Cedro-cheiroso

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaCedro-cheiroso
Cedrela odorata

Cedrela odorata
Estado de conservação
Status iucn3.1 VU pt.svg
Vulnerável
Classificação científica
Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Magnoliopsida
Ordem: Sapindales
Família: Meliaceae
Género: Cedrela
Espécie: C. odorata
Nome binomial
Cedrela odorata
L.

O cedro-cheiroso (Cedrela odorata), também conhecido pelos nomes vulgares de acaju, cedro-fêmea, cedro-rosa, cedro-espanhol, cedro-vermelho, cedro-mogno e cedro-brasileiro[1] é uma árvore da família das meliáceas, com uma ampla distribuição natural, ocorrendo do México a Argentina. No Brasil ocorre na Floresta Atlântica, na Amazônia e mesmo na Caatinga.

Características[editar | editar código-fonte]

Chega a atingir 30 m de altura.

As suas folhas são compostas.

As flores são amarelo-pálidas. Os frutos são capsulares.

A madeira caracteriza-se pelo seu cerne vermelho e é muito utilizada e apreciada na produção de mobília. É utilizada na produção de óleo essencial utilizado em perfumaria.

Em virtude de sua madeira de excelente qualidade, o cedro está ameaçado de extinção resultante da exploração excessiva.

O cedro brasileiro não deve ser confundido com o cedro do Líbano, que é uma Gimnosperma do gênero Cedrus. Provavelmente, Cedrela odorata recebeu o mesmo nome que o cedro (Cedrus) devido à boa qualidade da sua madeira e ao odor característico desta, semelhante ao do cedro-do-líbano.

Referências

Fontes[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre a ordem Sapindales, integrado no Projeto Plantas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Cedro-cheiroso