Forame jugular

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Norma inferior da base do crânio. O forame jugular está destacado pelo quadrado.

O forame jugular ou lácero posterior é uma abertura na base do crânio que permite a passagem, na parte anterior, dos nervos cranianos glossofaríngeo, vago e acessório e, na parte posterior, da veia jugular interna,[1] principal via de drenagem sanguínea do cérebro. É formado anteriormente pela porção petrosa do temporal e posteriormente pelo occipital. O orifício se localiza lateralmente ao forame magno, póstero-lateralmente ao canal carótico e lateralmente ao canal do nervo hipoglosso.[2]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Médicos de Portugal. (acessada em 11 de julho de 2009)
  2. FREITAS, Carlos Alberto Ferreira de; FILHO, Edivaldo Nery de Oliveira; BRANDÃO, Lenine Garcia; SANTOS, Luis Roberto Medina dos. Estudo da disposição anatômica da veia jugular interna, nervos glossofaríngeo, vago e acessório, na abertura inferior do forame jugular. Revista brasileira de cirurgia de cabeça e pescoço. v. 38, nº 2, pg. 76-79, abril-junho de 2009.
Ícone de esboço Este artigo sobre Anatomia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.