Eu (pronome)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde novembro de 2011).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Em gramática, eu designa o pronome pessoal do caso reto da primeira pessoa do singular. É uma palavra dêitica, vazia de conteúdo semântico, que representa a pessoa que fala.

Exemplos:

  • Roberto confessa que quebrou o vaso chinês da mãe:
"Mãe, por acidente, "eu" quebrei seu vaso."


"A música é meu arco, minha flecha, meu motor, meu combustível e minha solidão. Amigo, cantar é um ato que se comete absolutamente só e "eu" adoro."
  • Citação do Pelé no Wikiquote
"O que "eu" ouvia me chateava tanto que "eu" ia lá e arrebentava o time adversário."

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre linguística ou um linguista é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.