Frente Moro de Libertação Islâmica

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Bandeira da Frente Moro de Libertação Islâmica, fundada em 1977

A Frente Moro de Libertação Islâmica (FMLI no árabe  : جبهة تحرير مورو الإسلامية, Jabhat Moro Tahrir al-Islamiyyah) é uma grupo islâmico que se rebelou contra o governo das Filipinas com o objetivo de criar um Estado islâmico no sul do país. Foi formado em 1977 como uma dissidência da Frente Moro de Libertação Nacional.

Em março de 2014, a guerrilha FMLI assinou um acordo de paz com o governo filipino, com a promessa de encerrar a luta armada na região de Bangsamoro.[1] [2]

Referências

  1. Filipinas assinam acordo histórico de paz com guerrilha muçulmana (em português) RFi (27 de março de 2014). Página visitada em 27 de março de 2014.
  2. EFE (27 de março de 2014). Governo e islamitas assinam acordo de paz após 30 anos nas Filipinas (em português) Folha de S.Paulo. Página visitada em 27 de março de 2014.

Ver também[editar | editar código-fonte]