Galé

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Galé com mastros e velas

Em geral, galé ou galera - do grego (γαλέα) - podem designar qualquer tipo de navio movido a remos. Algumas variações possuem mastros e velas para auxiliar a propulsão; eram navios muito usados no Mediterrâneo.


Galera[editar | editar código-fonte]

Algumas fontes definem com mais precisão o que é uma galera: um tipo de veleiro de três ou mais mastros e vela redonda[1] , em todos eles, movida a remos ou a vela. Longa e de baixo bordo, este navio servia tanto a marinha de guerra, como a mercante[2] .

Galeriano[editar | editar código-fonte]

Galeriano é o nome dado aos remadores das galés ou galeras como condenado ou como cativo [3] .

Contrariamente à crença generalizada, não eram usados escravos como remadores nas galés, nem pelos Bizantinos nem pelos Árabes, nem sequer pelos seus predecessores Romanos e Gregos.[4] Ao longo da existência do Império, as tripulações bizantinas eram maioritariamente constituídas por homens nascidos livres de classes baixas, que eram soldados profissionais, obrigados por lei a prestar serviço militar (strateia) em troca de pagamento ou terras.

Os pagamentos eram duas a três libras (0,91 a 1,4 kg) de ouro.[5] [6] No entanto, eram também empregues estrangeiros prisioneiros de guerra, os cativos.

Referências

  1. Navio-escola Pedro Nunes [ligação inativa]. Revista da Armada.
  2. Dicionário Enciclopédico Koogan-Larousse-Seleções
  3. Dic. Enciclopédico Lello Universal - Volume II, Pág. 199
  4. Casson 1991, p. 188
  5. Pryor 1988, p. 76
  6. Haldon 1999, p. 267

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui multimídias sobre Galé

Ver também[editar | editar código-fonte]