Geografia e cartografia da civilização antiga islâmica

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
O mapa mundi de Al-Idrisi (século 12)
Este mapa do Oceano Índico e do Mar da China estava sendo desenhado em 1728 pelo cartógrafo húngaro Ottoman e publicado por Ibrahim Müteferrika; ele é uma das série ilustradas de Katip Çelebi’s Cihannuma (Geografia Universal), o primeiro atlas aproximado e desenhado que aparece a região do Mundo Islâmico.

A Geografia e a cartografia da cilivização antiga islâmica refere ao avanço da geografia, da cartografia e da geociência na cilivização medieval islâmica.

Após o seu início no século oito, baseado na geografia helenística,[1] , a região geográfica começou a ser estudada, sendo patrocinada pelo califa Abássidas. Vários estudiosos islâmicos contribuíram para seu desenvolvimento, e entre os mais notáveis ​​incluem Al-Khwarizmi, Abū Zayd al-Balkhi (fundador da "escola de Balkhi") e Abu Rayhan Biruni.

Referências

  1. Gerald R. Tibbetts, The Beginnings of a Cartographic Tradition, in: John Brian Harley, David Woodward: Cartography in the Traditional Islamic and South Asian Societies, Chicago, 1992, pp. 90-107 (97-100), ISBN 0-226-31635-1