Crooner

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou se(c)ção não cita fontes fiáveis e independentes (desde Setembro de 2009). Por favor, adicione referências e insira-as no texto ou no rodapé, conforme o livro de estilo. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.

Crooner é um epíteto dado a um cantor masculino de um certo estilo de canções populares, apelidado de pop tradicional. Um crooner é um cantor de baladas populares. O cantor é normalmente acompanhado por uma orquestra completa ou uma big band. Geralmente, crooners cantam e disseminam as músicas populares estadunidenses.

Crooner foi originalmente tido como um termo negativo, e muitas pessoas que detinham o título, como Russ Columbo, não se consideravam crooners. Em uma entrevista, Frank Sinatra disse que não considerava a si mesmo ou Bing Crosby como sendo crooners.

Evolução[editar | editar código-fonte]

O Cronnin é um estilo que tem suas raízes em Bel Canto da Ópera Italiana, mas com ênfase em nuanças vocais sutis e manifestação encontrados no Jazz, como oposição às ornamentações elaboradas ou volume acústico empinado encontrado nas casas de ópera. Antes do advento do microfone, cantores populares, como Al Jolson, tinham o projeto para as assentos traseiros dos teatros, que era de um vocal muito alto. O microfone tornou possível o estilo mais pessoal. Crooning não é tanto um estilo de música, mas mais uma técnica de canto.

Alguns crooners, mais notavelmente Frank Sinatra, Dean Martin e Bing Crosby incorporaram outros estilos populares em suas músicas, como o Blues, o Dixieland e até mesmo a música nativa havaiana. O Crooning se tornou a forma dominante de vocal da música popular dos anos de 1920 até os anos de 1960, coincidindo com o advento do rádio e da gravação eletrônica. Por exemplo, o programa de rádio de Bing Cosby, do Kraft Music Hall (1935-1964), era ouvido por 50 milhões de pessoas todas as tardes de quinta.

Declínio[editar | editar código-fonte]

Depois de 1954 a música popular foi dominada por outros estilos, especialmente o rock'n'roll, enquanto a música posterior aos crooners como Perry Como e Matt Monro foi recategorizada como de "easy listening" ou "adult comtemporay". Os crooners permaneceram populares entre os fãs do pop tradicional, com intérpretes contemporâneos como Tony Bennett, Tom Jones, Michael Bublé e Engelbert Humperdinck, que mantiveram o estilo vivo. Enquanto cantores, tanto homens quanto mulheres cantam o estilo, mas o termo "crooner" é raro e inapropriado, quando usado para descrever mulheres cantoras.

Ver Também[editar | editar código-fonte]

Oldies