Bandeira da Região Autónoma da Madeira

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
FIAV normal.png 2:3 FIAV 110000.svg Bandeira da Madeira

A bandeira da Região Autónoma da Madeira é um rectângulo com uma altura de dois terços a sua largura, igualmente dividido em três faixas verticais; os rectângulos dos extremos são de azul, e o rectângulo intermédio, de ouro; sobre este último, figura a cruz da Ordem de Cristo. O azul representa a condição insular da região, e o amarelo representa o clima ameno e os areais, que fazem a riqueza da economia regional. Por fim, a Cruz de Cristo alude ao facto de ter sido descoberta por dois cavaleiros dessa ordem militar pertencentes à casa do Infante D. Henrique: João Gonçalves Zarco e Tristão Vaz Teixeira; é o símbolo da dependência à República Portuguesa tal como a Bandeira dos Açores tem o escudo nacional.

A regulamentação e explicitação das dimensões, cores e simbologia da bandeira da região autónoma foram aprovadas por decreto da Assembleia Regional de 28 de Julho de 1978 (decreto regional n.º 30/78/M, de 12 de Setembro). A sua utilização foi possibilitada pela Constituição da República Portuguesa, ao reconhecer à Madeira o estatuto de autonomia regional sujeita a regime constitucional próprio, com direito a insígnias próprias que a diferenciem do restante território português.

Há no arquipélago da Madeira quem não reconheça a respectiva bandeira por esta ter conexões com a bandeira da FLAMA, movimento de libertação terrorista que vingou no território no pós 25 de Abril.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre vexilologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Bandeira da Região Autónoma da Madeira