Família Cossé-Brissac

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes (desde Abril de 2011). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Escudo de armas da Casa Cossé-Brissac.

A família Cossé-Brissac pertence à alta-nobreza do final do antigo regime francês.

Deu quatro marechais de França, generais, seis cavaleiros do Espírito-Santo, dois governadores de Paris, três bispos. Deu também um político da Quinta República francesa.

História[editar | editar código-fonte]

Essa família remonta ao fim do século XIV. Todavia encontramos os Cossé bem antes, cerca de 1040, mas não há certeza se pertence a uma e mesma família. A família ficou conhecida a partir do século XVI.

Os Cossé-Brissac são nativos de Mayenne. Ali possuam senhorios tais como Cossé-en-Champagne, Mée ou Ménil, cujo castelo de Craon eles venderam para que uma de suas filhas pudesse fundar um convento no século passado. Depois, no século XV, desceram para Anjou, serviram a rainha Joana de Laval e adquiriram o senhorio de Brissac, com o castelo, à família Brézé. Por casamento, adquiriram vários senhorios bretões como Assigné, Coetmen e Malestroit.

Ícone de esboço Este artigo sobre História da França é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.