Galeaça

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Galeaça espanhola do século XVI

A galeaça (do italiano galeazza, aumentativo de galea (galera) é um tipo de galera grande que se construiu durante os séculos XV a XVII. A época de maior utilização foi a segunda metade do século XVI.

Tinham o intuito de ser um navio com mais artilharia que as galeras e que suportasse melhor a navegação em mar aberto. Insubstituíveis no mar Mediterrâneo face às galeras clássicas (tiveram papel fortíssimo na batalha de Lepanto em 1571), tornaram-se ineficazes face aos navios britânicos (foram inúteis na Invencível Armada em 1588).

A proporção de comprimento sobre largura era menor que nas galeras, sendo de 6 para 1 e mesmo de 5 para 1.

Os venezianos foram os primeiros a construí-las; as dimensões-padrão de uma galeaça do século XVII podiam ser 59 m de comprimento, 9 m de largura e 3,35 m de calado, com um estai de 6,5 m. Podiam levar cerca de 20 canhões. Levavam até 32 remos por banda, e os remos podiam chegar a ser de 15 m de comprimento, o que exigia sete ou oito homens por remo. Eram de proa redonda como as naus.

Eram mais lentas que as galeras ordinárias e tinham umas condições de navegação bastante pobres.