Estrutura fundiária

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A estrutura fundiária (do latim fundus, "fazenda, bens de raiz")[1] ou estrutura agrária (do latim agrariu)[2] é a forma como o recurso terra se divide em propriedades, de acordo com o processo histórico da área analisada e também com as leis da propriedade ditadas pelo Estado. Esse processo segue diversos caminhos, podendo dar origem a problemas sociais importantes. Um deles tem a ver com a concentração de terras na posse de um número limitado de proprietários, o que tem dado origem a inúmeros conflitos sociais ao longo da história em várias regiões.

Referências

  1. FERREIRA, A. B. H. Novo dicionário da língua portuguesa. 2ª edição. Rio de Janeiro. Nova Fronteira. 1986. p. 821.
  2. FERREIRA, A. B. H. Novo dicionário da língua portuguesa. 2ª edição. Rio de Janeiro. Nova Fronteira. 1986. p. 821.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre política é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.