Charles Fox Parham

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Charles Fox Parham
Nascimento 04 de Junho de 1873
Morte 29 de janeiro de 1929 (55 anos)
Nacionalidade Estados Unidos
Cônjuge Sarah Thistlewaite
Influências
Principais trabalhos Apostolic Faith Mission
Escola/tradição Metodismo
Principais interesses Teologia, Teologia sistemática,

Santificação, Glossolalia

Ideias notáveis Batismo no Espírito Santo

com evidência de línguas

Charles Fox Parham (4 de junho de 187329 de janeiro de 1929) foi um pregador estadunidense, sendo considerado um instrumento fundamental na formação do pentecostalismo.[1] Parham também criou um movimento chamado de Apostolic Faith (Fé Apostólica), constituído por igrejas independentes (inicialmente chamadas "missões") que cresceram no sul e no oeste dos Estados Unidos, onde ele realizava as suas reuniões. Embora a imprensa fora inicialmente favorável em algumas das áreas onde Parham ministrava, algumas das maiores igrejas de linha principal, e a hierarquia eclesiástica da cidade de Sião, não foram favoráveis ao seu ministério e fizeram de tudo para que os seus ensinamentos não prosseguissem. Como resultado, alguns relatórios da imprensa tornaram-se mais negativos a medida que o seu ministério se aproximava do seu ápice entre 1906 e 1907.

Parham foi uma figura controversa em todo o seu ministério. Como um jornal comentou em 1916: "Ele é um dos mais amados e ao mesmo tempo um dos mais odiados homens em todo os Estados Unidos."[2] Caluniadores de Parham ainda estavam bastante ativos até sua morte em 1929, que de acordo com uma fonte, seu eventual enterro foi adiado.[3]

A hostilidade direcionada a Parham era evidênciada por impressões de notícias caluniadoras, baseadas em parte sobre rumores, por um casal de jornalistas religiosos.(p223-225)[4] Esse jornal parece ter aumentado uma reportagem imparcial, impressa em 19 de Julio de 1907, edição da "San Antonio Light", San Antonio Texas, que dizia que Parham foi detido por causa de imoralidades.[4] [5] A hostilidade religiosa dos jornais nunca mencionaram que o tema foi imediatamente expalhado no local original dos jornais. As acusações nunca alcançaram o estágio de indiciamente, pois ela era "absolutamente nenhuma evidência que merecesse reconhecimento legal". Até mesmo o advogado da cidade "estava satisfeito apesar de todo o trabalho".[4] [6]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Vida e carreira[editar | editar código-fonte]

Parham havia atuado como pastor de uma igreja metodista e Assembléia de Deus, sua decisão em abandonar esta igreja metodista estava na crença pessoal na cura divina.

Parham, na cidade de Topeka, no Kansas, fundou a Bethel Bible College, uma instituição que ficou conhecida pela prática da cura divina, assistência material e espiritual a pessoas de origem humilde e que estavam dispostas a atuar como missionários.

O canal utilizado por Parham para a disseminação dos conceitos era o jornal The Apostolic Faith, os metodistas americanos ensinavam a seus fiéis sobre duas bênçãos fundamentais aos cristãos, eram elas a conversão e santificação, a teologia de Parham ensinava sobre a necessidade da terceira bênção: o batismo pelo Espírito Santo.

No ano de 1905, Charles Parham muda-se para Houston, no Texas, onde funda um nova escola biblíca, onde teve como um de seus alunos William Seymour, que assitia às aulas sentado numa cadeira posta no corredor, por ser negro em um período racista. William Seymour mais tarde tornou-se líder do avivamento em Los Angeles.

Parham foi acusado de sodomia e também apontado por alegações de envolvimento com a Ku Klux Klan, o que minou seu ministério.

Legado[editar | editar código-fonte]

O Centro Charles F. Parham de Estudo Pentecostal-Carismático é um "mecanismo de investigação independente" no campus da South Texas Bible Institute, em Houston, Texas. É uma das várias organizações que consideram Parham o líder fundador do movimento pentecostal.[7]

A principal contribuição de Parham, foi sua interpretação doutrinária do Batismo no Espírito Santo e o seu requerimento como prova de falar em línguas.

Notas e referências

  1. A maioria das referências indicam Parham e William J. Seymour como fundadores do moderno Pentecostalismo, embora a doutrina pentecostal tenha existido durante anos entre muitas diferentes congregações.
  2. "The Daily Commercial", Three Rivers, Michigan, 1916, quoted in "The Life of Charles F. Parham, 1930, p 219
  3. Healing and Revival - Livros de Parham
  4. a b c Goff, James R. Jr.. Fields White Unto Harvest: Charles F. Parham and the Missionary Origins of Pentecostalism. [S.l.: s.n.], 1988. ISBN 1-55728-025-8
  5. http://www.christian-witness.org/archives/cetf2004/truth28.html
  6. Parham, Sarah. The Life of Charles F. Parham. [S.l.: s.n.], 1930, reprinted 2000. OCLC 5090718
  7. http://www.stbi.edu/cfp_intro.html

Trabalhos[editar | editar código-fonte]

  • A Voice Crying in the Wilderness (Baxter Springs, KS: Apostolic Faith Bible College, 1902)
  • The Everlasting Gospel (Baxter Springs, KS: Apostolic Faith Bible College, 1911)
  • Selected Sermons of the Late Charles F. Parham, ed Sarah E. Parham (Baxter Springs, KS: Apostolic Faith Bible College, 1941)
  • The Life of Charles F. Parham, Founder of the Apostolic Faith Movement, by Sarah E. Parham (Baxter Springs, KS: Apostolic Faith Bible College, 1930)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]