Elipando

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde janeiro de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Elipando de Toledo (756 — †807) foi arcebispo de Toledo no final do século VIII, e o principal defensor do adocionismo.

Sustentava, certamente por influência do Islam e por seu passado visigodo ariano, que Cristo é filho de Deus não por natureza, mas por adoção do Pai. Defendeu suas teses no Sínodo de Francoforte (794), numa mensagem dirigida aos bispos espanhóis, e no Concílio de Aquisgrano (800), no qual foi rebatido por Alcuino de Iorque, que o derrotou nos debates.

Contra Elipando escreveram Beato de Liébana e Etério de Osma escreveram o Apologeticum, um texto contra o adocionismo, sendo que, segundo a tradição, Beato de Liébana o chamou de «Testiculum anticristi» ("Testículo do Anticristo")

Ver também[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Cixila
Arcebispo de Toledo
754 – 800
Sucedido por
Gumesindo