Zostera marina

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


Como ler uma infocaixa de taxonomiaZostera marina
Laisse de mer Posidonie.jpg
Classificação científica
Reino: Plantae
Clado: angiospérmicas
Clado: monocotiledóneas
Ordem: Alismatales
Família: Zosteraceae
Género: Zostera
Espécie: Z. marina
Nome binomial
Zostera marina
L.

Zostera marina é uma espécie de planta com flor pertencente à família Zosteraceae.

A autoridade científica da espécie é L., tendo sido publicada em Species Plantarum 2: 968. 1753.[1] Zostera marina (L.) é o primeiro dos angiospermas marinho a ser completamente sequenciado[2].


Portugal[editar | editar código-fonte]

Trata-se de uma espécie presente no território português, nomeadamente em Portugal Continental.

Em termos de naturalidade é nativa da região atrás indicada.

Protecção[editar | editar código-fonte]

Encontra-se protegida por legislação portuguesa ou da Comunidade Europeia, nomeadamente pelo Anexo I da Convenção sobre a Vida Selvagem e os Habitats Naturais na Europa.

Pesquisa[editar | editar código-fonte]

A seqüência genética da Zostera marina revela idéias inovadoras para as perdas e os ganhos envolvidos na realização das adaptações estruturais, fisiológicas e genômicas necessárias para plantas com flores terrestres mudarem o seu estilo de vida para a vida marinha, indiscutivelmente a mudança de habitat mais severa realizada por algumas plantas com flores[3] Pesquisadores, usando tecnologia CRISPR/Cas, estão tentando transferir os genes responsáveis pela tolerância ao sal para outras plantas, em especial, o arroz[4][5].


Referências

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre plantas é um esboço relacionado ao Projeto Plantas. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.