David McMurtrie Gregg

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém uma ou mais fontes no fim do texto, mas nenhuma é citada no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde dezembro de 2011)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.

David McMurtrie Gregg (10 de Abril de 1833 - 7 de Agosto de 1916) foi militar estadunidense e oficial de cavalaria da União durante a Guerra Civil dos Estados Unidos da América.

Gregg nasceu em Huntingdon (Pensilvânia) numa família com vários políticos influentes, incluindo o governador do estado da Pensilvânia à época da guerra civil. Após a formatura na Academia Militar de West Point, serviu nas fronteiras indígenas e na guarnição de Fort Tejon, Califórnia, onde se encontrava quando a guerra eclodiu.

Nomeado coronel do 8º Regimento de Cavalaria de Pensilvânia, prestou bom serviços sob o George McClellan nas campanhas da Península e de Maryland. Já como general de brigada de voluntários, comandou uma divisão durante a Incursão de Stoneman de 1863, uma fracassada tentativa de alcançar Richmond às vésperas da Batalha de Chancellorsville.

Sob o comando de Alfred Pleasonton, foi encarregado de cobrir o flanco direito das tropas federais em Gettysburg e é frequentemente creditado pelo sucesso em repelir o ataque da cavalaria confederada de Jeb Stuart, garantindo as rotas de comunicação vitais para a manutenção das posições da União.

Na Campanha Overland comandou com competência a 2ª Divisão de Cavalaria da União até a sua, até solicitar reforma em 8 de Fevereiro de 1865, por motivos até hoje inexplicados.

Até a morte em 1916, Gregg dedicou-se a administração da sua fazenda, exceto por um breve período em 1874 que passou como Ministro (Embaixador) dos Estados Unidos em Praga, nomeado por Grant.

Referências[editar | editar código-fonte]

Notas[editar | editar código-fonte]