Chitty Chitty Bang Bang (filme)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Chitty Chitty Bang Bang
Chitty Chitty Bang Bang (PT)
O Calhambeque Mágico (BR)
 Reino Unido,  Estados Unidos
1968 • cor • 145 min 
Direção Ken Hughes
Roteiro Roald Dahl
Ken Hughes
Elenco Dick Van Dyke
Lionel Jeffried
Gert Fröbe
Heather Ripley
Adrian Hall
James Robertson Justice
Sally Ann Howes
Género Musical, Infantil
Idioma inglês
Página no IMDb (em inglês)

Chitty Chitty Bang Bang (no Brasil: O Calhambeque Mágico / em Portugal manteve-se o original) é a adaptação de um livro de Ian Fleming (criador do Agente 007), chamado Chitty Chitty Bang Bang. Como curiosidade, o ator Desmond Llewelyn (o Q dos filmes de James Bond) marca presença neste filme, numa aparição menor. E o ator Gert Fröbe, o Goldfinger do filme homônimo também aparece neste filme, mas numa aparição maior do que a de Desmond Llewelyn. Além disto, o filme é produzido por Albert Broccoli, que ajudou a produzir quase todos os filmes de James Bond. Mais ainda, a MGM e a United Artists (co-produtoras dos filmes de James Bond) também ajudaram a produzir o calhambeque mágico. O nome do carro é uma referência a um tipo de carros de corrida antigos, chamado Chitty Bang Bang.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Dick Van Dyke interpreta o excêntrico inventor de nome Caractacus Potts, o qual se torna responsável pela criação de um carro extraordinário, que não apenas anda, mas também voa e flutua, conduzindo ele, seu pai (Lionel Jeffries), seus filhos (Heather Ripley e Adrian Hall) e sua bela namorada (Sally Ann Howes) ao mundo mágico dos piratas, castelos e aventuras sem fim! Juntos, enfrentam o Barão Bomburst (Gert Fröbe) e outros vilões macabros. Também se destaca no elenco James Robertson Justice, como Lorde Scrumptious.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Ficha técnica[editar | editar código-fonte]

  • Título Original: Chitty Chitty Bang Bang
  • Gênero: Infantil
  • Tempo de Duração: 145 minutos
  • Ano de Lançamento (Inglaterra): 1968
  • Estúdio: Dramatic Features / Warfield
  • Distribuição: United Artists
  • Direção: Ken Hughes
  • Roteiro: Roald Dahl e Ken Hughes, baseado em livro de Ian Fleming
  • Produção: Albert R. Broccoli
  • Música: Richard M. Sherman e Robert B. Sherman
  • Fotografia: Christopher Challis
  • Desenho de Produção: Ken Adam
  • Direção de Arte: Harry Pottle
  • Figurino: Joan Bridge e Elizabeth Haffenden
  • Edição: John Shirley

Premiações[editar | editar código-fonte]

- Recebeu uma indicação ao Oscar de Melhor Canção Original ("Chitty Chitty Bang Bang").

- Recebeu 2 indicações ao Globo de Ouro, nas categorias de Melhor Trilha Sonora e Melhor Canção Original ("Chitty Chitty Bang Bang").

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

  • Lionel Jeffries interpreta o pai de Caractacus Potts, mesmo Dick Van Dyke sendo mais velho do que Jeffries.
  • O nome Caractacus na verdade é uma homenagem ao último regente da Inglaterra antes da invasão dos romanos, o qual se chamava justamente Caractacus.
  • O carro utilizado em O Calhambeque Mágico acabou sendo vendido para um comprador particular, sendo ainda hoje exibido em exposições mundo afora.
  • Trata-se do primeiro filme fora da série 007 produzido por Albert R. Broccoli, desde o início da franquia do agente secreto (depois do filme Call Me Bwana/Rififi no Safári, de 1963).
  • A placa do carro de Truly, CUB 1, é uma homenagem ao produtor Albert R. Broccoli, cujo apelido era Cubby.
  • O orçamento de O Calhambeque Mágico foi de US$ 10 milhões.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um filme é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.