Centro hospitalar universitário Vaudois

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Hospital
Hospital cantonal de Lausana
Nome completo Centre hospitalier universitaire vaudois (CHUV)
Localização Flag of Canton of Vaud.svg Vaud - Suíça
Tipo Hospital universitário
Universidade afiliada Universidade de Lausana
Emergência Sim
Leitos 1 468 [1]
Especialidades 66
Site http://www.chuv.ch
editar

O Centro hospitalar universitário Vaudois (CHUV) - em francês: Centre hospitalier universitaire vaudois - vulgarmente conhecido como Hospital cantonal de Lausana, é o principal hospital de Lausana, Suíça com mais de 9 000 colaboradores, e é uma das maiores empresas do cantão de Vaud.

Estreitamente ligado à Universidade de Lausana (UNIL), o CHUV é um dos cinco hospitais universitários da Suíça com os de Bâle, Berne, Genève (HUG) e Zurique.

Le CHUV est étroitement lié à la Faculté de biologie et de médecine de l’Université de Lausanne (UNIL) afin d’assurer la formation prégraduée et postgraduée. À ce titre, le Département de la formation et de la recherche est dirigé par la doyenne de la Faculté qui gère ainsi les volets académiques des activités de l'institution.

História[editar | editar código-fonte]

As origens do CHUV remontam ao século XIII pois que a Maison-Dieu e o Hospício de Villeneuve foram fundados em 1236. A venda, no século XIX de uma parte dos bens serviram à criação de um hospital cantonal em Lausana, que será aumentado e modernizado com os anos.

1236[editar | editar código-fonte]

Foi e 1236 que Aymon de Savoie, senhor de Agaune e do Chablais Saboiardo funda a Maison-Dieu e o Hospício de Villeneuve. Pela acta de doação assinada em Chillon a 25 de Junho de 1236, ele dota esta instituição de bens e privilégios, e entre as quais as vinhas que ainda hoje existem.

Hospício de benemerência, o hospital de Villeneuve ofereceia leitos e alimento aos pobres e sobretudo aos peregrinos com um máximo de 1 100 hóspedes no século XIII [1] .

Hospital cantonal[editar | editar código-fonte]

Em Lausana, o Hospital Notre-Dame ou o Grande Hospital como era chamado, foi dedicado à Virgem Maria. Ele foi aumentado regularmente desde a sua construção em 1766. 1806

A 22 de Maio de 1806, o Grande Conselho vaudois (o órgão legislativo do cantão) decide la cessação das actividades do Hospital de Villeneuve 1 de Novembro de 1806. A venda serviu à construção do Hospital cantonal de Lausana

Nessa altura o Hôpital Notre-Dame além dos doentes o hospital também tratava detidos de direito comum e doentes mentais e subsistirá como hospital até 1874 altura em que será transformado numa escola [1] .

Departamentos[editar | editar código-fonte]

O CHUV comporta mais de 12 departamentos e é particularmente reconhecido pelos seus serviços de oftalmologia no Hôpital ophtalmique Jules-Gonin.

Imagens[editar | editar código-fonte]

Notas e referências[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c Historique do CHUV (em francês) Visitado: Abril 2014
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Centro hospitalar universitário Vaudois