Discussão:Década

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Untitled[editar | editar código-fonte]

O tempo histórico começa em 1 (um) e não em zero. Assim, as décadas e séculos presentes devem começar como: 1a década, do ano 1 ao ano 10; século I, do ano 1 ao ano 100 e seguindo.... século II,do ano 101 ao ano 200; século IX, do ano 801 ao ano 900.

posso ate vira a concordar que decada de 10 é de 1 a 10 e asssim adiante. mas a decada de 90 a 99 é uque entao?


O texto seguinte foi movido de: Wikipedia:Esplanada/geral#Décadas

Décadas[editar | editar código-fonte]

Um IP fez um comentário interssante em Discussão:Década de 1980:

==[editar | editar código-fonte]

Na minha opnião, se voce começa a contar de forma ordinal (1ª década, 2ª década, ou 1ª Década do Século XX e assim por diante.), você não pode mudar a forma de contagem; Ou seja, não tem como começar em 1ª década e depois mudar pra década 10, década 20...

O que eu quero dizer é: Se eu quero me referir a década que vai do ano de 1981 até 1990, eu devo me referir a ela como a 9ª Década do Século XX (ou centésima nonagésima nona década a partir do ano 1.rsss) Porque, quando eu digo Década "de" 80, estou apenas me referindo ao periodo de 10 anos que, conforme indica a preposição, pertencem aos anos 80 (De 1980 a 1989).

===========================================[editar | editar código-fonte]

Citação: 200.177.214.52 escreveu: «É, todos os artigos sobre décadas em português estão errados e parecem ter sido editados pela mesma pessoa. Uma decada começa no ano 1 e termina no ano 0 (1981-1990), do mesmo modo que o século e o milênio, e não ao contrário como está aqui.

A década de 80 eu consertei, as outras qualquer hora eu vejo»

Não é que ele tem razão? Nenhuma década começa em "0", na verdade ela termina em "0". 1901 a 1910, 1911 a 1920, etc...

O que faremos?

Rossicev msg 18h02min de 13 de Novembro de 2007 (UTC)

Eu discordo. As décadas seguem uma lógica diferente da dos séculos. "Década de 1920" é a mesma coisa que "anos vinte" ou "anos 20", portanto, reúne os anos que contêm "192_": de 1920 a 1929. Não faria sentido algum que 1930 estivesse nos "anos 20" ou que "1920" estivesse na "década de 1910". Dantadd 19h22min de 13 de Novembro de 2007 (UTC)
Na verdade não, uma vez que o século é formado por décadas. Basta pensar quando foi a primeira década: do ano um ao ano dez, logo, a segunda foi do ano onze ao ano 21 e assim por diante. Anos vinte é diferente de década de vinte. Crazyaboutlost discussão 19h32min de 13 de Novembro de 2007 (UTC)
Eu sempre vi, em toda a minha curta história de vida, qualquer década grafada da forma que fazemos aqui. Será que é isto que Millôr Fernandes tanto critica com sua subjetividade em sua coluna semanal? » ~~~~ 19h28min de 13 de Novembro de 2007 (UTC)
Não, Crazyaboutlost, "década de 1920" é a mesmíssima coisa que "anos vinte". Não comecemos a criar um mundo paralelo aqui na Wikipédia. Para mim e tenho certeza que para grande maioria dos seres lusófonos a década de 1990 começou em .... 1990. Seria realmente interessante que "1990" não fizesse parte da "década de 1990". E o argumento de que os séculos são formados por décadas é falho. O ano é formado por meses e nem por isso, janeiro de 2008 faz parte do ano de 2007. O erro do seu argumento é misturar "primeira década" com "década de 0" ou "décima década" com "década de 100". Dantadd 20h08min de 13 de Novembro de 2007 (UTC)
Um link para exemplificar. Percebam que começa a década de 1960 em... 1960. Um dia é formado por horas, oras (piada infâme). Alex Pereirafalaê 20h11min de 13 de Novembro de 2007 (UTC)

Aqui teremos de ir contra a lógica matemática... O conceito de década é profundamente cultural. Concordo com o Dantadd. É certo que a década de 1920 começou em 1921 em termos puramente matemáticos. Não em termos culturais. E é sob a perspectiva cultural que devemos desenvolver os artigos das décadas. Manuel Anastácio 21h56min de 13 de Novembro de 2007 (UTC)

Não se confundam, a década de 20 começa em 1921 e os anos 20 começam em 1920. São conceitos diferentes, o primeiro é científico ou histórico e o segundo é popular ou pragmático. Lord Insipidus 22h42min de 13 de Novembro de 2007 (UTC)
A expressão anos 60 se reveste de toda uma mitologia referente à época, não é uma abordagem científica. Lord Insipidus 22h46min de 13 de Novembro de 2007 (UTC)
Lord Insipidus, isso que você disse se chama "inventar moda". Não há nada de científico nisso, nem matemático. A "década de 1920" começa em "1920" e termina em "1929", científica ou culturalmente. Vocês estão importando a lógica de contagem dos séculos ao padrão de décadas, mas as dinâmicas são diferentes. Os séculos são expressos numa contagem ordinal:
  • do ano 0 ao 100: primeiro século (século I)
  • do ano 2001 ao 2100: vigésimo primeiro século (século XXI)

Já as décadas não são contadas de forma ordinal, mas por blocos que se identificam com o número dos anos. Assim, a "década de 1920" engloba todos os anos que começam com "192_". Se expressássemos as décadas como fazemos com os séculos, teríamos:

  • do ano 1 ao 10: primeira década (década I)
  • do ano 2001 ao 2010: duocentésima década (década CC)

Dantadd 22h56min de 13 de Novembro de 2007 (UTC)

Alguém tem uma gramática à mão, para dirimir isso? Alex Pereirafalaê 22h58min de 13 de Novembro de 2007 (UTC)
  • Vejam bem, a primeira década da história ocidental começa no ano primeiro e termina no ano 10, isso porque ela precisa se completar para que a nova década comece, o que só acontece no ano 11. O primeiro século também começa no ano 1 e se completa no ano 100, só aí começa o novo século. O século 21 e a década de 2000 começaram em 2001, somente quando os períodos anteriores se completaram. Lord Insipidus 23h11min de 13 de Novembro de 2007 (UTC)
E não existe ano 0, é ano 1. Façam a conta 1 + 10 e terão o começo da nova década, no ano 11. Lord Insipidus 23h13min de 13 de Novembro de 2007 (UTC)
Ou de janeiro do ano 1 a janeiro do ano 11, são dez anos. Lord Insipidus 23h16min de 13 de Novembro de 2007 (UTC)

(conflito de edições) Deixando aqui meus 2 centavos:

  • De forma estritamente matemática, a década de 1920 TERMINA em 1920 (começa em 1911, termina em 1920). Assim como a primeira década é a década de 10 e não a década de 0 já que não existe ano 0.
  • ENTRETANTO, o conceito cultural de década é que vai de 1920 a 1929, sendo equivalente a expressão "anos 1920".
  • NUNCA vi o conceito estritamente matemático de contagem de décadas ser usado em algum lugar que não em livros de matemática.
  • Corrijo o Dantadd: O século I começa no ano 1, e não no ano 0 que não existe! (passa-se do ano 1 a.C. diretamente ao ano 1 d.C, sem o intermédio de um ano 0, contrariando a matemática moderna, mas bem de acordo com a matemática medieval que não conhecia o conceito de 0 como número, apenas como algarismo).

Pra mim, é mais fácil manter o conceito cultural ao conceito estritamente matemático (inclusive porque mesmo os que argumentaram a favor deste erraram o conceito), já que este está presente na maioria dos artigos. --girino 23h17min de 13 de Novembro de 2007 (UTC)

  • Lord Insipidus, pare de falar asneiras! A década de 2000 CONTÉM o ano 2000. Se quiser usar o conceito estritamente matemático, ela é a década que se inicia em 1991 e termina em 2000. É uma total falta de lógica sua argumentação de que a década de 2000 começa em 2001. --girino 23h21min de 13 de Novembro de 2007 (UTC)


Lord Insipidus e girino, vocês escorregam no mesmo equívoco. Tratam as décadas com a mesma lógica dos séculos, usando inclusive o mesmo argumento da falta do ano 0. Realmente, equivoquei-me com o ano 0, mas o raciocínio permanece o mesmo. O resto dos meus argumentos continuam. Não contamos décadas como contamos os séculos. Não usamos ordinais (primeiro, segundo, terceiro) para fazer referência às décadas, mas sim conjunto de anos que começam com os mesmos algarismos: "década de 1920" = década dos anos que contêm "192_". Mais claro do que isso não fica. Dantadd 23h23min de 13 de Novembro de 2007 (UTC)

Vou responder só porque meu nome foi citado: Não vejo onde escorreguei em algum equívoco. Como disse nunca vi esse conceito usado fora de livros de matemática. Apenas citei para mostrar que mesmo os que defendem essa forma de contagem estão defendendo a coisa errada. --girino 23h27min de 13 de Novembro de 2007 (UTC)
Todos os dicionários q pesquisei (Michaelis e Houaiss) dizem q década é período de 10 anos, mas não fazem alusão a começar em ano 0 ou ano 1.
Eu me inclino mais a acreditar q décadas sigam o mesmo padrão de século e milênio, já q são medidas de mesma categoria. Senão poderiamos dizer q gramas não seguem a mesma lógica que quilos... E como não houve ano "0", todas as medidas relativas a anos deveriam começar com o ano "1". Garavello 23h46min de 13 de Novembro de 2007 (UTC)
Que seja, mas pelo menso sigam a lógica: Década de 1920 CONTÉM o ano de 1920, e não o absurdo que tentam empurrar de que a década de 1920 começa em 1921. --girino 23h53min de 13 de Novembro de 2007 (UTC)
Garavello, a comparação de gramas e quilos é um tantinho falaciosa. Repito: nós contamos séculos diferentemente de como nos referimos às décadas. Isso é um fato, não uma suposição nem uma teoria. Nós nos referimos aos séculos usando ordinais: século primeiro, século segundo, século terceiro etc. Já com as décadas nós não o fazemos. Nós não ordenamos décadas: década primeira, década segunda, década terceira etc. Nós simplesmente nos referimos a elas agrupando-as num conjunto de anos que vão de tanto a tanto: "década de 1920" = 1920 a 1929. A "forçada de barra" com a história de não haver ano 0 parte do pressuposto equivocado, que é pensar que a referência às décadas se dá de forma igual à referência que fazemos aos séculos. São referências distintas: uma é ordinal e a outra é nominal. Dantadd 00h11min de 14 de Novembro de 2007 (UTC)
  • Em outras wikis:
    • (em inglês) en:Decade define década como período histórico de 10 anos e coloca a primeira década do século XX como sendo de 1901 a 1910. Não existem artigos "década de XXXX" e sim "XXXXs" que seria o equivalente ao nosso "Anos XXXX". Estes períodos são chamados de decades nos infoboxes.
    • (em francês) fr:Décennie cita que a ONU dedica algumas décadas a um tema específico usa a década de 2001 a 2010 como exemplo. Os artigos são "Anées XXXX" que equivale ao nosso "Anos XXXX". Estes artigos são listados como décennies nas infoboxes.
  • Na literatura de história:
    • HOBSBAWM em Era dos Extremos1 Não define o conceito de década mas usa sempre "década de 1980" como sendo os anos de 1980 a 1989, e assim por diante.

Decidam como quiserem, esse assunto pra mim é perfumaria, não estou defendendo nem um lado nem outro, antes que o Dantadd venha me acusar de algo. Trouxe os fatos para quem quiser ler. --girino 00h26min de 14 de Novembro de 2007 (UTC)

Alias, que tal pararem com os "achismos" e procurarem fontes e referências pros seus argumentos? A wiki pt tem mania de se guiar por achismos, esquecendo do wikipedia:nada de pesquisa inédita. --girino 00h30min de 14 de Novembro de 2007 (UTC)

Apenas em resposta ao dantadd... Se exise uma norma pra séculos, a mesma norma pode sim valer pra décadas. Fica uma coisa incoerente haver uma regra pra uma e uma regra pra outra. E se usamos "século 20" com tranquilidade, então a sua argumentação por uso de século primeiro é mais falaciosa ainda.

Em suma: existe uma padronização aceita e reconhecida internacionalmente pra séculos, milênios e similares. Década é algo bem similar a um século, portanto pode-se SIM usar a mesma padronização.

Talvez ela não seja obrigatória. Com esse conceito posso concordar, até pq nenhum dicionário português que eu vi defina década como algo diferente de "período de 10 anos", portanto vc pode considerar 90-99 uma década, bem como 85-95 outra década. Mas por esse mesmo motivo a definição de que a década pode sim começar a ser contada no ano 1 não pode ser considerada errada.

Ao girino: minha opinião se baseou nos verbetes dos dicionários, que não definem década como um período fixo de tempo. Portanto, usei a mesma analogia q é usada a outras medidas de tempo similares, séculos e milênios. Garavello 00h39min de 14 de Novembro de 2007 (UTC)

Analogia é pesquisa inédita assim como os "fatos" do Dantadd. Estritamente falando os dois estão contra as regras da wikipédia. --girino 00h43min de 14 de Novembro de 2007 (UTC)

Por mais que eu tenda a concordar com o Dantadd, isto parece alguma forma rudimentar de "pesquisa inédita". Se não há fontes que digam o contrário, deveríamos seguir apenas a lógica matemática (do contrário surgirá alguém a dizer que os séculos também começam nos anos "000"). Portanto, apresentem as fontes. Se as fontes não existirem, por mais usual que seja, devemos usar a lógica matemática.--g a f M 01h08min de 14 de Novembro de 2007 (UTC)

PS: Até mesmo porque, do ponto de vista cultural, o século XIX começou em 1815 e terminou em 1914 e o século XX começou em 1914 e terminou apenas em 2001...--g a f M 01h09min de 14 de Novembro de 2007 (UTC)

O que eu gostaria de saber é de onde vocês tiram que existe uma "base" ou "lógica matemática" para isso e para aquilo. Isso é pura invenção. A matemática não afirma nada disso. O Garavello incorre em mais um erro. Em "século XX" ou "século 20" esse número é ordinal e não natural. A expressão significa "vigésimo século" da Era Comum. Repito mais uma vez porque ainda não entenderam: não contamos décadas!!! Ninguém diz "primeira década", "segunda década" etc. Se você disser, mesmo que seja artificial, "primeira década do século XX", aí sim poderá forçar a barra e dizer que são os anos 1901 a 1910. Mas "década de 1920" será sempre o conjunto de anos que têm "192_": 1920 a 1929. Não há lógica matemática nenhuma em dizer que a "década de 1920" vai de 1921 a 1930. Isso sim é pesquisa inédita. Dizer que a "década de 1920" são os anos de 1920 a 1929 é uma extração simplesmente natural dos próprios algarismos que representam os anos. Não há "lógica matemática" possível para enfiar o ano de 1930 na década de 1920. Aliás, é o cúmulo do absurdo fazer com que o ano de 1930 fique fora da década de... 1930! É praticamente uma piada. Dantadd 01h17min de 14 de Novembro de 2007 (UTC)

Que tal começar a ler antes de responder? Essa da década de 1930 nãoconter 1930 é maluquice de um único indivíduo e nem entrou na discussão. Mas concordo que não há premissa matemática que diga que se deva contar a partir do ano um ou o que quer que seja. Tudo isso [carece de fontes?]. Assim como a afirmação de que Mas "década de 1920" será sempre o conjunto de anos que têm "192_" também [carece de fontes?]. É tudo pesquisa inédita! Então por favor, vamos parar de discutir o sexo dos anjos e responder sem ler, e vamos procurar fontes? --girino 01h25min de 14 de Novembro de 2007 (UTC)
Amigo girino, eu li tudinho antes de responder, e mais de uma vez. Muitas vezes, quando escrevemos, não estamos respondendo a fulano ou sicrano, mas apenas expondo pontos de vista. Quanto à sua insistência por fontes, é algo realmente engraçado. Demonstra que não leu nenhum dos meus argumentos e continua a achar que nós tratamos as décadas como tratamos os séculos ou milênios, mas... não tratamos. Todo o imbroglio parte de uma premissa equivocada e, até o momento, teimosa. A designação das décadas é puramente intuitiva, pois parte do princípio da lógica da própria língua: década de 1920: 1920 a 1929. Se quiser procurar fontes sobre um grande tratado filosófico sobre o tema, esteja à vontade, mas não vai encontrar. E não vai encontrar porque é risível que alguém se debruce a pesquisar algo que é simplesmente natural. Nunca ninguém pesquisou por que duas maçãs da mesa adicionadas a duas maçãs da panela dão quatro maças. Nesta mesma lógica intuitiva, nenhum ser humano vai pôr o ano de 1930 na década de 1920. Sic et simpliciter. O resto é uma complicação inútil e apego farisaico e obtuso a uma correta política de verificabilidade. Se vocês quiserem inaugurar uma nova formar de se referir às decadas segundo uma tal "lógica matemática" (que se aplica aos séculos mas não às décadas), estejam à vontade. Dantadd 01h33min de 14 de Novembro de 2007 (UTC)
Dantadd, sua insistência em ferir o princípio de wikipedia:Nada de pesquisa inédita é ridículo. Seu argumento não tem NADA de lógico e carece de fontes assim como todos os outros. Se não existem fontes quer dizer que ninguém nunca usou esses termos antes. Isso sim é ridículo. Não há necessidade de que alguém tenha "pesquisado" se duas maças da mesa adicionadas às duas maças da panela dão quatro maças, apenas que alguém tenha ESCRITO isso. E te garanto que ninguém PESQUISOU se a década de 1980 começa em 1980, mas MILHARES de autores escreveram isto.
Só pra deixar BEM claro como seu argumento é totalmente furado, vou colocar os {{carece de fontes}} nele:
Citação: Dantadd escreveu: «A designação das décadas é puramente intuitiva[carece de fontes?], pois parte do princípio da lógica da própria língua[carece de fontes?]: década de 1920: 1920 a 1929.»
Qual a lógica disso? De onde tirou que a lógica da língua é essa? Desde quando tratar décadas diferentemente de séculos é intuitivo? Porque a designação delas tem de ser intuitiva, ao contrário da designação dos séculos?
Sua mania de atacar seus interlocutores não foi muito eficaz dessa vez! Vejo vários que estão aqui discutindo que concordavam com você, mas sua insistência em atacar a todos fez com que mudássemos de opinião. Sinceramente, era melhor ter ficado calado! --girino 01h51min de 14 de Novembro de 2007 (UTC)

Primeiro: não ataquei ninguém. Refutar argumentos não é ataque, é debate. Sua defesa do princípio de Wikipedia:Nada de pesquisa inédita é farisaica: sobrepõe a letra da lei ao espírito da lei. Todo seu argumento é infantil ao extremo, quer partir da reinvenção da cartilha do be-a-bá para ganhar ares de uma suposta defesa de princípios que fere já de partida. Então, se para o girino, "2+2=4[carece de fontes?]", Dantadd nada pode fazer, a não ser deixar que mudem os artigos sobre décadas e metam 1930 na década de 1920 e 1980 vai para os anos 70. Pouco importa se ganho simpatias ou antipatias, apenas refutei essa história sem sentido de uma tal lógica matemática totalmente furada que põe 1930 na década de 1920. Você, girino, até agora não entendeu uma vírgula do que eu argumentei. Vou resumir (tente ler agora, esqueça que é o chato-de-galocha do Dantadd que está escrevendo):

  • A terceira década do século XX = 1931 a 1940 (NUMERAÇÃO ORDINAL, da mesma natureza daquela usada para séculos e milênios)
  • A década de 1930 = 1930 a 1939 (NUMERAÇÃO NATURAL, "década de 1930"; preposição "de" -> subordinação, possessão)

Se dona Maria de Jesus de Ibiboca de Cima diz: "A casa é de José" ela está informando que tal casa pertence a José. Se a mesma dona Maria de Jesus disser: "Casei-me na década de 30" ela estará informando que se casou nalgum ano compreendido entre 30 e 39. Isto é o que se denomina intuitivo. O resto é empulhação pseudocientífica.

Entende-se ou é necessário ilustrar? Dantadd 02h41min de 14 de Novembro de 2007 (UTC)

Que disposição impressionante para discutir uma coisa tão simples. Como fica a primeira década da história ocidental-cristã? Os anos são:

  1. 1 D.C.
  2. 2 D.C.
  3. 3 D.C.
  4. 4 D.C.
  5. 5 D.C.
  6. 6 D.C.
  7. 7 D.C.
  8. 8 D.C.
  9. 9 D.C.
  10. 10 D.C.

Assim se fecha a primeira década de nossa história e começa a segunda, no ano 11 D.C. Lord Insipidus 03h52min de 14 de Novembro de 2007 (UTC)

Espero não gerar mais disputas com isto:

"O terceiro milênio tem início oficialmente no dia 1o de janeiro de 2001. Mas há, sim, o que celebrar: o ano 2000 é o último de um período de mil anos estabelecido pelo sistema de contagem de Dionísio Exiguus no século VI. Dionísio formulou seu método antes da adoção do conceito do número zero - definiu, portanto, que o nascimento de Jesus ocorrera no ano 1. A partir daí, estabeleceu-se que um século só termina ao fim do 100o ano."

(...)

"As pessoas não faziam a contagem dos séculos até 1300. Somente a partir de 1920 (isso mesmo, 1920) é que se desenvolveu o conceito de década como forma de caracterizar um tempo de mudança. No final do século XVI, com os dias dos anos bissextos acumulados, fazendo com que a data da Páscoa vagasse confusamente pelo velho calendário, o papa Gregório XIII estabeleceu o sistema que utilizamos hoje em dia, o chamado calendário gregoriano."

Revista Época

Lord Insipidus 04h19min de 14 de Novembro de 2007 (UTC)

  • Dantadd, você não leu uma única vírgula do que falei e está refutando argumentos que eu não dei, colocando na minha boca o que não disse (isso pra mim é ataque gratuito). Afirme a vontade que década de 1930 precisa conter 1930, pois isso é EXATAMENTE o que eu falei. década de 1930 começa em 1921 e termina em 1930, veja aqui as provas de que você não lê antes de responder: [1], [2], [3], [4]. Então, por favor, pare de colocar na minha boca argumentos que eu não dei. Está criando conflito atoa, me provocando sem nenhum motivo.
  • Lord Insipidus: Infelizmente este trecho fala apenas QUANDO começaram a usar o conceito de década, e não qual é ele. Ele não prova absolutamente nada. Sobre a primeira década da era cristã, ela não faz o menor sentido já que só se contam as décadas a partir de 1920, não acha? --girino 10h02min de 14 de Novembro de 2007 (UTC)
A única coisa estranha nesse meio todo é que os artigos sobre séculos estão divididos em décadas. Se o conceito de séculos e milênios são bem definidos, a divisão das décadas estão, por assim dizer, confusas; vejam, por exemplo, o artigo Século X. Diz que "O século X começou em 1 de Janeiro de 901 e terminou em 31 de Dezembro de 1000". Abaixo tem a divisão do século em décadas, com a década de 900 começando em 900; mais abaixo tem a divisão dos anos, começando em 901. Agora, só não sei o que fizeram no artigo Século XX que, na divisão de anos, inciaram de 1890. Rossicev msg 11h02min de 14 de Novembro de 2007 (UTC)
Rossicev, a confusão parte exatamente do que eu tenho falado insistentemente aqui: nos referimos de um forma aos séculos e outra diferente às décadas. Aos séculos nos referimos contando-os ordinalmente: primeiro século (século I; que aliás se diz corretamente "século primeiro" e não "século um"), segundo século etc. Se nos referirmos às décadas usando a mesma lógica teremos: primeira décadas do século XX: 1901 a 1910. Todavia, nos referimos às décadas agrupando os anos que começam com os mesmos algarismos: "década de 1930" = 1930 a 1939.
girino, embora você ache que não, eu já entendi o que você disse. Neste debate não estou sendo pragmático, mas idealista. Eu pretendo expressar meu ponto de vista e espero que as pessoas concordem com sua essência e não com sua aparência. Gostaria que entendessem que a referência às décadas é tão científica quanto a contagem dos séculos. Não é apenas cultural (e por tabela não-científica), é lógica pura. Aqui estou apenas refutando um tratamento infantil da política da pesquisa inédita e da verificabilidade, que é literalmente fundamentalista. Nestas horas sou obrigado a dar a mão à palmatória e dizer que o FML tinha certa razão no tema da pesquisa inédita, política que é usada algumas vezes contra a própria Wikipédia e não a seu benefício.
Lord Insipidus, você insiste em bater na mesma tecla errada. A primeira década da Era Comum de facto estendeu-se do ano 1 ao ano 10. Todavia, a década de 0 estendeu-se de 1 a 9, com a falta natural do ano 0. Repito pela décima vez: contamos séculos de maneira ordinal, mas as décadas não. Referimos-nos às décadas por um conjunto de anos começados com determinados algarismos: "década de 1930" = 1930 a 1939.
Da minha parte não tenho mais o que acrescentar. Se quiserem fazer referência às décadas como se faz aos séculos devemos mudar o título dos artigos para "Primeira década do século XXI" (2001-2010), "Oitava década do século XX" (1981-1990) etc. Enquanto tivermos os títulos "década de XXXX" os anos serão sempre do XXX0 a ao XXX9. Dantadd 12h41min de 14 de Novembro de 2007 (UTC)

Existe um único argumento válido aqui: a história ocidental não possui ano zero, então tanto o primeiro século como a primeira década começam no ano 1 e a partir daí se conta tudo. Dessa forma, a década de 80 do século vinte comea em 1981, tanto quanto a década de 80 do século primeiro começa no ano 81. Não se pode usar um critério para século e outro para década, tudo começa no primeiro ano da Era Cristã. Lord Insipidus 12h54min de 14 de Novembro de 2007 (UTC)

Bom, Lord Insipidus, você não leu os argumentos ou não demonstrou capacidade para compreendê-los. Então, no seu mundo (e só nele), 1980 pertence à década de 1970, que por sua vez não contém o ano de ... 1970. Parabéns, seu raciocínio é um monumento à lógica. Vou tentar mais uma vez: você falha em não querer compreender que a "terceira década do século XX (1931-1940)" é diferente de "década de 1930" (1930-1939). É sinceramente irritante. Dantadd 14h36min de 14 de Novembro de 2007 (UTC)
Anos zero? Hehehe. São duas coisas diferentes, Dantadd: década de vinte começa no ano 21 e termina no ano 30; anos vinte começam no ano 20 e terminam em 29. Não é tão difícil de entender. Crazyaboutlost discussão 16h07min de 14 de Novembro de 2007 (UTC)

Pela primeira vez na vida e contrariando tudo que aprendi e li nela, descobri que na Wikipedia (ora vejam onde, a enciclopedia feita por qualquer um) resolveram que a década de 20 não começa em 1921, mas em 1920!!?!?! Cada dia mais me convenço que Einstein, Camões, Bertrand Russell, Azimov, Shakespeare, deveriam ter consultado a Wikipedia antes de escreverem suas obras, as teriam feito de melhor qualidade. :-) :-) :-)

Crazy, vc deu uma explicação bastante curta, simples e objetiva, de que alhos são alhos e bugalhos são bugalhos, vamos ver se o Dantadd entende agora. :-) Machocarioca 16h50min de 14 de Novembro de 2007 (UTC)Machocarioca

Ok, então vocês inauguram um novo método de agrupar os anos em décadas! É o "método científico" em que 1930 faz parte, a partir de agora, da década de 1920 e 1920 da década de 1910 e assim por diante. Também se inaugura um novo conceito da preposição "de", cuja subordinação de possessão está doravante abolida, já que a "década de 1920" não é mais "de 1920", mas, PASMEM, "de 1930". A partir de agora quando eu ouvir "A casa de José" tenho de tomar cuidado, pois a casa, segundo o método científico, pode ser de João!
Vou agora ler Einstein, Camões, Russell, Azimov, Shakespeare, todos partidários deste conceito revolucionários de décadas, que nominalmente pertencem a um ano mas na realidade pertecem a outro. Um primor de lógica. Oficialmente desisto. Tenham boa sorte nesse novo mundo de décadas "científicas". Dantadd 18h12min de 14 de Novembro de 2007 (UTC)
A primeira década, ou década 1, vai de fato de 1 d.C. a 10 d.C. e o mesmo ocorre com a 1920ª década ou 'década 1920' (=1921 - 1930), em analagia ao que se faz com os séculos. No entanto, acho mais adequado interepretar a expressão 'década de 1920' ou 'década de "20"' como 'anos 20', correspondendo de 1920 - 1929. Giro720 20h06min de 14 de Novembro de 2007 (UTC)

Giro, adequado não é correto. Nenhuma publicação séria 'adequa' isso. O Crazy foi sucinto. Abraços Machocarioca 20h10min de 14 de Novembro de 2007 (UTC)Machocarioca

Posso estar sendo intransigente, e peço desculpas se o estou, mas não acho correto admitir-mos um erro e nada fazer a respeito. Se não disser em nenhum lugar que "anos vinte" é exatamente a mesma coisa que "década de vinte", proponho usar o termo "década de vinte" corretamente e usar o termo "anos vinte" para o período compreendido entre os anos de 1920 e 1929. Crazyaboutlost discussão 20h18min de 14 de Novembro de 2007 (UTC)
Giro, a década de 1920 não equivale à 1920ª década, mas sim à 193ª década (com um ano da 192ª). A "década 193" vai de 1921 a 1930, mas a "década de 1920" vai de 1920 a 1929. Quanto a "publicações sérias", ainda aguardo onde estariam elas. Dois exemplos práticos já foram dados: Folha de S. Paulo e o livro do Eric Hobsbawn, ambos dizem o óbvio a década de 1920 vai de 1920 a 1929. Vocês simplesmente não entenderam o básico: a referência a décadas é diferente da contagem de séculos. O resto é uma viagem num grande pote de maionese. Dantadd 20h44min de 14 de Novembro de 2007 (UTC)
Crazyaboutlost, não há erro algum. Não sei onde você viu erro. Se acha que existe algum, arrole suas provas. Já adianto, não vai encontrá-las. Para entender o motivo basta reler com calma toda a discussão. Dantadd 20h48min de 14 de Novembro de 2007 (UTC)

Li isto tudo e não tenho certeza de nada. Ou melhor, tenho certeza de uma coisa: no momento que um leitor alheio a estas discussões ler num artigo O grande mestre da literatura hispanófona nasceu em 1910, década de 1900 toda a dignidade que a marca Wikipédia tinha em sua cabeça vai pro espaço. » ~~~~ 20h54min de 14 de Novembro de 2007 (UTC)

(conflito de edição) E bota maionese nisso. Nunca tinha visto, lido ou ouvido falar nas diferentes contagens das décadas. Pra mim 1920 sempre foi da década de 20. Alguém mais reparou, além do Dantadd, que dizemos século XX (o vigésimo século) mas década de 20? O conceito de década está atrelado à dezena e não ao início da contagem. É totalmente nonsense dizer que 1930 é da década de 1920. Mateus Hidalgo quê? 21h08min de 14 de Novembro de 2007 (UTC)
Dantadd', pense bem. Se década é um período de dez anos (espero que pelo menos isso tu concordo comigo), e as "tuas" décadas vão do ano de final zero ao ano de final nove, como foi a primeira década da era cristã? Do ano um ao ano nove? Mas isso não dá dez anos. Quaer dizer que as tuas décadas variam entre dez e nove anos? Crazyaboutlost discussão 21h22min de 14 de Novembro de 2007 (UTC)
Salles e Mateus, aleluia. Por um momento pensei que eu estivesse no Bizarro World (aliás, o Machocarioca daria um perfeito Mr. Mxyzptlk Alegre).
Crazyaboutlost vou resumir toda a história:
  1. Uma década (ou decênio) é um período aleatório de dez anos: de 1985 a 1995, de 913 a 923 etc.
  2. Em português (e em todas línguas que eu domino minimamente) contam-se os séculos ordinalmente: século I (ou século 1 ou primeiro século ou século primeiro) etc.
  3. Em português não se faz referência às décadas da mesma forma que se contam os séculos. Não dizemos década I (década 1 ou primeira década ou década primeira).
  4. Em português agrupamos as décadas pelos algarismos que são afins a um grupo de números: década de 1840 = 1840, 1841, 1842, 1843, 1844, 1845, 1846, 1847, 1848, 1849. Da mesma forma dizemos "anos noventa" ou seja, todos os anos de uma década que contém a dezena começada por 9
  5. A primeira década da Era Cristã (ou Era Comum) vai de 1 a 10, assim como a 201ª (ducentésima primeira) década, que é a que vivemos na atualidade, vai de 2001 a 2010.
  6. A questão, que é o centro de toda esta barafunda, é que não empregamos "Década 201" ou "Década CCI", mas preferimos agrupar os dez anos numa década nominal (e não ordinal) formada por números afins, portanto, a "década de 2000" é a década que abrange todos os anos com a dezena "200_": 2000, 2001, 2002, 2003, 2004, 2005, 2006, 2007, 2008 e 2009.
  7. Como não tivemos ano 0, a "década de 0", carece do seu primeiro ano. Na Wikipédia Em francês isto é explicado: fr:Années 0.
  8. Por fim, o Mateus notou exatamente o que eu venho dizendo: "década de 1920", a preposição "de" cumpre o papel de subordinação de posse, ou seja, a década PERTENCE a 1920 e todos os anos "192_". Portanto, ninguém em sã consciência pode tirar "1920" da "década DE 1920".

Sem mais, até o momento. Dantadd 22h28min de 14 de Novembro de 2007 (UTC)

Por que não consultamos a coordenação do curso de História da USP? Talvez os historiadores tenham uma convenção, mas em termos lógicos não se podem aplicar regras diferentes para décadas e séculos e não existe ano zero em nosso calendário. De outra parte, a expressão popular anos vinte não equivale ao conceito histórico década de 1920. Lord Insipidus 22h49min de 14 de Novembro de 2007 (UTC)

Desculpem-me, mas esta é uma discussão completamente absurda. Manuel Anastácio e Danntad já defenderam bem a única posição que considero sensata aqui. Todo o resto, infelizmente, foge muito do bom-senso. Eu sou historiador e já há alguns anos passo o meu tempo a ler textos nos quais a palavra "década" e a expressão "década de ..." aparecem com boa frequência. Quando historiadores - bem como quase todas as pessoas, de maneira geral - se referem a uma determinada década, não se estão referindo a um intervalo de tempo que abrange necessariamente dez anos. Quando exatamente começou ou terminou a malfadada década de 1920 é uma questão que não interessa nem aos historiadores e nem deveria interessar a ninguém, porque colocar tal questão é o mesmo que não compreender bem o significado de expressões como "a década de ...". A propósito, a situação não é diferente no que diz respeito ao conceito de "século". Foi mencionado anteriormente o livro "A era dos extremos", escrito pelo historiador Eric Hobsbawm. O que não se enfatizou foi que já o subtítulo da obra ("O breve século 20") aponta para um uso bastante subjetivo do termo "século 20". Na semântica do livro de Hobsbawm, o século 20 começou em 1914 e terminou em 1989.
Qualquer um sabe que um século é um período de 100 anos e que uma década corresponde a 10 anos. Contudo, no uso ordinário de tais termos, assim como no uso científico das expressões "século ..." e "década ..." não se está interessado nem em cronometrar todo o tempo transcorrido nem em listar todos os eventos ocorridos nesses intervalos. Portanto, não se justifica alterar o entendimento de que uma década é o período de XXX0 a XXX9.
"Anos 20" e "década de 20" têm precisamente o mesmo significado.--aoaa 23h00min de 14 de Novembro de 2007 (UTC)

Dantadd, a única coisa bizarra aqui é o seu bizarro mundo,e só o seu, à parte do mundo real, onde a década de 20 vai de 1920 a 1929, e onde vc tenta de todas as maneiras impingir suas peculiaridades linguisticas. O rest é tudo normal hehehehe. Bizarro mesmo, por diversas vezes, é o mundo Wikipedia, um mundo de fantasia à parte do real  :-):-)

Salles, muito pelo contrário, se ele ler que 1910 é o ultimo ano da década de 00, ele vai começar a achar que a Wipedia é normal. Leia aí no seu livro escolar pra conferir. :-)

"Portanto, não se justifica alterar o entendimento de que uma década é o período de XXX0 a XXX9". Como assim alterar o entendimento se isso nunca foi entendido assim ? rs

Abraços Machocarioca 23h08min de 14 de Novembro de 2007 (UTC)

(conflito de novo)Ninguém reclamou da falta de um ano na primeira década, ou pensou nessa falta, porque somente no século passado começamos a contar as décadas, de acordo com o link da Época apresentado pelo girino. E que interessante, segui o link francês apresentado pelo Dantadd e todos os principais interwikis, e não é que a primeira década cristã tem 9 anos somente? :) Inclusive na página lusófona. Mateus Hidalgo quê? 23h25min de 14 de Novembro de 2007 (UTC)

Macho, não faça disso uma disputa pessoal contra o Dantadd. Além dele o girino e o aoaa opinaram a favor da situação atual. Mateus Hidalgo quê? 23h30min de 14 de Novembro de 2007 (UTC)

Machocarioca, que tal apresentar algum lugar em que se demonstre que o ano de 1930 está na "década de 1920"?. É realmente surreal e hilário. Tempos atrás eu procurava saber em que mundo o Machocarioca vivia, até fiz uma listinha, lembram? (Xangri-lá, Eéia, Saramandaia, Cracózia, Fenda do Biquíni, Sucupira, Naboo, Chico City, Twin Peaks ou Sónacabeça-Domachocariocolândia). Não é que a opção correta é "nenhuma-das-anteriores"?! O Machocarioca vive no Bizarro World, um mundo em que "1920" não está na "década de... 1920". É um realismo fantástico de primeira categoria, me faz lembrar um conto do Ítalo Calvino "A aventura de um míope". Dantadd 23h33min de 14 de Novembro de 2007 (UTC)

Por que não se procura um especialista para que a Wikipédía tenha uma posição que vá além de opiniões? Lord Insipidus 01h19min de 15 de Novembro de 2007 (UTC)

Um especialista? Seria um "decadólogo", um "tempólogo" ou um "cronólogo"? A "década de 1920" contém o ano de 1920, isso está implícito na relação de possessão que expressa a preposição "de". Afinal a década é de 1920. Só não vê quem não quer. Já foram citadas duas fontes que usam o que ditam a lógica: a Folha de S. Paulo e o livro de Eric Hobsbawn. Se encontrarem alguma fonte que usa a lógica em que "1930" está fora da "década de 1930" a gente pode começar a debater. Dantadd 01h54min de 15 de Novembro de 2007 (UTC)

Mateus, a disputa não é minha com o Dantadd, era do Crazy com o Dantadd. É que eu achei a graça de algo tão óbvio, que se aprende no primário, tenha gerado uma discussão tão rocambolesca por causa do Dantadd, o editor que inventa de tudo na wikipedia para corroborar suas opiniões. O Dantadd aprendeu no Dante Alighieri que a década de 50 vai de 51 a 60 e que a 30 vai de 31 a 40, mas aqui resolveu fazer graça rs.

O Dantadd quer debater o q? Não é questão de opinião ou debate, porque debater não vai mudar o fato de que a década de 40 foi de 41 a 50, a de 50 de 51 a 60 e a de 90 de 91 a 2000 e a década de 00 do século XXI vai de 2001 a 2010. O que ele quer debater? :-)

Dantadd me responde uma pergunta, é rápido e não precisa enrolar: o século XX acabou em 1999 ou em 2000? MC

  • É só alguém telefonar para a coordenação do curso de História da USP ou mandar um e-mail para termos resposta escrita. Lord Insipidus 08h11min de 15 de Novembro de 2007 (UTC)

Aceitando ambos os pontos de vista principais até agora apresentados (a definição formal de década de xxxx e a acepção cultural) parece-me que a forma Anos XXXX é a mais neutra e sem lugar a ambiguidades. No entanto, para mim, o termo década é aqui usado por extensão (ainda assim erradamente?), pois trata-se de decénios, e não de décadas, da mesma forma que usamos séculos e não 'centenas e milénios e não milhares para nos referirmos a períodos de 100 e mil anos respectivamente. João Sousa DC 10h12min de 15 de Novembro de 2007 (UTC)

Symbol support vote.svg Concordo: Modifiquemos então a expressão "Década de XXXX" para "Anos XXXX". É uma proposta que resolve todos os nossos problemas.--aoaa 10h24min de 15 de Novembro de 2007 (UTC)
Como se vê, o Machocarioca continua falando diretamente do Bizarro World. A questão aqui, que fica clara pela última pergunta que ele me fez, é que ele simplesmente não lê a discussão e ignora os argumentos, continuando a pôr no mesmo saco os séculos e as décadas, sendo que os séculos nós organizamos ORDINALMENTE e as décadas nós organizamos NOMINALMENTE. Realmente não é um conceito fácil de entender, mas ele é suficientemente inteligente. Para não continuar chovendo no molhado, repito o pedido, que o Machocarioca faz de conta que não vê:
Mostre fontes que ponham o ano de 1930 na "década de 1920", ou seja, mostre alguma fonte em que a "década de 1920" vai de 1921 a 1930.
Até o momento temos duas fontes que dizem o óbvio, ou seja, a "década de 1920" vai de 1920 a 1929. Trata-se da Folha de S. Paulo e do livro de Eric Hobsbawn. Então, para que ambas as "opiniões" possam estar no mesmo patamar, por favor, apresente-se fontes que diga que a "década de 1920" vai de 1921 a 1930. Dantadd 13h31min de 15 de Novembro de 2007 (UTC)

Ia escrever isto ontem, mas não tive mais acesso à net.

Symbol support vote.svg Concordo com os argumentos de Dantadd e acho que, nesta questão, corre tudo normal em nossos artigos. Abraços, » ~~~~ 14h08min de 15 de Novembro de 2007 (UTC)

Do mesmo lugar de onde tirei o link lá em cima, já meio perdido em tantas discussões, fala também sobre os anos 90, ou sobre a década de 90, como preferirem. Acho que um jornal como a Folha de São Paulo não se equivocaria num caso desses. Alex Pereirafalaê 20h55min de 15 de Novembro de 2007 (UTC)

Pior que isso Alex: "casa de ferreiro, espeto de pau". Vejam isso, do Novo Manual da Redação da FSP. Agora não sei de mais nada Maluco. Mateus Hidalgo quê? 23h03min de 15 de Novembro de 2007 (UTC)

É, pelo visto há um pouco mais de gente no Bizarro World do que eu imaginava. Posso dizer que essa é a revelação do ano. Primorosa lógica essa em que 1920 fica fora da "década de 1920". Descartes revira-se em sua tumba. Dantadd 23h17min de 15 de Novembro de 2007 (UTC)

Esta discussão vai ficar antológica, mas a resposta lógica está aqui:

década - Quando se escreve década de 20, por exemplo, subentende-se o período de dez anos entre 1921 e o final de 1930. Para evitar confusão, pode-se usar o termo anos 20, que engloba o período entre 1920 e 1929. Quando usar essas expressões para outros séculos, especifique: anos 20 do século 19.

Lord Insipidus 00h41min de 16 de Novembro de 2007 (UTC)

Não existe lógica nenhuma nessa redação. O ano de 1920 em hipótese alguma pode ficar fora da "década de 1920". Se existir alguma lógica, por favor apresente onde ela se encontra. Mais abaixo apresento evidências do que venho argumento ad nauseam aqui. Dantadd 02h03min de 16 de Novembro de 2007 (UTC)

Evidências evidentes[editar | editar código-fonte]

  1. [5] "O ano em questão é 1989, o último ano da década de 80. Década que havia sido testemunha da transição do monstruoso Regime Militar para o ..." (Página da Universidade Federal da Bahia)
  2. [6] "O trecho acima retrata uma das maiores crises econômicas enfrentada pelos Estados Unidos a partir do último ano da década de 1920." Quando foi o primeiro ano da crise econômica nos EUA? 1929 (Universidade Federal de Viçosa)
  3. [7] "O Origin foi publicado no último ano da década de 1850." Quando foi publicado "The Origin of Species" de Darwin? Em 1859 . (Fiocruz, Fundação Osvaldo Cruz)
  4. [8] "No último ano da década de 1930, é publicado o Decreto-Lei nº 1.471, de 1 de agosto de 1939." (Página da EMBRAPA)
  5. [9] "O Segundo Reinado teve início no primeiro ano da década de 1840'" Quando teve início o Segundo Reinado? Em 23 de julho de 1840 (tese de doutorado apresentada na Universidade de Barcelona, texto redigido em português por doutorando brasileiro)
  6. [10] "Já o ano de 1990 foi escolhido como referência para o primeiro ano da década de 90 antes da implantação do MERCOSUL..." (Material da Faculdade de Economia, Universidade de São Paulo)
  7. [11] "1940 - O primeiro ano da década é o da Exposição do Mundo Português." A exposição ocorreu em 1940 (Revista Expresso, Portugal)
  8. [12] "A comparação é mais evidente tendo em conta as obras em curso: 757 fogos, no primeiro ano da década, para os 6056, em 1999." Qual é o primeiro ano da década? 2000 (Jornal Público, Portugal)
  9. [13] "No último ano da década de 30 foi criada a instituição-modelo da “era Vargas”: o. Instituto de Resseguros do Brasil (IRB),..." Quando foi fundado o IRB? Em 1939 (Fundação MAPFRE)
  10. [14] "No primeiro ano da década de 70 torna-se docente da Faculdade de Teologia da Universidade Católica Portuguesa. No ano seguinte (1971) assume a..." (Igreja Católica de Portugal)
  11. [15] "em todos os acontecimentos que se sucederam na Europa Central e de Leste no último ano da década de oitenta..." Quando aconteceram os famosos eventos do Leste Europeu? Em 1989 (blogue sobre Direito Comunitário europeu)
  12. [16] "No primeiro ano da década de 70, K.K. Downing, Ian Hill, Alan Atkins e John Ellis deram início à actividade dos Priest." Quando a banda começou a usar o nome Judas Priest? Em 1970 (Portal Clix, Portugal)
  13. [17] "A taxa de homicídios na coorte etária de 15 a 29 anos cresceu continuamente, no Brasil, até o último ano da década de 80 e desde então não ultrapassou o patamar de 90 por 100 mil habitantes, atingido em 1989. (página do Banco Mundial, texto em português)
  14. [18] "No último ano da década anterior, Margareth Thatcher, foi eleita primeira-ministra...". Quando Thatcher foi eleita? 1979 (Guia Brasileiro de Relações Públicas)
  15. [19] "Frank Arroni Ntaluma, nasceu em Nanhagaia, distrito de Nangade, província de Cabo Delgado – Moçambique, no último ano da década de 60,..." Em que ano o cara nasceu? Em 1969. (Investigações Urbanas Comparadas Brasil-Portugal)
  16. [20] "A partir da década de 1930, a vida de Tarsila modifica-se bastante. No primeiro ano da década separa-se de Oswald." Quando Tarsila e Oswald se separaram? Em 1930 (página sobre História da Arte)
  17. [21] "No último ano da década de cinqüenta, o libanês Abdul R. Sultane fez sociedade com Waldir Vila Maior, brasileiro, em 1º de julho de 1959. (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul)
  18. [22] "O primeiro ano da década de 70 foi marcado pela morte de Jimi Hendrix e da cantora Janis Joplin. " Em que anos eles morreram? 1970, que é o primeiro ano da década de... 1970! (blogue pessoal)
  19. [23] "Francisco José Itamar de Assumpção nasceu em São Paulo, na cidade de Tietê no último ano da década de quarenta". Quando nasceu Itamar de Assumpção? Em 1949. (blogue pessoal)
  20. [24] "Era o último ano da década, 1969, e o compromisso que o...." (website pessoal)
  21. [25] "No primeiro ano da década de 1990, o Plano Collor cai como uma "bomba"..." A que ano se referem? 1990 (blogue de um professor de história)
  22. [26] "No último ano da década de 70 [José Saramago] foi galardoado com o Prémio da Associação de Críticos Portugueses pela peça "A Noite". Quando ele ganhou o prémio? Em 1979 (página pessoal dedicada à Literatura)
  23. [27] "Na comparação do último ano com o primeiro ano da década, as exportações cresceram..." A que anos se referem? A 1999, último ano e a 1990, primeiro ano da década (página do Sebrae)
  24. [28] "No primeiro ano da década, em 1990, nascia o embrião Proene..." (empresa privada)
  25. [29] "Sua participação nas exportações, que estava perto de 1% no primeiro ano da década de 1990, apresentou grande flutuação...". A que ano se referem? A 1990. (Instituto de Economia Agrícola do Estado de São Paulo)
  26. [30] "No primeiro ano da década de 1970, entrou em operação a Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais (CPRM)...". A que ano se referem? A 1970. (Centro de Tecnologia Mineral do Governo Federal do Brasil)
  27. [31] "...seguido do primário cursado entre 1928 e o primeiro ano da década de 30...". A que ano se referem? A 1930.
  28. [32] " (site de notícias)
  29. [33] "...são explicados por uma política monetária menos restritiva no primeiro ano da década...". A que ano se referem? A 2000. (Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social)
  30. [34] "Leitão de Barros, no primeiro ano da década de trinta, começa com humor numa obra de regime (Lisboa, Crónica Anedótica - 1930) e explora o drama (Maria do Mar - 1930). (Wikipédia)
  31. [35] "No primeiro ano da década de 50 do século XX, o Circuito da Boavista,..." A que ano se referem? A 1950 (página oficial do Circuito da Boavista)
  32. [36] "A participação brasileira nas exportações de farelo, que era de 43% no primeiro ano da década de 1980" A que ano de referem? A 1980 (Ministério de Ciência e Tecnologia, Governo Federal do Brasil)

Creio que isso pode ser uma contribuição importante ao debate. Dantadd 02h03min de 16 de Novembro de 2007 (UTC)

Suponho que você fez uma pesquisa com o Google, usando como expressões-chave "primeiro ano da década de" e "último ano da década de", foi mesmo isso? Na realidade, isso revela apenas que cada um acha que sua lógica está correta e não há busca de pareceres especializados (que talvez nem existam). Parece que até agora não houve preocupação com esses termos, mas eu consideraria documento oficial da Wikipédia um e-mail da coordenação do curso de História da USP. Lord Insipidus 06h01min de 16 de Novembro de 2007 (UTC)

Agora veja:

WILLIS SANTIAGO GUERRA FILHO nasceu em Fortaleza (CE) nos quinze minutos finais do último dia do primeiro ano da década de 1960, ou seja, em 31.12.1961, cidade em que cresceu, entre viagens anuais à Bahia de seus avós maternos – e, mais remotamente, também pelo lado paterno, pois o primeiro dos Guerra no Brasil é, sabidamente, o Gregório de Matos. Na primeira metade dos aos 1970 ficou um ano letivo em Los Angeles, Calif., EUA. Estudos de língua francesa feitos na segunda metade desta década na Aliança, em Fortaleza. Bacharelado em Direito na UFC e Mestrado na mesma área na PUC-SP, seguido de doutoramento em Bielefeld, na Alemanha.

Revista Agulha

Lord Insipidus 06h09min de 16 de Novembro de 2007 (UTC)

Nem se recisa procurar muito:

O crescimento de 2007 para 2005, também considerados os meses de janeiro a maio, é ainda mais significativo – 35%. Já com relação a 2004, os valores de 2007 são 60% superiores. Se considerado o primeiro ano da década, 2001, constata-se que o Turismo na capital cresceu nada menos que 85,5% em arrecadação nesses meses do ano.

Porto de Notícias

Lord Insipidus 06h28min de 16 de Novembro de 2007 (UTC)


Dantadd, vc pediu uma fonte, te mostro a melhor. Folha de São Paulo, o melhor e mais bem escrito jornal do Brasil, que tem onbudsman e professor de português dentro das redações: ( obviamente todos bizarros e ignorantes como eu, porque discordamos dos absurdos ditos pelo Dantadd e quem discorda do Dantadd no que for, é bizarro e ignorante ou comunista )  :-)) :-))

"década - Quando se escreve década de 20, por exemplo, subentende-se o período de dez anos entre 1921 e o final de 1930. Para evitar confusão, pode-se usar o termo anos 20, que engloba o período entre 1920 e 1929. Quando usar essas expressões para outros séculos, especifique: anos 20 do século 19."

A mesma coisa que vc aprendeu no primeiro grau, mas vc ficou bizarro na Europa, faz tempo que seu mundo é outro, hoje vc raciiocina em espanhol e quer ensinar portugues na Wiki rs. Vê se reaprende. A única coisa bizarra aqui são suas colocações sobre décadas. E os que concordam com vc fugiram da sala durante essa aula. Pois isso é algo básico no colégio.

E não respondeu em que ano acabou o século XX, pra que eu possa te mostrar a barbaridade do que vc diz. Enrolou numa mistura de datas e séculos e não respondeu nada.

Salles Netto, vc pode até concordar com o Dantadd aqui, mas se escrever na sua prova a bobagem de que a década de 40 vai de 1940 a 49, vai levar bomba, ok? Anos 40 é uma coisa, expressão informal para se referir de 40 a 49. Década de 40 é outra coisa, é formal, conta o tempo certo, 10 anos entre 1941 e 1950 (incluso). E se a Wiki não está assim, comece por favor a consertar para não ficarmos passando ridículo.

Pois é Dantadd, nessa aula de português vc faltou mesmo. A década de 30, meu carissimo, não tem mesmo o ano de 1930! A única coisa bizarra aqui é a sua conversa sem pé nem cabeça! :-))) Machocarioca 07h50min de 16 de Novembro de 2007 (UTC)Machocarioca

PS: O que ficou divertido aqui é que uma coisa óbvia, ensinada no inicio do primeiro grau, virou debate pra saber se é ou não é. hahahaha

No fundo esta é uma questão de rigor, e uma enciclopédia, seja ela qual for, que diga que a década de 40 por exemplo, vai de 1940 a 1949, não é rigorosa. Que não queiramos ser rigorosos (ou que queiramos seguir a tradição oral, cultural ou o que seja) é uma coisa, mas a realidade e a verdade das coisas não podem ser alteradas assim sem mais. Seguindo o raciocínio do Dantadd as décadas de XX começam no ano X0 e acabam no X9. Uma década, ou melhor, um decénio, é um período de dez anos (ou será que também não?). A única forma de considerar que o decénio de XX começa em X0 e acaba em X9 é considerar que o decénio 0 tem apenas 9 anos (do 1 ao 9 pois o ano 0 não existe), não sendo portanto um decénio, ou seja um contrasenso, no mínimo. Apesar de tudo, creio que pelo menos deveria ser incluído no verbete correcto uma descrição sucinta de como é feita a divisão das décadas e sobre como esta é feita aqui na wikipédia. João Sousa DC 09h31min de 16 de Novembro de 2007 (UTC)

Machocarioca, não enche a bola da Folha só porque te convém. Ela é tããão boa que não seguiu seu próprio manual nos links apresentados pelo Alex e girino. Mateus Hidalgo quê? 11h41min de 16 de Novembro de 2007 (UTC)

Pra mim uma coisa está certa: não teremos consenso aqui. » ~~~~ 12h32min de 16 de Novembro de 2007 (UTC)

Eu jamais esperaria que o Machocarioca se contentasse com tantas fontes de universidades brasileiras, órgãos de governo, jornais portugueses etc. etc. Para quem está no Bizarro World nada fará mudar uma opinião torta desde a partida, ele nem deve ter lido as fontes, como é de seu feitio. O Mateus apontou claramente, a Folha diz uma coisa e faz outra, evidentemente porque ninguém parou para pensar no absurdo de o ano de 1930 ficar de fora da "década de 1930". Quanto a aprender na escola, por favor, PROVE onde estão as fontes que se aprende uma coisa ou outra.
O João Sousa, por sua vez, continua infelizmente a bater na mesma tecla gasta da falta do ano 0. A correta descrição de uma década depende de uma característica simples: é ordinal ou nominal? Se for ordinal: "terceira década do século XX = 1921 a 1930". Se for nominal: "década de 1920 = 1920 a 1929". Não há "descrição científica" ou "matemática" nenhuma, isso é pura língua e depende dos atributos semânticos. João, se houver uma explicação em algum lugar sobre essa questão do "rigor", eu gostaria de ler. É pura fantasia achar que existe uma descrição científica sobre o tema. Existe sim uma descrição de sintaxe, em que a preposição "de" indica subordinação de posse, estando "1930" na "década de 1930"
Enfim, até o momento não há qualquer mínima fonte ou estudo sério que justifique mudar (para o errado, diga-se) a forma como são descritas as décadas (NOMINAIS e não ordinais) na Wikipédia. Dantadd 14h00min de 16 de Novembro de 2007 (UTC)
Parece-me que ninguém se lembrou de verificar como o problema das décadas/decênios foi abordado e resolvido em outras versões da Wikipédia. Todas as versões que pude consultar dividem as décadas das suas cronologias de acordo com o parâmetro "Década de XXXX equivale aos dez anos compreendidos entre XXX0e XXX9".
A minha sugestão é a seguinte: (1) continuamos a empregar o modelo atual (XXX0 a XXX9) como modo de agrupar os anos de um século; (2) alteramos o nome do verbete "Década" para "Decênio", pelas razões já expostas; (3) os colegas que têm criticado o uso do conceito transformam o que vêm dizendo nesta discussão numa seção do verbete "Décadas/Decênios", a ser intitulada "O conceito de década em sentido próprio"; (4) fazemos constar do mesmo verbete o esclarecimento de que a Wikipédia agrupa os anos da cronologia da história mundial de acordo com um conceito "usual" ou "cultural" de década/decênio, uma vez que é essa a praxe internacional. Que tal?--aoaa 16h26min de 16 de Novembro de 2007 (UTC)
O problema em usar "decênio" é que esse termo também se refere a "dez dias". Quanto a explicações sobre "década", infelizmente seria o que estamos fazendo aqui: pesquisa inédita. A questão é que não há nada de errado aqui ou em qualquer outra Wikipédia. Quando a menção é nominal (relativa a um nome) é óbvio que "década de 1930" ou "anos 1930" ou "anos trinta" sempre vão se referir a um grupo de anos que contenham os algarismos "193_", portanto de 1930 a 1939. "Década de 1930" nada mais é que a década que reúne dez anos aleatórios que contenham a dezena 1930. Não é preciso ser físico quântico para compreender isso.
Se preferirmos seguir o exemplo dos séculos, organizados ordinalmente, teremos "quarta década do século XX" ou "Década 194", esta sim vai de 1931 a 1940. Não pode ser tão difícil de compreender algo assim simples. Se existe uma outra maneira de analisar, aguardo fontes. Dantadd 16h45min de 16 de Novembro de 2007 (UTC)
Atenção: "Decêndio" equivale ao intervalo de dez dias. "Decênio" somente pode significar dez anos.
Compartilho da sua opinião quanto a manter a forma de categorização das décadas. Agora, qual é o problema de uma seção sobre o conceito de década em sentido lógico no verbete "Década"? Não se trataria de modo algum de pesquisa inédita e a discussão representaria uma expansão relevante de um verbete deficiente. A Wikipédia alemã, por exemplo, no artigo correspondente, diferencia entre década/decênio em sentidos próprio e usual/cultural, usando obviamente a segunda acepção para orientar a categorização das décadas da cronologia.--aoaa 17h17min de 16 de Novembro de 2007 (UTC)
Tem toda a razão, confundi-me. Bom, quanto à idéia de uma explicação, não sou contra, o problema são as fontes. Veja o caso da Folha, dá uma acepção errada, mas na prática (em várias páginas usa a correta). Dantadd 17h55min de 16 de Novembro de 2007 (UTC)

Mais evidências evidentes[editar | editar código-fonte]

  • [37] "Na sequência veio a DÉCADA de 1920, período de tempo entre os anos 1920 e 1929". (Revista Consultor Jurídico, Estado de S. Paulo)
  • [38] "Com a chegada da DÉCADA DE 1950, ou simplesmente ANOS 50 foi o período de tempo entre os anos 1950 e 1959" (Revista Consultor Jurídico, Estado de S. Paulo)
  • [39] "A DÉCADA DE 1980, os ANOS 80, foi o período de tempo entre os anos 1980 e 1989. " (Revista Consultor Jurídico, Estado de S. Paulo)
  • [40] "Podemos dizer que a década de 60, seguramente, não foi uma, foram duas . A primeira, de 1960 a 1965,..." (Revista Consultor Jurídico, Estado de S. Paulo)
  • [41] Livro "A década de 1920 e as origens do Brasil moderno". Período abordado: 1920 a 1929 (Universidade Estadual de São Paulo)
  • [42] "Até ao fim da década, precisamente em 1959, serão produzidos três milhões de carochas." (Portal da História, www.arqnet.pt)
  • [43] "Os desafios da siderurgia na década de 80 / X Congresso Brasileiro de Siderurgia; Rio de Janeiro, 28, 29 e 30 de abril de 1980
  • [44] "DILEMAS DE UNA DÉCADA - 1990-1999" (livro em castelhano)
  • [45] "Década de 1930-1939" (http://pt.wordpress.com/)
  • [46] "Arquivo da categoria Década de 1930-1939" (http://pt.wordpress.com/)
  • [47] "GRAJAL DE CAMPOS: LA DÉCADA CONFLICTIVA 1930-1939" (livro de história espanhol)
  • [48] "Década 1930-39" (http://www.paralibros.com)
  • [49] "Década que va desde 1930 hasta 1939, ambos años incluidos." (http://es.wiktionary.org/)
  • [50] "Perú y Chile, década por década: 1910-1919, 1920-1929 etc." (www.univision.com)

Bom, são mais fontes para o óbvio. Estou esperando mais fontes "contrárias". Dantadd 18h35min de 16 de Novembro de 2007 (UTC)

Mais uma:

"Matematicamente o 3º milênio não começa no ano 2000. Nem o novo século, nem a nova década. Nada. 2000 é, apenas, o último ano da década de 90, do século 20 e do 2º milênio. Os novos milênio, século e década começam mesmo é no ano 2001. Por uma razão muito simples: a primeira década começou no ano 1 e foi até o ano 10, logo… não existe ano zero. Nada pode começar num ano terminado por zero, só terminar…" Gestão Hoje

Lord Insipidus 20h51min de 16 de Novembro de 2007 (UTC)

Novamente se fala em "primeira década" e se confunde uma citação ordinal com uma citação nominal, que é a base de todo equívoco. Repito: a "década 200" vai de 1991 a 2000, mas a "década de 1990" vai de 1990 a 1999. Tanto é assim que em castelhano se diz: "década de los noventa", ou seja, década que reúne dez anos que contêm a dezena 90: 1990 a 1999. Mesmo considerando seu link, existe uma diferença abissal na quantidade de fontes de uma e outra posição. Dantadd 21h00min de 16 de Novembro de 2007 (UTC)
Por que não se consulta um especialista? Senão vamos ficar o resto da visa debatendo. Lord Insipidus 22h30min de 16 de Novembro de 2007 (UTC)
Porque não existe um especialista em "décadas". Eu já apresentei fontes governamentais, de jornais brasileiros e portugueses, de universidades etc. etc. Não há qualquer motivo para mudar a forma como esta e outras Wikipédias abordam artigos sobre décadas. Dantadd 23h24min de 16 de Novembro de 2007 (UTC)

A dewiki de:Jahrzehnt distingue entre a década "verdadeira" ("Eigentliche Dekade") e a década "usual" ("Usuelle Dekade") e evite a palavra "década" (ou decénio) no título e no texto dos verbetes respectivos. Exemplo: Década de 1910 = de:1910er, que corresponde a Anos 10 ou 1910s (= redirect).

  • década "verdadeira" (contagem 1 a 10) = a década de (no exemplo) 1910 - no conceito da ordem e cronologia histórica - começa em 1 de janeiro de 1911 e acaba em 31 de dezembro de 1920 o que corresponde com a segunda década do século XX.
  • década "usual" (contagem 0 a 9) = A dewiki argumenta, que a década usual (no exemplo = 1910 - 1919) ganhou popularidade mundial por causa das festas do ano novo em 31 de dezembro de 1999, popularmente sentidos como mudança de Milênio para o Segundo milénio d.C., mesmo sendo errado porque - no contexto científico - só em 31 de dezembro do ano 2000 se inicou o Segundo milénio d.C.. Mais além, a dewiki alega que o uso da década usual surgiu para decrever os "anos 20" (de 1920 - 1929 = "Zwanziger Jahre"), já que em alemão é estranho falar em "anos 10" (que seria "Zehner Jahre" --> 831 hits / 350 sites diferentes) e indica que os anos 20, como década usual, não correspondem com a terceira década do século XX (1921-1930).
  • Apesar disso, a dewiki usa a década usual para facilitar a navegação e torna-lá mais intuitiva.

A diferenciação entre década "verdadeira" e década "usual" já foi apresentada por outros usuários (--> strg+f cultural). Citação: Dantadd (16.11.07) escreveu: «(...) Não há qualquer motivo para mudar a forma como esta e outras Wikipédias abordam artigos sobre décadas (...)». Concordo, mas - pelo que vi - a ptwiki é a unica wiki que usa a palavra "década" no título. Sugiro então:

  • 1. a inserção de um texto informativo em década indicando que a ptwiki use o conceito popular da década (contagem 0 - 9), sem necessidade de mudar os títulos dos verbetes respectivos.
ou
  • 2. Mudar os títulos dos verbetes respectivos para Anos X (ou Xs) = Citação: João Sousa (15.11.07) escreveu: «(...) parece-me que a forma Anos XXXX é a mais neutra e sem lugar a ambiguidades. (...)» Sem dúvida a inserção do texto informativo (ver opção 1) não ia fazer mal.

Eu prefiro a opção 2 para tirar de uma vez o equívoco e atingir um consenso (aqui? e) com a interwiki. A opção 1 é atraente pelo impacto e trabalho menor, considerando também as fontes apresentadas. Mas acrescento: Sem conhecer as edições atuais, o Almanaque Abril na edição de 1989 usou as secções "Década de XX" (com contagem 0 - 9) para dividir a cronologia do artigo (por exemplo) "Comunicação" (p. 208). Já a edição de 1991 dividiu o mesmo artigo (p. 186) em "19XX - 19XX" (contagem 1 - 10). Esta aparente incerteza - pelo menos para mim - já é suficiente para duvidar da exatidão dos títulos atuais. Eu reconheço que, como Dantadd argumenta, o título "Década de 1920" implica - considerando o pleno português - a inclusão do ano 1920 na década mencionada e confirmo no mesmo contexto que Citação: Dantadd (13.11.2007) escreveu: «(...) "Década de 1920" é a mesma coisa que "anos vinte" ou "anos 20", (...)». Mas de outro lado já apontei que existem conceitos diferentes em relação à década. A opção 2 - no meu ver - poderia resolver a situação. --Gunnex msg contrib 04h23min de 17 de Novembro de 2007 (UTC)

É óbvio que professores de História são os mais aptos para nos esclarecer. São eles que lidam com esses conceitos diariamente. A pesquisa no Google revelou que ambas as formas são usadas e muito provavelmente não se consulta uma fonte, só se vai pela lógica pessoal. Lord Insipidus 05h31min de 17 de Novembro de 2007 (UTC)

Fiquei satisfeito com a distinção entre década verdadeira e usual, isso parece um conflito entre conceitos de História e Língua Portuguesa. A expressão anos X parece a maneira de resolver isso pelo pragmatismo, sem recorrer a contagens ou função sintática. Lord Insipidus 05h46min de 17 de Novembro de 2007 (UTC)
Insípido: tente entender a questão corretamente: não se trata de um conflito história X língua portuguesa! Em todas as línguas, o usual entre é falar em "década de..." ou "anos..." para dar conta do período X0-X9. Desde um ponto de vista lógico, o correto seria contabilizar as décadas de acordo com o esquema X1-Y0, mas, na prática, somente autores muito extravagantes utilizam esse sistema, e acho que a Wikipédia não é um espaço para estravagâncias desse gênero. Já que tanto faz questão de um parecer, entrego-lhe um: nós, historiadores, não empregamos o termo "décadas" de acordo com o seu significado próprio ou lógico. Portanto, não resta outra coisa senão mantermos o atual modo de agrupar os decênios.
Sugiro votarmos as propostas apresentadas pelo Gunnex. Já podem assinalar que concordo com as duas.--aoaa 13h15min de 17 de Novembro de 2007 (UTC)

Devemos restringir as votações para casos mais "importantes", aqui poderemos chegar a um consenso, creio eu. Bom, fui professor de História por três anos, mas não sou historiador, sou sociólogo e, para ganhar o pão-nosso-de-cada-dia, sou tradutor. A questão de "década verdadeira" e "década usual" é boa na prática, mas devo dizer que em português (e nas línguas latinas) ela é falha porque década é um conjunto aleatório de dez anos e o que existe realmente é uma diferença entre "década ordinal" (Década 194) e "década nominal" (Década de 1930), uma é baseada na contagem idêntica àquela feita com séculos e milênios, outra é nominal, ou seja, refere-se a um período que partilha uma coisa em comum: a dezena. Portanto, repito: é um erro achar que existe um tipo de década mais correto que o outro, a diferença está simplesmente na função gramatical de cada expressão, uma sendo ordinal e outra sendo nominal. Para os que conhecem latim:

  • "Decennium 194" = ordinal
  • "Decennii 1930" = nominal



Década é um período de dez anos. Como o primeiro século depois do nascimento de Cristo, ou seja, os primeiros cem anos após o nascimento de Cristo começam no ano um depois de Cristo, já que não existe ano zero, os primeiros dez anos depois de Cristo, ou seja, a primeira década depois de Cristo, vai de 1d.C até o ano 10 d.C. Seguindo esse raciocínio e dividindo os anos que sucedem o nascimento de Cristo em décadas (períodos de dez anos) o período que vai, por exemplo, do ano de 101 d.C até 110 d.C corresponde a décima primeira década depois de Cristo, porém isto não significa que o período que vai de 100d.C a 109 d.C não corresponda a uma década, pois é um período de dez anos. Com isso tendo como exemplo o período que vai de 1991 d.C até 2000 d.C é “errado” utilizar a expressão “década de 1990” pois essa expressão não possui um significado, porém também é errado utilizar a expressão “anos 90” pois essa expressão além de se referir somente a anos que acabam na casa dos 90 pode estar se referindo a qualquer século. Então no primeiro caso (período que vai de 1991 d.C até 2000 d.C) o certo seria “décima década do século XX d.C” ou “década 200 d.C” ou “década ducentésima d.C” , já no segundo caso o certo é “anos 90 do século XX d.C” que corresponde ao período que vai de 1990 d.C até 1999 d.C. Portanto os títulos apresentados nos artigos sobre décadas estão “tecnicamente” errados, e como, por exemplo, o artigo “década de 1990” fala sobre acontecimentos, cultura, arte, e tendências do período que vai do ano de 1990 d.C até 1999 d.C o título adequado “tecnicamente” seria “anos 90 do século XX d.C” (segue- se a mesma linha para os artigos “ década de 1980”, “década de 1970”, etc). Porém no senso comum as pessoas utilizam as expressões erradas e como é errado, por exemplo, “década de 1990” tanto faz se quer se referir ao período que vai de 1990 até 1999 ou ao período que vai de 1991 até 2000, e quase ninguém pesquisaria sobre os acontecimentos, cultura, arte, e tendências de uma década pelos títulos “tecnicamente” corretos. Além disso, quando se pesquisa sobre acontecimentos, cultura, arte, e tendências de uma década, tendo ainda como exemplo o artigo “década de 1990”, é mais comum que a pesquisa seja voltada para o período de tempo que vai de 1990 até 1999 ( o mesmo vale para outros artigos relacionados a décadas). Assim uma das soluções seria redirecionar a pesquisa “década de 1990” (o mesmo vale para pesquisas sobre outras décadas) ou para “anos 90 do século XX d.C”, que é o artigo já existente, porém com este novo título, e anos 90 de outros séculos também, ou direcionar para o artigo “Década” que fala sobre contagem de tempo, já que a existência deste artigo (“Década”) deixa desnecessária a existência de um artigo que fale sobre “décima década do século XX d.C” (erroneamente chamada de “década de 1990”) ou sobre outras décadas, deixando a pessoa que estiver pesquisando escolher para qual desses artigos ela deseja se direcionar. Outra solução é deixar como está, pois apesar dos erros o artigo satisfaz a pesquisa, já que “década de 1990” não existe e “anos 90” está errado por não ser especifico quanto ao século. Miko




E por fim, a Wikipédia em catalão também usa "dècada del 1930". Creio que é um gasto de energia inútil mudar mais de duzentos artigos e respectivos redirecionamentos (o que daria tranqüilamente mais de seiscentas edições) para algo que não está errado. Podemos explicar a questão em "década" e já está de ótimo tamanho. Dantadd 18h40min de 17 de Novembro de 2007 (UTC)

Década = 1 a 10[editar | editar código-fonte]

Isso se aprende no primário! O emburrecimento da "cultura" é que faz alguém pensar que agora por exemplo esteríamos no primeiro ano de uma nova década. Numa sociedade em que BBB é lider de audiência e qualquer um pode ser jornalista, o que pode se esperar? Décadas, séculos e milênios começam no 1.

DÉCADA = 1,2,3,4,5,6,7,8,9,10. É década porque contém 10 unidades, ou seja, termina com a décima unidade, senão terminaria com nove, e assim não iria conter DEZ unidades. Nesse caso não poderia se chamar DÉCADA, mas sim "NOVÉCADA", pq conteria 9 unidades, terminando no nove e não no DEZ.

A primeira década do mundo começou no 1. Considerar o 9 como último ano de uma década, como já falei, não é década porque não contém dez e sim nove e década de 9 não pode ser chamada de década.

Aos que falam que dizer "anos 60" é algo cultural: isso só mostra o quanto essa "coisa" que chamam de cultura atualmente reflete o emburrecimento do povo e fortalece os achismos.

DÉCADA É 10, E PRA TER DEZ TEM QUE COMEÇAR NO 1. Isso é real, não é achismo ou esse pseudo "culturismo" que anda por aí. Corrijam a Wikipédia de acordo com o que é CORRETO, não com o que julgam ser "cultura"!

_______________________________________________________________

A minha opinião é que cada um conte as décadas do jeito que quiser, afinal até que alguém prove, não existe jeito certo ou jeito errado pra esse tipo de coisa, e vocês resolvam que tipo de contagem irão usar na Wikipédia em português. --Samurai Vermelho (discussão) 14h45min de 2 de março de 2010 (UTC)

_______________________________________________________________

Incrível a Wikipédia seguir uma aberração defendida por uma besta quadrada que, como um ditador, quer mudar a definição de década. Qualquer pessoa que tenha passado pela escola ainda no primário ou que teve aulas de História sabe que década, século ou milênio começam no ano 1. Diferenciar uma coisa da outra já entrou para a lista de piadas geradas pela Wikipédia, que ainda não é levada a sério por muita gente justamente por causa disso: Uma pessoa determina algo e isso acaba valendo, mesmo que de maneira errada, para toda a enciclopédia. Não saber diferenciar os "1980s" (Eighties) dos norte-americanos do que é década em português é simplesmente ridículo. A tradução imediata para Eighties é simplesmente "Anos 80", que são, estes sim, os anos pertencentes ao período entre 80 e 89. Década de 80 é outra coisa. É simplesmente o período iniciado em 1981 e terminado em 1990. Por que não criam os termos "Anos 80" e "Década de 80" separados? Ou por que não fazer essa distinção no mesmo artigo? Continuem passando esta vergonha por mera burrice ou teimosia. A vergonha só aumenta quando você vê o balanço da primeira década do milênio atual feito por revistas, jornais e TVs, que têm em seus manuais de redações, a determinação correta do que é década. Enquanto isso, as novas gerações que usam a Wikipédia como referência para trabalhos escolares, estão sendo ensinadas de maneira errada por vocês. Vejam o tamanho do problema que vocês estão causando. Simplesmente Vergonhoso!--200.185.30.10 (discussão) 14h37min de 24 de dezembro de 2010 (UTC)

_______________________________________________________________

"A vergonha só aumenta quando você vê o balanço da primeira década do milênio atual feito por revistas, jornais e TVs, que têm em seus manuais de redações, a determinação correta do que é década."

Vejamos:

  • Melhores filmes da década pelo New Yorker - publicado em novembro de 2009
  • Melhores filmes da década pelo The Times - novembro de 2009
  • Melhores discos da década pela Rolling Stone - dezembro de 2009
  • Melhores discos da década pela New Musical Express - dezembro de 2009
  • Melhores livros da década pelo Guardian - dezembro de 2009
  • Retrospectiva da década pela Veja - edição de 30 de dezembro de 2009
  • Melhores filmes da década pelo Globo - dezembro de 2009

Já a Folha publicou em dezembro de 2010 os melhores discos da década que pra eles durou 11 anos (2000-2010).

Vamos pra própria Wikipedia:

  • Inglês: The 2000s was a decade that started on January 1, 2000 and ended on December 31, 2009.
  • Espanhol: Los años 2000 comprenden el periodo del 1 de enero de 2000 al 31 de diciembre de 2009.
  • Francês: Les années 2000 s'étendent du 1er janvier 2000 au 31 décembre 2009.
  • Alemão: Die heute am häufigsten anzutreffenden Bezeichnungen sind die 2000er (Jahre) und die Nullerjahre,[1] letztere erst öfter seit 2009
  • Português: A década de 2000, é o período de tempo compreendido entre 2000 e 2009.

Vocês querem continuar discutindo?


Gostaria de lembrar o último editor que a mídia está inserida em um contexto cultural diferente dos presumidos pelo objetivo do wikipedia, que é lógico, racional e exato. Do mesmo jeito que erroneamente comemoraram o novo milênio como ano 2000, também precisam estar à frente das ocorrências mercantis simplesmente para não se desconstruírem com o tempo. Em outras palavras, não é porque todas elas usaram o ano de 2009 como final da década que ela seja arbitrariamente a primeira década do milênio, ou que sejam os "anos 0"¬¬, ou a década de 0 (pior ainda...); é simplesmente porquê era a oportunidade para fazê-lo, e se um fizesse, outros também fariam para não perder o barco do MainStream, porque no ano seguinte, ninguém mais iria querer ler sobre o resumo da década. Não querendo colocar mais lenha nessa fogueira, mas vendo que o que se adotou hoje em dia como padrão é ridículo, desinteligente, desconexo e confuso, e adicionando minha profunda convicção de minha própria perspectiva sobre o assunto, gostaria de deixar minha opinião, se possível:

Existem duas questões pertinentes nessa discussão sem-fim:

  1. Milênio/Século/Década têm de começar com 1, uma vez que trata-se de tempo decorrido cronologicamente numa linha que começou com 1, na qual não houve ano 0.
  2. O conjunto de 10 anos (também denominado Década) pode fazer referência a qualquer período de 10 anos, podendo ser inclusive 1234 - 1243, e sendo qualitativo de "Década de 20" também por lógica deve conter o ano 20.

Acredito que, do mesmo modo como a Astrologia moderna decidiu seguir seu rumo tradicional e ignorante (quanto à suas próprias argumentações sobre os signos e o Zodíaco) no momento em que desistiu de tentar "entender ou absorver" o conceito de precessão do equinócio, que simplesmente ACABA com quaisquer predição astrológica ordinária (pesquise sobre o assunto se não o conhecer, mas basicamente se você está vivo, com certeza não és do signo que imagina ser.), a habituação da nossa cultura linguística em chamar os "anos 20" de "década de 20" vai causar infinitamente mais problemas até que seja seguida uma forma rígida de interpretação lógica e racional do uso das duas expressões. Salientando o que um participante citou, the twenties refere-se ao grupo de anos que contém a dezena 2, do mesmo jeito que "anos 20". Porém, se considerássemos que a "década de 20" também se referisse aos anos 20, estaríamos ao mesmo tempo dizendo SIM e NÃO à uma verificação condicional natural; uma vez que todos concordam que uma se refere ao período de 20-29 e outra (culturalmente, não matematicamente) ao período de 21-30.

O erro está simples e claramente na mistura dos significados da expressão "década de...". Não prolongando o questionamento, mas primeiramente procurando e sugerindo uma solução decisiva para o problema, eu me posiciono:

  • Quando falamos "década de 20", nos referimos à década de 20 O QUÊ??? Estamos em outras palavras dizendo "a década que compõe, que completa, a década dos" 20 anos.
  • Se qualificarmos "a década de 20", quais anos fariam parte da década que "compõe/completa" esses 20 anos? Resposta> 11,12,13,14,15,16,17,18,19,20.
  • Isso, via lógica e razão, resolve facilmente nossas duas questões: "A Década calendárica cronológica deve começar com 1" e "por coerência, a década de X0 deve conter o ano X0."

Vejam como prova que: se considerássemos "década de 20" os anos 20/21 em diante, a "década de 10" seriam os anos 10/11 em diante, mas como nos referiríamos então aos anos 1 até 10??? "Década de 0"!?¿ Alguém me convença que faz-se algum sentido "Década dos anos 0" ou "Década de 0 anos" ou mesmo "Década que completa/compõe 0 anos"... é irracional, ilógico, imaturo e novamente, como a astrologia, ignorante! O problema está novamente em aceitarmos que a razão é sim a resposta para as coisas e começarmos a nos habituar a dizer "Anos 80" coloquialmente ou "Década de 90" em um contexto formal, sendo [Anos 80 = 80-89] e [Década de 90 = 81-90].

Para finalizar, gostaria de adicionar ao comentário de alguns participantes que, de fato EU aprendi SIM esse conceito descrito acima durante a escola. Nosso professor foi bem claro e humilde quando nos demonstrou a lógica do raciocínio do conceito de década, mesmo fazendo parte de uma disciplina Humanística. Segundo ele, essa confusão toda teria começado no decorrer da década de 100 (década que completa 100 anos do milênio, 1991-2000) onde as pessoas não gostavam ou não aceitavam ouvir "década de 100", por mais correto que seja, e passaram a mesclar "Década de 90" com "Anos 90". Sei que não deve ser uma verdade absoluta, mas como teórico, não estou interessado no problema e sim na resolução. Da mesma forma como uma teoria não é plena se pode ser contestada por outra (do contrário se chamaria teorema), acredito que minha perspectiva, além de resolver o conflito entre os dois posicionamentos excludentes abordados nesse fórum, deve ser promovida e praticada e demonstrada até que tenhamos novamente o controle da razão literal sobre os termos que costumamos tão frequentemente utilizar. Abgrac
Erro de citação: existem marcas <ref>, mas falta adicionar a predefinição {{referências}} no final da página