Uca

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Chama-maré)
Ir para: navegação, pesquisa


Como ler uma caixa taxonómicaUca
chama-maré
Uca pugnax

Uca pugnax
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Arthropoda
Subfilo: Crustacea
Classe: Malacostraca
Ordem: Decapoda
Infraordem: Brachyura
Família: Ocypodidae
Género: Uca
Leach, 1814
Espécies
cerca de 97, ver texto

Uca Leach, 1814 é um género de pequenos caranguejos, que inclui as espécies conhecidas pelo nome comum de chama-maré, pertencente à família dos ocipodídeos, que são encontrados no Atlântico. Tais caranguejos são geralmente pequenos, sendo os machos possuidores de uma das pinças bem maior que a outra. Costumam viver em manguezais e na zona entre marés, de praias arenosas protegidas, de baías e de estuários. Também são conhecidos pelos nomes de caranguejo-violinista, catanhão-tesoura, chora-maré, ciecié, maracauim, siri-patola, tesoura, vem-cá, xié.[1] [2]

Descrição[editar | editar código-fonte]

Os caranguejos Uca são caracterizados por um forte dimorfismo sexual, no qual os machos apresentam uma das quelas mais desenvolvida, compreendendo quase a metade da massa corporal do animal, enquanto as fêmeas apresentam os dois quelípodes de mesmo tamanho.[2]

Os chama-marés estão entre os habitantes mais familiares das áreas de estuários, exercendo um importante papel estrutural e funcional na ecologia dos manguezais. Esses caranguejos, ao removerem a terra, promovem uma grande bioperturbação, a qual auxilia na ciclagem de nutrientes e de energia no ambiente.[2]

Subgéneros e espécies[editar | editar código-fonte]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre animais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.