Elizabeth Gray Vining

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Elizabeth Gray e o príncipe Akihito em 1949.

Elizabeth Janet Gray Vining (Filadélfia, 6 de outubro de 190227 de novembro de 1999) foi uma bibliotecária norte-americana que foi a tutora do Imperador Akihito do Japão. Ela ensinou-o a falar inglês enquanto ele era o Príncipe Herdeiro, bem como seu irmão e suas irmãs. Por seu trabalho, recebeu a Ordem da Coroa Preciosa.

Uma quaker, foi a autora de aproximadamente sessenta trabalhos, recebendo a medalha Newbery pelo romance Adam of the Road. Ela graduou-se em Bryn Mawr College, na classe de 1923.

Obras[editar | editar código-fonte]

  • Meredith's Ann (1927)
  • Tangle Garden (1928)
  • Meggy MacIntosh (1930)
  • Jane Hope (1933)
  • Young Walter Scott (1935)
  • Beppy Marlowe (1936)
  • Penn (1938)
  • Contributions of the Quakers (1939)
  • The Fair Adventure (1940)
  • Adam of the Road (1942)
  • Sandy (1945)
  • Windows for the Crown Prince (1952)
  • The Virginia Exiles (1955)
  • Friend of Life - A Biography of Rufus M. Jones (1958)
  • The Cheerful Heart (1959)
  • Return to Japan (1960)
  • I Will Adventure (1962)
  • Take Heed of Loving Me (1963)
  • Flora: A Biography (1966)
  • I, Roberta (1967)
  • Quiet Pilgrimage (1970)
  • The Taken Girl (1972)
  • Being Seventy - The Measure of a Year (1978)
  • Harnessing Pegasus: Inspiration and Meditation (1978)
Ícone de esboço Este artigo sobre a biografia de um(a) escritor(a), poeta ou poetisa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.