Cobra-papagaio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaCobra-papagaio
Araramboia no Serpentário de Wilmington, no Estados Unidos

Araramboia no Serpentário de Wilmington, no Estados Unidos
Estado de conservação
Status iucn3.1 EN pt.svg
Em perigo
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Reptilia
Ordem: Squamata
Subordem: Serpentes
Família: Boidae
Género: Corallus
Espécie: C. caninus
Nome binomial
Corallus caninus
Linnaeus, 1758
Sinónimos
  • [Boa] canina - Linnaeus, 1758
  • [Boa] Hipnale - Linnaeus, 1758
  • Boa thalassina - Laurenti, 1768
  • Boa aurantiaca - Laurenti, 1768
  • Boa exigua - Laurenti, 1768
  • Xiphosoma araramboya - Wagler, 1824
  • Xiphosoma canina - Fitzinger, 1843
  • Xiphosoma caninum - A.M.C. Duméril & Bibron, 1844
  • Chrysenis batesii - Gray, 1860
  • Corallus caninus - Boulenger, 1893
  • Boa canina - Amaral, 1825
  • Corallus caninus - Peters & Orejas-Miranda, 1970[1]
Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Cobra-papagaio
Wikispecies
O Wikispecies tem informações sobre: Cobra-papagaio

Corallus caninus, conhecido popularmente como araramboia, arauemboia, boa, cobra-papagaio, jiboia-verde, periquitamboia[2] , araboia, boa-arborícola-esmeralda e píton-verde-da-árvore, é uma serpente amazônica de hábitos noturnos, considerada um dos mais exuberantes ofídios. Pertence à família dos boídeos, é não peçonhenta, com dentição áglifa. Sua medida pode ultrapassar mais de 1,50 metros de comprimento.[3] A espécie possui ainda dorso verde com barras transversais branco-amareladas e região ventral amarela, mas podem ser encontrada na coloração verde ou também com pigmentações pretas.

Uma constritora (mata por sufocamento) que passa um grande período de tempo enrolada em troncos de árvores, ela alimenta-se basicamente de roedores, pequenas aves e répteis.[4]

A cobra-papagaio consegue elevar sua temperatura e incubar os ovos, fazendo seu corpo tremer. Seus filhotes apresentam uma coloração avermelhada e podem caçar e comer sapos de árvores quase que imediatamente ao nascimento.

Etimologia[editar | editar código-fonte]

"Araramboia" e "arauemboia" originaram-se do termo tupi ara'ra mbói, "cobra arara"[5] .

Referências

  1. McDiarmid RW, Campbell JA, Touré T. 1999. Snake Species of the World: A Taxonomic and Geographic Reference, vol. 1. Herpetologists' League. 511 pp. ISBN 1-893777-00-6 (series). ISBN 1-893777-01-4 (volume).
  2. FERREIRA, A. B. H. Novo dicionário da língua portuguesa. Segunda edição. Rio de Janeiro. Nova Fronteira. 1986. p. 156.
  3. Mundo Petshop
  4. Parque Preguiça
  5. FERREIRA, A. B. H. Novo dicionário da língua portuguesa. Segunda edição. Rio de Janeiro. Nova Fronteira. 1986. p. 156.
Ícone de esboço Este artigo sobre cobras, integrado no Projeto Anfíbios e Répteis é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.