Dirndl

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Dirndl com rendas e saia verde.

Um dirndl (pronúncia ˈdɪʁndl̩) é um tipo de vestido tradicional utilizado na Baviera, Liechtenstein, Áustria, e Tirol do Sul, baseada na vestimenta histórica dos camponeses alpinos. Os vestidos que são vagamente baseados no dirndl são conhecidos como Landhausmode.

Descrição[editar | editar código-fonte]

O dirndl consiste de um corpete, blusa, saia e avental. Embora pareça ser uma vestimenta simples e básica, um dirndl moderno pode ser muito caro, uma vez que é feita sob medida e, por vezes cortados de tecidos caros pintados a mão ou de seda. Nos dialetos do sul da Alemanha (bairisch), Dirndl originalmente se referia a uma mulher jovem ou uma menina, e Dirndlgewand se referia ao vestido dela. Atualmente, Dirndl pode se referir tanto a uma jovem quanto ao vestido.

Os acessórios podem incluir um avental longo amarrado em volta da cintura, um colete xale de lã. A colocação do nó do avental é, por vezes, um indicador do estado civil da mulher. Quando isto ocorre, um nó amarrado no lado esquerdo da mulher indica que ela é solteira, e um nó amarrado à direita significa que ela é casada ou comprometida, e um nó atado na parte de trás significa que a mulher é viúva.

História[editar | editar código-fonte]

Mulheres vestindo vários tipos de dirndls.

O dirndl surgiu como uma forma mais resistente de traje que se tem atualmente; o uniforme de funcionárias austríacas no século XIX ( Dirndlgewand, que significa "vestido de empregada").[1] Formas simples foram também usadas por mulheres que trabalham em cores lisas ou enxadrezado. Originalmente, cada aldeia tinha seu próprio estilo e ornamentos.

As classes mais altas austríacas aprovaram o dirndl como alta moda na década de 1870. Hoje, dirndls variam de estilos simples até os modelos mais trabalhados e caros.

Etiqueta[editar | editar código-fonte]

O dirndl é usado principalmente na Áustria e Baviera. Ele é usado como um vestido de dia-a-dia principalmente por mulheres mais velhas em áreas rurais. Outras mulheres podem usá-lo em ocasiões formais (muito parecido com os escoceses e o kilt) e durante certos eventos tradicionais. É também muito popular entre as mulheres jovens no momento da Oktoberfest em Munique (e festivais semelhantes no sul da Alemanha, Áustria, Brasil, Canadá e Estados Unidos), embora muitas mulheres jovens só usem um vestido baseado no dirndl (os chamados Landhausmode), que podem variar de muitas maneiras e são frequentemente mais baratos.

Na Áustria, Baviera e sul do Brasil, o dirndl pode muitas vezes ser visto em mulheres que trabalham em negócios de turismo, e às vezes garçonetes em restaurantes de estilo tradicional e biergartens. Também é utilizado, nestas regiões, em sobre as mulheres ligadas a Volksmusik.

Referências

  1. Angela Arten-Meyer. Munique e Arredores. [S.l.: s.n.], 2011. 106 p.
Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Dirndl