Auditório de Tenerife

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Auditório de Tenerife "Adán Martín"
Auditório de Tenerife.
Nomes anteriores Auditório de Tenerife
Estilo dominante Expressionista
Arquiteto Santiago Calatrava Valls
Geografia
País Espanha
Cidade Santa Cruz de Tenerife
Localidade Ilhas Canárias

O Auditório de Tenerife "Adán Martín", mais conhecido simplesmente como Auditório de Tenerife, foi projetado pelo arquiteto Santiago Calatrava Valls. Está localizado na Avenida da Constituição em Santa Cruz de Tenerife, capital das Ilhas Canárias (Espanha), na parte sul do porto de Santa Cruz de Tenerife, ao lado do Oceano Atlântico.

Seu perfil é considerado um símbolo da cidade de Santa Cruz e da ilha de Tenerife, sendo considerado o edifício mais moderno das Ilhas Canárias. Em março de 2008 o edifício foi listado pelos correios, que emitiu seis selos com as obras mais emblemáticas da arquitetura espanhola.[1] É uma das principais atrações turísticas de Tenerife.[2]

História[editar | editar código-fonte]

Em 1970, a sociedade insular exigiu a construção de um auditório para as Ilhas Canárias. Em 1977 foi aprovada a localização do edifício em El Ramonal e no ano seguinte foi lançado o concurso de idéias para o projeto. Inicialmente, o projeto foi atribuído ao arquiteto Antonio Fernández Alba. Mais tarde, em 1985, foi aprovada a nova localização do Auditório em El Chapatal.[3]

Em 1987, apresentaram projetos os arquitetos Antonio Fernández Alba, Vicente Saavedra e Javier Díaz Llanos. Há uma mudança conceitual do tipo de construção e foi abandonado o projeto anterior. Em 1989 foram iniciados contatos com Santiago Calatrava Valls, que seria o arquiteto final.[3]

Em 1991, foi apresentado publicamente o projeto localizado no final da Avenida Tres de Mayo na capital. Em 1996, foi aprovada a proposta para alterar o local para o Castelo de San Juan Bautista, localizado junto ao mar. A construção começou em 1997 e terminou em 2003, sendo inaugurada em 26 de setembro daquele ano com a presença de Felipe de Borbón, Príncipe das Astúrias.[3]

O nome oficial do edifício foi modificado em 28 de janeiro de 2011, passando a ser denominado Auditório de Tenerife "Adán Martín", em honra ao Presidente as Ilhas Canárias, Adán Martín Menis, que morreu em 2010 e foi o promotor da construção do auditório.[3] No entanto, a maioria das pessoas continuam nomeando o edifício Auditório de Tenerife.

Galeria de fotos[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Veja também[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Auditório de Tenerife