Colônia da coroa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Uma colônia (português brasileiro) ou colónia (português europeu) da coroa foi um tipo de administração colonial do Império Britânico.1 Colônias da coroa eram governadas por um governador apontado pela Coroa.2 Apesar do termo não ter sido usado na época, a primeira das que se tornariam conhecidas como colônias da coroa foi a Colônia de Virgínia no atual Estados Unidos, após a Coroa tomar o controle da Virginia Company em 1624.3

Até a metade do século XIX, o termo foi primariamente usado para se referir àquelas colônias que haviam sido adquiridas através de guerras, como Trinidad e a Guiana Britânica, mas após este ponto, foi mais amplamente aplicado para qualquer colônia com exceção da Índia britânica e as colônias de povoamento britânicas como Austrália, Canadá e Nova Zelândia (que mais tarde se tornariam Domínios).4

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Jenks, Edward. The Government of the British Empire. [S.l.]: Little, Brown, and company, 1918.
  • Olson, James. Historical Dictionary of the British Empire. [S.l.]: Greenwood Publishing Group, 1996. ISBN 031329366X
  • Porter, Andrew. The Nineteenth Century, The Oxford History of the British Empire Volume III. [S.l.]: Oxford University Press, 1998. ISBN 0199246785

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. U.S. Library of Congress - Glossário de termos
  2. Jenks, p.70
  3. Porter, p.477
  4. Olson, p.343