Gibberella zeae

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa


Como ler uma caixa taxonómicaGibberella zeae
F.graminearum.JPG

250px
Classificação científica
Reino: Fungi
Divisão: Ascomycota
Classe: Sordariomycetes
Subclasse: Sordariomycetes
Ordem: Hypocreales
Família: Nectriaceae
Género: Gibberella
Espécie: G. zeae
Nome binomial
Gibberella zeae
(Schwein.) Petch, (1936)
Sinónimos
  • Botryosphaeria saubinetii
  • Dichomera saubinetii
  • Dothidea zeae
  • Fusarium graminearum
  • Fusarium roseum
  • Gibbera saubinetii
  • Gibberella roseum
  • Gibberella saubinetii
  • Sphaeria saubinetii
  • Sphaeria zeae

Gibberella zeae, também conhecida como Fusarium graminearum em seu estado anamorfo, é um fungo ascomiceto patógeno que causa a fusariose do trigo, responsável por perdas econômicas de bilhões de dólares em regiões onde o clima é úmido e quente, com precipitações pluviais elevadas.1

Ciclo de vida[editar | editar código-fonte]

A forma Fusarium graminearum é haplóide e homotálica. Os corpos de frutificação, denominados peritécios, desenvolvem-se no micélio e originam os esporos sexuais chamados ascosporos. Estes, por sua vez, são depositados nas partes sensíveis da planta hospedeira e começam a germinar. A germinação ocorre dentro de seis horas após a aterrissagem do esporo na planta.

Em seguida, o fungo produz macroconídios por reprodução assexuada. Estas estruturas hibernam no solo ou em restos de plantas em campo e dão origem ao micélio na próxima temporada.

Referências

  1. CASA, Ricardo T. et al. Danos causados pela infecção de Gibberella zeae em trigo. Fitopatologia Brasileira, vol.29 no.3, 2004.
Ícone de esboço Este artigo sobre fungos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.