Zoo Santo Inácio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Zoo Santo Inácio
Pinguins no Zoo Santo Inácio.
Localização Rua 5 de outubro, 4503
Avintes, Vila Nova de Gaia
País  Portugal
Tipo Privado
Área 150 000  (15 ha)[1]
Inauguração 10 de junho de 2000 (17 anos)
Administração Groupe Thoiry

O Zoo Santo Inácio é o maior e mais verde jardim zoológico do norte de Portugal, situado a apenas 10 minutos do centro do Porto, mais precisamente em Avintes, Vila Nova de Gaia. Inaugurado em 2000, alberga atualmente e 800 animais, de 270 espécies.[1]

História[editar | editar código-fonte]

Situado apenas a 10 minutos do centro do Porto, em Vila Nova de Gaia, o Zoo Santo Inácio nasceu do sonho de uma família apaixonada pela natureza, pertencente ao grupo Aveleda.

Em 2000, abriu portas com o objectivo de aproximar a comunidade da Natureza e da Vida Selvagem, alertando para a crescente importância da Conservação das Espécies da Fauna e da Flora de todo o mundo.

No ano de 2014, o Zoo Santo Inácio passou a integrar o Grupo Thoiry, fortalecendo o movimento a favor da Conservação da Natureza, juntando-se a parques zoológicos como:

- Parc Zoologique et Château de Thoiry

- Parc et Château du Colombier

- Safari Parc de Peaugres

Conservação como missão[editar | editar código-fonte]

A sensibilização para a proteção da vida selvagem e o bem-estar dos animais são a principal preocupação do Zoo Santo Inácio. Assim, todos os animais acolhidos pelo Zoo, vivem em ambientes de acordo com a sua origem, proporcionando-lhes as melhores condições, para que vivam saudáveis e manifestem comportamentos genuínos. 

A participação ativa na Conservação da Natureza, especialmente das Espécies que se encontram Ameaçadas de Extinção, constitui a grande e nobre Missão do Zoo Santo Inácio. Em parceira com a Associação Europeia de Zoológicos e Aquários (EAZA), o Zoo Santo Inácio participa em mais de 40 Programas Europeus de Conservação de Espécies Ameaçadas de Extinção, tais como os leões-asiáticos, as panteras das neves, os pinguins-de-humboldt, as chitas, os camelos-asiáticos, os hipopótamos-pigmeu, entre outros.[2] No total, tem 23 espécies ao abrigo do Programa Europeu de Reprodução de Espécies Ameaçadas (EEP) e 21 espécies ao abrigo do Programa Europeu de Estudo de Espécies Ameaçadas (ESB).[3]

Referências

  1. a b «Continua a ser seguro visitar um zoo?». Observador. 1 de junho de 2016. Consultado em 22 de dezembro de 2016 
  2. «Zoo Santo Inácio - O Maior e Mais Verde Zoo do Norte» (pdf). Associação Sindical de Professores Licenciados. 2015. Consultado em 22 de dezembro de 2016 
  3. «Ano Internacional da Biodiversidade: Zoo Santo Inácio promove exposição no Norteshopping». A Verdade. 21 de maio de 2010. Consultado em 22 de dezembro de 2016 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Zoo Santo Inácio
Ícone de esboço Este artigo sobre jardins zoológicos, aquários, ou aviários é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.