Brian Lima

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Brian Lima
Samoan Siva Tau.jpg
Siva Tau, espécie de haka samoano, na Copa do Mundo de 2007.
Lima, ao alto, é o camisa 22
Informação pessoal
Nome completo Brian Pala Lima
Data de nascimento 25 de janeiro de 1972 (42 anos)
Naturalidade Apia, Flag of Samoa.svg Samoa Ocidental
Carreira no Rugby
Situação actual
1991-2007
2004
Flag of Samoa.svg Samoa Ocidental/Samoa
Free Use Pacific Islanders flag.png Pacific Islanders
66
2
(140)
(0)

Brian Pala Lima (Apia, 25 de janeiro de 1972) é um ex-jogador samoano de rugby union. Celebrizou-se como ponta e, conforme os anos, passou a jogar como centro.[1]

É famoso como o único jogador presente em cinco Copas do Mundo de Rugby, as cinco primeiras de sua seleção samoana. Nelas, participou das maiores vitórias de Samoa, ambas sobre o País de Gales, em plena Cardiff, nas edições de 1991 (onde foi o jogador mais jovem do torneio)[1] e 1999. Em 2011, Lima foi introduzido no Hall da Fama da International Rugby Board, sendo o primeiro samoano a receber a premiação.[2]

Em seus melhores dias, era reconhecido como um jogador de linha que tinha grande habilidade, força e impacto no tackle, o que lhe renderia o apelido de The Chiropractor ("O Quiroprata"). Além de Samoa, jogou também, em 2004, pelos Pacific Islanders, seleção que reunia também jogadores das vizinhas Tonga e Fiji.[1]

Nas três primeiras Copas, os samoanos avançaram da fase de grupos, mas falharam nas duas últimas. Na de 2007, a última de Lima, ele já estava longe da melhor forma, sofrendo inclusive uma concussão três minutos depois de sair do banco de reservas, contra a futura campeã África do Sul (contra este adversário, realizou seu tackle mais célebre, contra Derek Hougaard). Seu último jogo foi naquele torneio, contra a Inglaterra, a futura vice. Não esteve em campo na vitória de 25-21 sobre os Estados Unidos, a última de Manu Samoa na competição, mas terminou a partida carregado nos ombros dos colegas e aplaudido por todos.[1]

A nível de clubes, passou por sete ligas nacionais diferentes: Marist St. Joseph, em sua Samoa natal; Blues e Highlanders, na Nova Zelândia; Stade Français, na França; Swansea, no País de Gales; Secom, no Japão; Munster, na Irlanda, onde uma lesão o impediu de atuar; e Bristol, na Inglaterra. Atualmente, Lima é dono de uma locadora de carros em Apia.[1]

Referências

  1. a b c d e BAINES, Huw (outubro de 2008). Brian Lima ESPN Scrum. Página visitada em 24/03/2013.
  2. RAMALHO, Victor (25/10/2011). Hall da Fama do IRB tem 19 novos homenageados Portal do Rugby. Página visitada em 24/03/2013.