Evan Dunham

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Evan Dunham
Informações
Nascimento 18 de dezembro de 1981 (36 anos)
Estados Unidos Eugene, Oregon, Estados Unidos
Nacionalidade Estados Unidos Estadunidense
Altura 1,78 m
Peso 70 kg
Divisão Peso-leve
Envergadura 178 cm
Modalidade Wrestling, Boxe
Posição Canhoto
Luta por Las Vegas, Nevada
Equipe Throwndown Training Center
Xtreme Couture
Graduação      Faixa Preta em Jiu Jitsu Brasileiro
Período em
atividade
2007–presente
Cartel nas artes marciais mistas
Total 25
Vitórias 18
Por nocaute 3
Por finalização 6
Por decisão 9
Derrotas 6
Por nocaute 2
Por finalização 1
Por decisão 3
Empates 1
Ligações externas
Página oficial:
Cartel no MMA pelo Sherdog

Evan Dunham (Eugene, 18 de dezembro de 1981) é um lutador de artes marciais mistas estadunidense, atualmente ele compete no peso-leve do Ultimate Fighting Championship.

Carreira no MMA[editar | editar código-fonte]

Ultimate Fighting Championship[editar | editar código-fonte]

Dunham fez sua estreia no UFC em 21 de Fevereiro de 2009 contra Per Eklund no UFC 95. Dunham demonstrou um estilo agressivo, nocauteando no aos 2:14 do primeiro round.

Dunham fez sua segunda luta no UFC, contra o veterano Marcus Aurélio no UFC 102 e venceu por Decisão Dividida.

Dunham enfrentou o vencedor do The Ultimate Fighter 8, Efrain Escudero em 11 de Janeiro de 2010 no UFC Fight Night 20, a luta aconteceu no main-event. Dunham venceu por Finalização no terceiro round, quebrando o braço de Escudero. Sua performance rendeu o prêmio de Finalização da Noite.

Dunham enfrentou o ex-companheiro de equipe da Xtreme Couture Tyson Griffin, em 12 de Junho de 2010 no UFC 115. Dunham foi dominate nos três rounds, pegando as costas de Griffin em diversas ocasiões. Ele venceu a luta por Decisão Unânime.

Dunham enfrentou o ex-Campeão Peso Leve do UFC, Sean Sherk em 25 de Setembro de 2010 no UFC 119. Dunham teve sua primeira derrota no MMA, por uma polêmica Decisão Dividida. Sherk utilizou seu wrestling no primeiro round, abrindo um grande corte no olho direito de Dunham, porém Dunham utilizou tentativas de finalização e golpes efetivos no fim do segundo round e durante todo o terceiro round. O presidente do UFC Dana White disse que Dunham foi 'roubado'. A performance de ambos lutadores lhes rendeu o prêmio de Luta da Noite.

Dunham era esperado para enfrentar Kenny Florian no UFC 126, porém a luta foi movida para o UFC Fight Night 23 em 22 de Janeiro de 2011. Dunham confirmou a luta em sua página pessoal do Facebook. Porém em 6 de Dezembro, Florian se retirou da luta com uma lesão. Para seu lugar foi colocado Melvin Guillard, que enfrentaria Yves Edwards no card preliminar. Dunham perdeu por Nocaute Técnico no primeiro round após sofrer uma dura sequência de golpes de Guillard.

Dunham era esperado para enfrentar George Sotiropoulos em 2 de Julho de 211 no UFC 132. Porém, Dunham foi forçado a se retirar da luta com uma lesão e foi substituído por Rafael dos Anjos.

Dunham enfrentou Shamar Bailey em 17 de Setembro de 2011 no UFC Fight Night 25. Ele venceu por Decisão Unânime.

Dunham era esperado para enfrentar Paul Sass em 28 de Janeiro de 2012 no UFC on Fox: Evans vs. Davis. Porém, Sass foi forçado a se retirar da luta devido a uma lesão e foi substituído por Nik Lentz. Dunham venceu por Interrupção Médica no segundo round. A performance de ambos lutadores lhes renderam o prêmio de Luta da Noite.[1]

Dunham era esperado para enfrentar Edson Barboza em 26 de Maio de 2012 no UFC 146.[2] Porém, Dunham foi forçado a se retirar da luta e foi substituído pelo veterano que retornava ao UFC Jamie Varner.

Dunham perdeu para TJ Grant por Decisão Unânime em 22 de Setembro de 2012 no UFC 152. A performance de ambos lutadores lhes rendeu o prêmio de Luta da Noite.[3]

Dunham enfrentou Gleison Tibau em 2 de Fevereiro de 2013 no UFC 156. Ele venceu por Decisão Dividida.[4]

Dunham foi derrotado por Rafael dos Anjos em 18 de Maio de 2013 no UFC on FX: Belfort vs. Rockhold por Decisão Unânime

Dunham sofreu sua segunda derrota seguida ao ser derrotado por Donald Cerrone em 17 de Novembro de 2013 no UFC 167 por finalização no segundo round.

Dunham enfrentaria Mark Bocek em 16 de Abril de 2014 no UFC Fight Night: Bisping vs. Kennedy. Porém, uma lesão o tirou do card, e ele foi substituído por Mike de la Torre.

Dunham enfrentou o brasileiro Edson Barboza em 16 de Julho de 2014 no UFC Fight Night: Cerrone vs. Miller. Ele foi derrotado por nocaute técnico após sofrer um chute no corpo ainda no primeiro round.

Ele enfrentou Rodrigo Damm em 3 de Janeiro de 2015 no UFC 182,[5] onde saiu vencedor por decisão unânime.

Dunham enfrentou Ross Pearson em 18 de Julho de 2015 no UFC Fight Night: Bisping vs. Leites. Ele venceu a luta por decisão unânime.

Dunham enfrentou Joe Lauzon em 11 de Dezembro de 2015 no TUF 22 Finale e o venceu por decisão unânime.

Campeonatos e realizações[editar | editar código-fonte]

Cartel no MMA[editar | editar código-fonte]

Res. Cartel Oponente Método Evento Data Round Tempo Local Notas
Derrota 18-8-1 Brasil Francisco Trinaldo Nocaute Técnico (joelhada no corpo) UFC Fight Night: Santos vs. Anders 22/09/2018 2 4:10 Brasil São Paulo
Derrota 18-7-1 Canadá Olivier Aubin-Mercier Nocaute Técnico (joelhada no corpo e socos) UFC 223: Khabib vs. Iaquinta 07/04/2018 1 0:53 Estados Unidos Brooklyn, Nova Iorque
Empate 18-6-1 Assíria Beneil Dariush Empate (majoritário) UFC 216: Ferguson vs. Lee 07/10/2017 3 5:00 Estados Unidos Las Vegas, Nevada
Vitória 18-6 Estados Unidos Rick Glenn Decisão (unânime) UFC Fight Night: Poirier vs. Johnson 17/09/2016 3 5:00 Estados Unidos Hidalgo, Texas Luta da Noite
Vitória 17-6 Estados Unidos Joe Lauzon Decisão (unânime) TUF 22 Finale 11/12/2015 3 5:00 Estados Unidos Las Vegas, Nevada
Vitória 16-6 Inglaterra Ross Pearson Decisão (unânime) UFC Fight Night: Bisping vs. Leites 18/07/2015 3 5:00 Escócia Glasgow
Vitória 15-6 Brasil Rodrigo Damm Decisão (unânime) UFC 182: Jones vs. Cormier 03/01/2015 3 5:00 Estados Unidos Las Vegas, Nevada
Derrota 14-6 Brasil Edson Barboza Nocaute Técnico (chute no corpo e socos) UFC Fight Night: Cerrone vs. Miller 16/07/2014 1 3:06 Estados Unidos Atlantic City, Nova Jersey
Derrota 14-5 Estados Unidos Donald Cerrone Finalização (triângulo) UFC 167: St. Pierre vs. Hendricks 17/11/2013 2 3:49 Estados Unidos Las Vegas, Nevada
Derrota 14-4 Brasil Rafael dos Anjos Decisão (unânime) UFC on FX: Belfort vs. Rockhold 18/05/2013 3 5:00 Brasil Jaraguá do Sul
Vitória 14–3 Brasil Gleison Tibau Decisão (dividida) UFC 156: Aldo vs. Edgard 02/02/2013 3 5:00 Estados Unidos Las Vegas, Nevada
Derrota 13–3 Canadá TJ Grant Decisão (unânime) UFC 152: Jones vs. Belfort 22/09/2012 3 5:00 Canadá Toronto, Ontário Luta da Noite
Vitória 13–2 Estados Unidos Nik Lentz Nocaute Técnico (interrupção médica) UFC on Fox: Evans vs. Davis 28/01/2012 2 5:00 Estados Unidos Chicago, Illinois Luta da Noite
Vitória 12–2 Estados Unidos Shamar Bailey Decisão (unânime) UFC Fight Night: Shields vs. Ellenberger 17/09/2011 3 5:00 Estados Unidos Nova Orleans, Luisiana
Derrota 11–2 Estados Unidos Melvin Guillard Nocaute Técnico (joelhadas) UFC: Fight For The Troops 2 22/01/2011 1 2:58 Estados Unidos Fort Hood, Texas
Derrota 11–1 Estados Unidos Sean Sherk Decisão (dividida) UFC 119: Mir vs. Cro Cop 25/09/2010 3 5:00 Estados Unidos Indianápolis, Indiana Luta da Noite
Vitória 11–0 Estados Unidos Tyson Griffin Decisão (dividida) UFC 115: Lidell vs. Franklin 12/06/2010 3 5:00 Canadá Vancouver, Colúmbia Britânica
Vitória 10–0 México Efrain Escudero Finalização (chave de braço) UFC Fight Night: Maynard vs. Diaz 11/01/2010 3 1:59 Estados Unidos Fairfax, Virginia Finalização da Noite
Vitória 9–0 Brasil Marcus Aurélio Decisão (dividida) UFC 102: Couture vs. Nogueira 29/08/2009 3 5:00 Estados Unidos Portland, Oregon
Vitória 8–0 Suécia Per Eklund Nocaute (socos) UFC 95: Sanchez vs. Stevenson 21/02/2009 1 2:13 Inglaterra Londres
Vitória 7–0 Estados Unidos Dustin Akbari Finalização (mata-leão) PFC 12: High Stakes 22/01/2009 3 0:40 Estados Unidos Lemoore, Califórnia
Vitória 6–0 Estados Unidos Eben Kaneshiro Nocaute Técnico (socos) RFC: Bragging Rights II 13/09/2008 2 3:05 Estados Unidos Eugene, Oregon
Vitória 5–0 Brasil Cleber Luciano Finalização (guilhotina) PFP: Ring of Fire 09/12/2007 3 N/A Filipinas Cidade Quezon
Vitória 4–0 Estados Unidos Talon Hoffman Finalização (guilhotina) DesertBrawl 28/09/2007 1 0:38 Estados Unidos Bend, Oregon
Vitória 3–0 Estados Unidos Mark Daoust Finalização (mata-leão) Elite Warriors Championship 02/06/2007 1 3:46 Estados Unidos Portland, Oregon
Vitória 2–0 Estados Unidos Nassor Lewis Finalização (chave de braço) Rise FC 2: Hawaii vs. Mainland 28/04/2007 1 1:16 Estados Unidos Eugene, Oregon
Vitória 1–0 Estados Unidos Gabriel Martinez Decisão (unânime) GC 62: Sprawl or Brawl 14/04/2007 2 5:00 Estados Unidos Lakeport, Califórnia

Referências