Danos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Os danos (em latim: Dani) eram uma tribo germânica setentrional que vivia na região sul da atual Suécia e nas ilhas da Dinamarca (e, posteriormente, na Jutlândia). Foram mencionados na Gética, obra do século VI de Jordanes, e por Procópio e Gregório de Tours.

Em sua descrição de Scandza, Jordanes afirma que os Dani eram da mesma linhagem dos Suetidi (suecos, Suithiod?) e teriam expulsado os hérulos (Heruli), de cujas terras então se apossaram.[1]

De acordo com o autor Sven Aggesen, do século XX, o mítico rei Dan teria originado o nome dos danos.

Poemas em inglês antigo como Widsith e Beowulf, bem como obras de autores escandinavos posteriorems, como Saxo Grammaticus (c. 1200), fornecem algumas referências sobre os danos.

Referências

  1. Jordanes (Mierow, ed. 1908). Getica III (23) (em ). [S.l.: s.n.].
Ícone de esboço Este artigo sobre História ou um historiador é um esboço relacionado ao Projeto História. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.