Galeria de Arte de Vancouver

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
A VAG

A Galeria de Arte de Vancouver, ou, no inglês original, Vancouver Art Gallery (VAG) é a quinta maior galeria de arte do Canadá e a maior do Canadá Oeste. Localiza-se na Rua Hornby, 750 em Vancouver, Colúmbia Britânica. A sua colecção permanente inclui cerca de 9100 items, incluindo mais de 200 trabalhos por Emily Carr, o Grupo dos Sete, e ilustrações de Marc Chagall.

A VAG foi fundada em 1931 e teve a sua primeira "casa" na Rua Georgia, 1145. Em 1983 a localização foi mudada para a Rua Hornby, para o antigo fórum provincial. Foi renovada com um custo de 20 milhões de dólares pelo arquitecto Arthur Erickson, que havia completado o complexo da Praça Robson. A galeria de arte ocupa o quarteirão norte e está ligada, por uma passagem subterrânea debaixo da Rua Robson a uma praça, restaurantes, ao campus da Universidade de Colúmbia Britânica, escritórios do governo, e ao Tribunal Provincial da Colúmbia Britânica.

A VAG vista de debaixo da Rua Robson

A VAG tem 3.846 km² de espaço de exposição e cerca de 9.000 trabalhos em exposição, sendo a mais importante a exposição de trabalhos de Emily Carr. Tem também uma importante colecção de fotografias. A VAG organiza regularmente um número de programas públicos e leituras.

A VAG inclui uma biblioteca, um café e uma loja de souvenirs.

Em Março de 2007 o relógiode contagem para os jogos olímpicos de 2010 foi colocado no relvado em frente da Galeria de Arte de Vancouver. Está aberto grátis para o público.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]