar o Título; Finalização da Noite.
Vitória 15-7 Estados Unidos Donald Cerrone Decisão (unânime) UFC 141: Lesnar vs. Overeem 30/12/2011 3 5:00 Estados Unidos Las Vegas, Nevada Luta da Noite.
Vitória 14-7 Japão Takanori Gomi Finalização (armlock) UFC 135: Jones vs. Rampage 24/09/2011 1 4:27 Estados Unidos Denver, Colorado Retornou para o Peso Leve; Finalização da Noite.
Derrota 13-7 Canadá Rory MacDonald Decisão (unânime) UFC 129: GSP vs. Shields 30/04/2011 3 5:00 Canadá Toronto, Ontario
Derrota 13-6 Coreia do Sul Dong Hyun Kim Decisão (unânime) UFC 125: Resolution 01/01/2011 3 5:00 Estados Unidos Las Vegas, Nevada
Vitória 13-5 Estados Unidos Marcus Davis Finalização Técnica (guilhotina) UFC 118: Edgar vs. Penn 2 28/08/2010 3 4:02 Estados Unidos Boston, Massachusetts Luta da Noite.
Vitória 12-5 Estados Unidos Rory Markham Nocaute Técnico (socos) UFC 111: St-Pierre vs. Hardy 27/03/2010 1 2:47 Estados Unidos Newark, New Jersey Estréia nos Meio Médios.
Derrota 11-5 Estados Unidos Gray Maynard Decisão (dividida) UFC Fight Night: Maynard vs. Diaz 11/01/2010 3 5:00 Estados Unidos Fairfax, Virginia
Vitória 11-4 Estados Unidos Melvin Guillard Finalização (guilhotina) UFC Fight Night: Diaz vs. Guillard 17/09/2008 2 2:13 Estados Unidos Oklahoma City, Oklahoma Finalização da Noite.
Derrota 10-4 Estados Unidos Joe Stevenson Decisão (dividida) The Ultimate Fighter 9 Finale 20/06/2009 3 5:00 Estados Unidos Las Vegas, Nevada Luta da Noite.
Derrota 10-3 Estados Unidos Clay Guida Decisão (dividida) UFC 94: St-Pierre vs. Penn 2 31/01/2009 3 5:00 Estados Unidos Las Vegas, Nevada Luta da Noite.
Vitória 10-2 Estados Unidos Josh Neer Decisão (dividida) UFC Fight Night: Diaz vs. Neer 17/09/2008 3 5:00 Estados Unidos Omaha, Nebraska Luta da Noite.
Vitória 9-2 Estados Unidos Kurt Pellegrino Finalização (triângulo) UFC Fight Night: Florian vs. Lauzon 02/04/2008 2 3:06 Estados Unidos Broomfield, Califórnia Finalização da Noite.
Vitória 8-2 Estados Unidos Alvin Robinson Finalização (triângulo) UFC Fight Night: Swick vs. Burkman 23/01/2008 1 3:39 Estados Unidos Las Vegas, Nevada
Vitória 7-2 Brasil Junior Assunção Finalização (guilhotina) UFC Fight Night: Thomas vs. Florian 19/09/2007 1 4:10 Estados Unidos Las Vegas, Nevada Estréia no UFC.
Vitória 6-2 Arménia Manvel Gamburyan Finalização (lesão) The Ultimate Fighter 5 Finale 23/06/2007 2 0:20 Estados Unidos Las Vegas, Nevada Ganhou o The Ultimate Fighter 5.
Derrota 5-2 Brasil Hermes França Finalização (armlock) WEC 24: Full Force 12/10/2006 2 2:46 Estados Unidos Lemoore, California Pelo Cinturão Peso Leve do WEC.
Vitória 5-1 Estados Unidos Dennis Davis Finalização (keylock) WC: Warrior Cup 12/08/2006 1 2:00 Estados Unidos Stockton, California
Vitória 4-1 Estados Unidos Joe Hurley Finalização (triângulo) WEC 21: Tapout 15/06/2006 2 2:03 Estados Unidos Highland, California
Vitória 3-1 Estados Unidos Gil Rael Nocaute Técnico (socos) WEC 20: Cinco de Mayhem 06/05/2006 1 3:35 Estados Unidos Lemoore, California
Vitória 2-1 Estados Unidos Tony Juares Nocaute Técnico (socos) Strikeforce: Shamrock vs. Gracie 10/03/2006 1 3:23 Estados Unidos San Jose, California
Derrota 1-1 Japão Koji Oishi Decisão (unânime) Pancrase 2005 Neo-Blood Tournament 27/08/2005 3 5:00 Japão Tóquio
Vitória 1-0 Estados Unidos Alex Garcia Finalização (triangulo) WEC 12: Halloween Fury 3 21/10/2004 3 2:17 Estados Unidos Lemoore, California

Referências

  1. UFC Portugal. «The Ultimate Fighter - Temporadas e Vencedores». Consultado em 17 de outubro de 2010 
  2. Sherdog. «Another Unbreakable Diaz» (em inglês). Consultado em 17 de outubro de 2010 
  3. nagradedomma.blogosfera.uol.com.br/ Cabelo atrapalha campeão, e time joga toalha durante surra: UFC on FOX 7 em 9 detalhes