Yves Congar

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Yves Congar, OP
Cardeal da Santa Igreja Romana

Título

Cardeal-diácono de São Sebastião no Palatino
Ordenação e nomeação
Ordenação presbiteral 25 de Julho de 1930
Cardinalato
Criação 24 de novembro de 1994 por João Paulo II
Brasão
Coat of arms of Yves Congar.svg
Dados pessoais
Nascimento  França, Sedan, 8 de abril de 1904
Morte  França, Paris, 22 de junho de 1995 (91 anos)
Cardeais
Categoria:Hierarquia católica
Projeto Catolicismo

Yves-Marie-Joseph Congar (Sedan, 8 de abril de 1904Paris, 22 de junho de 1995) foi um teólogo dominicano e Cardeal francês. É considerado um dos maiores eclesiólogos do século XX, que abriu a eclesiologia católica ao ecumenismo[1].

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nasceu em 1904. Dominicano. Foi ordenado em 1930. Esteve preso de 1940 a 1945 nos campos de concentração de Colditz e Lübeck. Foi fundador e diretor da coleção Unam Sanctam, e professor de teologia na faculdade de Le Saulchoir. Foi um sólido eclesiólogo, aberto ao ecumenismo e à reforma da Igreja, precursor e consultor do Concílio Vaticano II. Entre suas obras, cabe destacar "Verdadeira e falsa reforma da Igreja" (1950), "Jalones para una teología del laicado" (1954), "Cristãos em diálogo" (1964), "Tradição e tradições" (1961-1963) e "O Espírito Santo" (1980). Foi elevado à dignidade cardinalícia por João Paulo II em 30 de outubro de 1994, recebendo o barrete de cardeal em 8 de dezembro do mesmo ano. Faleceu em 1995.

Juntamente com o dominicano Marie-Dominique Chenu, e com os jesuítas Henri de Lubac e Jean Daniélou, foi um dos artífices da "Nouvelle théologie", uma renovação espiritual que ocorreu na Igreja Católica da França dos anos 1950.

Durante o Concílio Vaticano II foi um dos peritos[2] que colaborou na redação de Lumen gentium e Gaudium et Spes[3].

Referências[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

Referências

  1. A reforma da Igreja a 20 anos da morte de Yves Congar, acesso em 29 de setembro de 2015.
  2. Igreja e Papado, acesso em 24 de setembro de 2016.
  3. Congar, paladino do Concílio, acesso em 27 de setembro de 2015.