Yolanda Pereira

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Yolanda Pereira
Nascimento 16 de outubro de 1910
Pelotas, Brasil
Morte 4 de setembro de 2001 (90 anos)
Rio de Janeiro, Brasil
Nacionalidade  Brasileira

Yolanda Pereira (Pelotas, 16 de outubro de 1910Rio de Janeiro, 4 de setembro de 2001) foi a primeira brasileira a conquistar o título de Miss Universo, em 1930, embora este título não seja reconhecido oficialmente pela Miss Universe Organization nem tenha qualquer ligação com ele.

A história do título vem da década de 1920, quando existia um concurso internacional de beleza nos Estados Unidos chamado International Pageant of Pulchritude (Desfile Internacional de Beleza) e concedia o título de "Miss Universo" à vencedora.[1] Esta edição de 1930 foi realizada paralelamente no Brasil, criada por brasileiros, ao mesmo tempo da edição norte-americana, que era realizada em Galveston, no Texas. Ele foi motivado por uma revolta de brasileiros com a não-classificação de Olga Bergamini, a brasileira participante do concurso de 1929, o que os levou a criar seu próprio evento.[2] Este concurso, assim como o de Galveston, porém, não faz parte das estatísticas, não é oficializado pelo Miss Universe Organization, nem tem qualquer relação com ele.[3] Oficialmente o Brasil possui apenas duas Misses Universo (assim como os EUA só possuem oito),[4] Ieda Maria Vargas em 1963 e Martha Vasconcellos, eleita em 1968.[5]

Concurso[editar | editar código-fonte]

A primeira etapa das conquistas de Yolanda , o título de Miss Pelotas, foi conquistado através do sufrágio popular, tendo ela sido a candidata mais votada, com 4.202 votos. Em Porto Alegre, concorrendo com as demais candidatas, sagrou-se Miss Rio Grande do Sul, em concurso patrocinado pelo extinto jornal Diário de Notícias.

Na então capital federal, o Rio de Janeiro, embora não alimentasse esperanças de vitória, ela foi escolhida como a Miss Brasil.

O concurso internacional, à parte do de Galveston, foi realizado no Brasil, na cidade do Rio de Janeiro, com o nome de International Beauty Contest.[6] O país tinha seus jurados em desvantagem, e o resultado final estava na dependência dos jurados europeus, sendo que a favorita era a Miss Portugal. Mas a escolhida foi Yolanda. Em agosto de 1930 (algumas fontes indicam o dia 7 de setembro) Yolanda foi proclamada "Miss Universo". O parecer da comissão julgadora levou em conta quesitos como beleza, graça, equilíbrio, proporção, formas e distinção. Os jurados também estiveram atentos ao tipo étnico e à visão do conjunto.

O promotor do concurso era o vespertino carioca A Noite,[7] a quem Yolanda concedeu a primeira entrevista, falando de sua surpresa pelo resultado. Disse que não esperava, que não alimentava tal ambição, e que apenas se preocupava com o desejo de desempenhar da melhor maneira possível o papel de Miss Brasil.

Yolanda morreu com 90 anos, no Rio de Janeiro.

Referências

  1. «Belgian entrant wins contest as 'Miss Universe'». The Evening Independent. Consultado em 11 de julho de 2011 
  2. «BRAZIL: Revenge». TIME. 22 de setembro de 1930. Consultado em 11 de julho de 2011 
  3. «Past Titleholders». Miss Universe Organization. Consultado em 11 de julho de 2011 
  4. «Universe». pageantopolis.com. Consultado em 11 de julho de 2011 
  5. «Entrevista:Martha Vasconcellos». UOL Noticias. Consultado em 10 de julho de 2011 
  6. «International Beauty contest 1930». Consultado em 11 de julho de 2011 
  7. «História Miss Brasil». Consultado em 12 de julho de 2011 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]