Wilhelm Ritter von Thoma

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Wilhelm Ritter von Thoma
Nascimento 11 de setembro de 1891
Dachau, Reino da Baviera
Morte 30 de abril de 1948 (56 anos)
Dachau, Alemanha Ocupada
Nacionalidade alemão
Serviço militar
Lealdade  Império Alemão
 República de Weimar
 Alemanha Nazista
Serviço Wehrmacht
Tempo de serviço 1912–45
Patente General der Panzertruppe
Comando 12ª Divisão de Infantaria
Batalhas/Guerras Primeira Guerra Mundial
Guerra Civil Espanhola
Segunda Guerra Mundial
Condecorações Ordem Militar de Maximiliano José
Cruz Espanhola
Cruz de Cavaleiro da Cruz de Ferro

Wilhelm Ritter von Thoma (11 de setembro de 1891 – 30 de abril de 1948) foi um oficial do exército alemão que serviu na Primeira e na Segunda guerras mundiais, além de ter feito parte da Legião Condor durante a Guerra Civil Espanhola.[1][2]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Wilhelm von Thoma foi um oficial cadete no Exército da Baviera em 1912, e um tenente com um Regimento de Infantaria no ano seguinte. Ele lutou com distinção durante a Primeira Guerra Mundial (1914-18), por isso conquistou a Ordem da Baviera de Max-Josef e o título de Ritter. Ele continuou a sua carreira na Reichswehr e após na Wehrmacht e se tornou um especialista em tropas móveis. Ele obteve a patente de Oberst em 1 de Abril de 1938.[1][2]

Com o início da Segunda Guerra Mundial, ele comandou o Pz.Rgt. 3. Promovido para general-major em 1 de Agosto de 1940, subiu para general-tenente dois anos mais tarde e se tornou general da tropa de Panzers em 1 de Novembro de 1942.[1][2]

Durante este período, ele foi posto sucessivamente no cargo das tropas móveis do OKH (5 March 1940), comandante oficial da 17. Pz.Brig. (16 de Dezembro de 1940), 6ª Divisão Panzer (Junho de 1941) e a 20ª Divisão Panzer (14 de Outubro de 1941). Novamente no cargo das tropas móveis no OKH (23 de Maio de 1942), ele foi apontado comandante oficial do Afrika korps em 1 de Setembro de 1942.[1][2]

Ele foi feito prisioneiro pelos britânicos em novembro de 1942. Faleceu em Dachau em 30 de abril de 1948.[1][2]

Condecorações[editar | editar código-fonte]

Foi condecorado com a Cruz de Cavaleiro da Cruz de Ferro no dia 31 de dezembro de 1941.[1][2]

Referências

  1. a b c d e f «Wilhelm Ritter von Thoma» (em alemão). ritterkreuztraeger-1939-45. Consultado em 30 de junho de 2013 
  2. a b c d e f Lannoy 2001, p. 103

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Lannoy, François de; Josef Charita (2001). Panzertruppen: German armored troops 1935-1945 (em inglês e francês). Bayeux: Heimdal. 280 páginas. ISBN 978-2840481515 


Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.