Diocese de Ísquia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Diocese de Ísquia
Diœcesis Isclana
Localização
País Itália
Arquidiocese Metropolitana Arquidiocese de Nápoles
Estatísticas
Área 46 km²
Informação
Rito Rito romano
Criação da Diocese século XIII
Padroeiro São João José da Cruz
Governo da Diocese
Bispo Felipe Strofaldi
Jurisdição diocese
Página Oficial www.diocesi.ischia.it

A Diocese de Ísquia (Em Latim: Dioecesis Isclana) é uma circunscrição eclesiástica da Igreja Católica na Itália, pertencente à Província Eclesiástica da Campânia e à Conferenza Episcopale Italiana, sendo sufragânea da Arquidiocese de Nápoles.

A episcopal está no Duomo de Ísquia, na Região da Campânia e provincia de Nápoles.

Territorio[editar | editar código-fonte]

A diocese inclui todas as 6 comunas da Ilha de Ísquia:

O território da diocese è dividido em 25 paróquias e 53 igrejas.

História[editar | editar código-fonte]

O primeiro bispo da diocese foi tal Dom Pedro, que participou ao Concílio Lateranense III em 1179. Não tem documentos antes dessa data, mas come certeza a diocese jà existia.

Em 14 de fevereiro 1255, Papa Alexandre IV confirmou aos Cônegos da diocese o direito de eleição do Bispo, de quem jà faziam Ab immemorabili.

Em 18 de janeiro 1301, o Vulcão distuiu a Catedral e o Palácio Episcopal.

Em 13 de outubro 1770 deu a ilha de Ventotene à Diocese de Gaeta, que hoje è Arquidiocese.

Cronologia dos Bispos do seculo XX[editar | editar código-fonte]