Clutório Prisco

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Clutório Prisco (ca. 20 a.C.21) foi um poeta romano.

Prisco fora pago pelo imperador romano, Tibério, para produzir um panegírico da morte de Germânico (19 d.C.). Então, ao saber que o filho (adotivo) do imperador, Nero Cláudio Druso, estava muito doente (vítima de uma queda de cavalo), Prisco resolveu antecipar-se, produzindo também um panegírico póstumo sobre Druso. Denunciado pelo cônsul Décimo Hatério Agripa, foi preso e executado.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Tácito. Anais. Rio de Janeiro: Ediouro, 1968
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.