Brasília de Minas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Brasília de Minas
"Brasilinha"
Bandeira de Brasília de Minas
Brasão de Brasília de Minas
Bandeira Brasão
Hino
Fundação 1894
Gentílico brasilminense [1]
Lema União e Progresso
Prefeito(a) Jair Oliva Junior (PT)
(2009–2012)
Localização
Localização de Brasília de Minas
Localização de Brasília de Minas em Minas Gerais
Brasília de Minas está localizado em: Brasil
Brasília de Minas
Localização de Brasília de Minas no Brasil
16° 12' 28" S 44° 25' 44" O16° 12' 28" S 44° 25' 44" O
Unidade federativa  Minas Gerais
Mesorregião Norte de Minas IBGE/2008[2]
Microrregião Montes Claros IBGE/2008[2]
Municípios limítrofes Campo Azul,Coração de Jesus, Japonvar, Luislândia, Mirabela, Patis, São João do Pacuí, São Francisco e Ubaí
Distância até a capital 520 km[3]
Características geográficas
Área 1 398,563 km² [4]
  • Urbana: 4,48 km² (segundo o memorial Histórico de Brasilia de Minas)
  • Rural: 1.394,20
População 31 221 hab. IBGE/2010[5]
Densidade 22,32 hab./km²
Altitude 908 [6] m
Clima tropical [7]  Cwb
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,798 alto PNUD/2009[8]
PIB R$ 129 412,476 mil IBGE/2008[9]
PIB per capita R$ 4 011,30 IBGE/2008[9]
Página oficial
Prefeitura brasiliademinas.mg.gov.br

Brasília de Minas é um município brasileiro do estado de Minas Gerais. De acordo com o censo realizado pelo IBGE em 2010, sua população é de 31.221 habitantes.[5]

A cidade se destaca na atenção a saúde com equipamentos modernos e um hospital referência em toda Minas Gerais.

História[editar | editar código-fonte]

A primitiva povoação tem origem no desmembramento da freguesia de Morrinhos, a mais antiga da margem do rio São Francisco. Com o desmembramento, é criada a paróquia de Sant'Ana de Contendas. A história conta que esta denominação se deve às desavenças entre os habitantes sobre a escolha do local onde seria construída a igreja. O arraial de Contendas é elevado a vila em 1890. Em 1901, passa a ser chamada Vila de Brasília e, em 1923, tem o nome reduzido para Brasília. Com a transferência da Capital da República para o Planalto Central, a cidade cedeu gentilmente seu nome para a futura capital, em um acordo político entre o presidente Dr. Juscelino Kubitschek e o então prefeito de Brasília de Minas, Dr. Cassiano, que gerou uma leve mudança no nome da cidade, enquanto a capital federal assumida desde então o nome Brasília. Para não abrir mão totalmente de seu nome, decidiu-se, em 1962, através da Lei 2694, apenas acrescentar ao cedido nome, o adjunto "de Minas", sendo a partir de então conhecida por Brasília de Minas. Para cumprimento de tal acordo foi informado em documento assinado pelo presidente Juscelino e Oscar Niemeyer a construção de uma estrada que ligaria Brasília de Minas a Brasília e esta receberia o nome de a Estrada da Integração, no mesmo documento informava também que o mesmo nível de reconhecimento de uma seria compatível com a outra.

Conforme demonstrado pela série JK exibida pela Rede Globo em 2006, o nome Brasília teria sido uma invenção sugestiva do então presidente Juscelino Kubitschek. Entretanto, nenhuma citação histórica ou cultural foi feita para a primeira cidade brasileira denominada Brasília, hoje também apelidada de Brasilinha.

O nome Brasília já existia na época do I Reinado. Existem mulheres com esse nome,antes da fundação da Cidade de JK.

Um dos principais atrativos turísticos do município é a profunda barragem de São Lourenço, seguida de cachoeiras e corredeiras, propícias para a prática de esportes radicais, como canoagem, rafting, rapel, dentre outros.

A cidade de Brasília de Minas sedia os seguintes canais de televisão:

Canal 2: TV Canção Nova

Canal 5: Rede Globo por meio da InterTV Grande Minas

Canal 7: Rede Bandeirantes por meio da Rede Band Minas

Canal 9: Rede Record por meio da Rede Record Minas

Canal 11: SBT por meio da TV Alterosa

Canal 13: TV Novo Tempo

Canal 35: Rede Minas

Canal 54: TV Assembléia Legislativa de Minas Gerais

Bairros[editar | editar código-fonte]

  • Alto Claro
  • Araújo
  • Botelho (Baixada)
  • Centro
  • Chacreamento Interlagos
  • Chacreamento Interlagos II
  • Cristina Rocha
  • Dona Joaquina
  • Dona Heloína
  • Dona Santinha
  • Júlia Botelho
  • Morada do Lago
  • Nova Brasília
  • Regina Mendes
  • Rosário
  • Santa Cruz
  • Santa Rita
  • São João
  • Vale das Palmeiras
  • Vale das Palmeiras II
  • Vale das palmeiras III
  • Vale das palmeiras IV
  • Vale das Palmeiras V
  • Quintino
  • Calu Peixoto
  • Vale Verde I
  • Vale Verde II
  • Vila Regina


Distritos[editar | editar código-fonte]

  • Fernão Dias
  • Vila de Fátima
  • Angicos de Minas
  • Retiro de Santo Antônio
  • Vargem Grande

nn

Escolas[editar | editar código-fonte]

  • Centro Educacional e Laboratório de Cultura - CEDULC
  • E.E. Sant'Ana
  • João Beraldo
  • Adelaide Medeiros
  • Cremilda Passos
  • CESEC Cassiano Alves de Oliveira (CESEC - Centro Estadual de Educação Continuada para jovens e adultos)
  • Mestra Bila
  • Ruth Proença
  • Escola Municipal Padre Margalhães

Ensino superior[editar | editar código-fonte]

  • Unimontes
  • Unopar Virtual
  • Gênesis

Prefeitos[editar | editar código-fonte]

Aspectos geográficos[editar | editar código-fonte]

  • Área: 1.398,563 km²
  • População: 31.221 habitantes
  • Densidade: 22,32 habitantes por km²
  • Altitude: 723 metros
  • IDH: 0,798
  • PIB: R$188.275 mil
  • PIB per capita: R$2.881,00

Distâncias[editar | editar código-fonte]

Distâncias rodoviárias dos principais polos:

São Paulo (cidade): 1097 km BR-381 e BR-135

Rio de Janeiro (Cidade): 957 km

Brasilia: 452 km

Belo Horizonte: 540 km

Uberlândia: 673 km BR-365

Montes Claros: 103 km

Januária: 115 km BR-135

Janaúba (Minas Gerais): 232 km BR-135

São Francisco: 58 km

Mirabela:37 km

Turismo local[editar | editar código-fonte]

Os principais atrativos turísticos são:

  • Cachoeira do Riachão
  • Barragem de São Lourenço
  • Praça da Igreja Matriz de Sant'Ana

Carnaval[editar | editar código-fonte]

Atualmente a cidade possui duas escolas de samba em atividade: a escola Bramoc (1975) e a escola Jacarezinho (1974), que fazem uma disputa sadia, dividindo a cidade em duas partes distintas, que se unem na noite do desfile, para promover a melhor festa de carnaval do norte de Minas Gerais.

Eventos e datas comemorativas[editar | editar código-fonte]

  • Tensão Pré-Micareta

Dia 7 de janeiro

  • Axé Minas (Micareta de Brasília de Minas)

Dias 8, 9 e 10 de janeiro

  • Micareme

Dia de Sábado de Aleluia

  • Brasifolia

Dia 13 e 14 de outubro

  • Hudsin Night

Dia 18 de julho

  • Festa de Aniversário da Cidade

Dias 21, 22 e 23 de julho

  • Adeus Férias

Dia 31 de julho

  • Festa Regional do Beiju

Segunda semana de agosto

Comemorações religiosas
Comemoração Data
São Sebastião 20 de janeiro
Semana Santa 40 dias após o Carnaval
Coroações de Nossa Senhora maio
Corpus Christi junho
São Cristóvão 25 de julho
Senhora Sant'Ana 26 de julho

Referências

  1. IBGE Cidades@. O Brasil Município por Municipio. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Página visitada em 19 de agosto de 2009.
  2. a b Divisão Territorial do Brasil. Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  3. distancias-bhmunicipios. Distâncias BH/Municípios. Departamento de Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DER/MG). Página visitada em 19 de agosto de 2009.
  4. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial. Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Página visitada em 5 dez. 2010.
  5. a b Censo Populacional 2010. Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Página visitada em 11 de dezembro de 2010.
  6. O Estado: Municípios Mineiros. O Estado: Municípios Mineiros. Assembléia Legislativa do Estado de Minas Gerais. Página visitada em 01 de março de 2010.
  7. World Map of the Köppen-Geiger climate classification. World Map of the Köppen-Geiger climate classification. Institute for Veterinary Public Health. Página visitada em 24 de fevereiro de 2010.
  8. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil. Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  9. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Página visitada em 11 dez. 2010.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Minas Gerais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.