Yasuhiko Okudera

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Yasuhiko Okudera
Informações pessoais
Nome completo Yasuhiko Okudera
Data de nasc. 12 de março de 1952 (68 anos)
Local de nasc. Akita, Japão
Nacionalidade japonês
Altura 1,77 m
Informações profissionais
Equipa atual Sem clube
Posição Treinador (Ex-meio-campista)
Clubes de juventude
1967–1969 Sagami Institute of Technology High School
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
1970–1977
1977–1980
1980–1981
1981–1986
1986–1988
Furukawa Electric
Köln
Hertha Berlim
Werder Bremen
Furukawa Electric
100 (36)
94 (18)
28 (8)
206 (13)
43 (3)
Seleção nacional
1972–1987[1] Japão 32 (9)
Times/Equipas que treinou
1996
2017
JEF United
Yokohama FC
30
1

Yasuhiko Okudera (奥寺 康彦 Okudera Yasuhiko?, Kazuno, 12 de março de 1952) é um ex-futebolista e treinador de futebol japonês. Foi o primeiro jogador de futebol de seu país a tornar-se profissional[2].

Carreira[editar | editar código-fonte]

Ainda como empregado da The Furukawa Electric Co. Ltd., Okudera iniciou sua carreira em 1970, no Furukawa Denko (atual JEF United), quando o Campeonato Japonês ainda era disputado por times de empresas. Foram 7 temporadas na equipe, onde foi campeão japonês e da Copa do Imperador em 1976, além da Supercopa do Japão em 1977. Neste ano, durante uma excursão da Seleção Japonesa à Alemanha Ocidental, chamou a atenção do técnico Köln, Hennes Weisweiler, que pediu a sua contratação. Okudera hesitou com a proposta, uma vez que possuía um emprego seguro na Furukawa, porém a empresa aceitou deixar a vaga aberta se a passagem do jogador pelo futebol alemão não fosse bem-sucedida.

Mesmo sem possuir muita habilidade, Okudera foi um dos principais nomes do Köln que venceu o Campeonato Alemão e a Copa da Alemanha de 1977–78, e na temporada seguinte, integrou o elenco que chegou até a semifinal da Copa dos Campeões da Europa, vencida pelo Nottingham Forest.

Ele teve ainda uma rápida passagem pelo Hertha Berlim, que disputava na época a segunda divisão. O time perdeu a chance de subir para a Bundesliga ao perder para o Werder Bremen. Mas o treinador do Werder, Otto Rehhagel, gostou de Okudera e pediu a contratação do jogador. Em 5 temporadas pelos Grün-Weißen, Okudera participou de 159 jogos e fez 11 gols, ficando com 3 vice-campeonatos alemães (1982–83, 1984–85 e 1985–86)

Cheio de prestígio, Okudera voltou para o Japão e ao Furukawa em 1986, aos 34 anos de idade. Jogou mais 2 anos antes de encerrar a carreira em 1988.

Pós-aposentadoria[editar | editar código-fonte]

Depois de sua aposentadoria como jogador, Okudera manteve-se ligado ao futebol, e após a criação da J-League em 1993 (5 anos depois que o meio-campista deixou de jogar), foi treinador do JEF United em 1996. Em 1998, tornou-se presidente do Yokohama FC e, 10 anos depois, foi eleito presidente do Plymouth Argyle (equipe da segunda divisão inglesa), sendo um dos poucos a presidir dois clubes de futebol.

Em 2017, Okudera treinou o Yokohama FC em um jogo, após a demissão de Hitoshi Nakata.

Seleção Japonesa[editar | editar código-fonte]

Okudera estreou pela Seleção Japonesa em julho de 1972, na vitória de 4 a 1 (quatro gols do ídolo Kunishige Kamamoto) sobre o Camboja pela Copa Merdeka, entrando no 2º tempo no lugar de Fujiguchi.

Disputou, até 1987, 32 partidas pelos Samurais Azuis, fazendo 9 gols no total.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «OKUDERA Yasuhiko». Japan National Football Team Database. Consultado em 13 de julho de 2013 
  2. «Argyle appoint Japanese president». BBC. 20 de junho de 2008. Consultado em 24 de junho de 2008