Bidê

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde Junho de 2009).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Searchtool.svg
Esta página ou secção foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa (desde junho de 2009). Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor, verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo. Considere utilizar {{revisão-sobre}} para associar este artigo com um WikiProjeto e colocar uma explicação mais detalhada na discussão.
Uma sanita (esquerda) e um bidé (direita)

O bidé (português europeu) ou bidê (português brasileiro) é um objeto sanitário, com o formato de um bacia oblonga, para lavagem das partes inferiores do tronco (partes íntimas) assim como os pés, que pode incluir uma pequena ducha, na qual há um misturador para água quente, fria ou ambas que lança, no sentido vertical.

Bidé' é uma palavra que vem do francês, bidet, uma invenção francesa do final do século XVII ou no começo do século XVIII, embora não se saiba exatamente a data e o inventor.

A mais antiga referência escrita de que se tem notícia a respeito do bidé data de 1710.

Tipos[editar | editar código-fonte]

Há vários tipos, de acordo com o uso; os mais comuns são:

  • Oblongo — O mais usado e comum entre os ocidentais.
  • Tipo sanita ou japonês — Muito usado no Japão.
  • Com duche misto, frio ou quente.
  • Com acessórios, tipo sabonetes líquidos, desodorizantes íntimos.
  • De metal, usado em hospitais

Outras ligações[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Bidê