Zé da Luz

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Zé da Luz
Nascimento 1904
Itabaiana
Morte 12 de fevereiro de 1965
Rio de Janeiro
Cidadania Brasil
Ocupação escritor, poeta

Severino de Andrade Silva (Itabaiana, Paraíba, 1904 — Rio de Janeiro, 12 de fevereiro de 1965), mais conhecido como Zé da Luz, foi um alfaiate de profissão e poeta popular brasileiro.[1]

Publicava suas obras em forma de literatura de cordel.

Principais obras[editar | editar código-fonte]

  • Brasi Cabôco (livro)[2]
  • A Cacimba
  • As Flô de Puxinanã
  • A Terra Caiu no Chão
  • Ai! Se Sêsse!...[3]
  • Confissão de cabôco
  • Sertão em carne e osso
  • A terra caiu no chão

Referências

  1. Enciclopédia Nordeste. «Biografias Zé da Luz». Consultado em 25 de agosto de 2010. Arquivado do original em 9 de agosto de 2011 
  2. Academia Brasileira de Literatura de Cordel. «Brasi Caboco». Consultado em 25 de agosto de 2010. Arquivado do original em 5 de maio de 2010 
  3. «Zé da Luz: Ai! Se sêsse!...». Vermelho. Consultado em 9 de julho de 2021