God Is Not Great

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
God Is Not Great
Deus Não É Grande
Deus Não É Grande: Como a Religião Envenena Tudo
Autor (es) Christopher Hitchens
Idioma inglês
País  Estados Unidos
Assunto religião/sociologia/filosofia
Editora Twelve Books
Lançamento 1 de maio de 2007
Páginas 307
ISBN ISBN 978-0-446-57980-3
Edição portuguesa
Tradução Isabel Veríssimo
Editora Dom Quixote
Lançamento 2007
Páginas 357
ISBN 978-972-20-3467-8
Edição brasileira
Editora Ediouro
Lançamento 2007

God Is Not Great: How Religion Poisons Everything é um livro em crítica à religião escrito pelo jornalista Christopher Hitchens lançado em 2007.[1] Foi publicado no Reino Unido com o nome de God Is Not Great: The Case Against Religion, e no Brasil, como Deus Não É Grande: Como a Religião Envenena Tudo.[2]

No livro, Hitchens defende que a religião organizada é "violenta, irracional, intolerante, racista e incentiva o fanatismo". O escritor chega a essas conclusões apoiando-se em empirismo pessoal, fatos históricos e análise crítica dos textos bíblicos.[1] Ele fala principalmente das religiões abraâmicas, porém, em alguns trechos, cita o hinduísmo e o budismo.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b KINSLEY, Michael (11 de maio de 2007). "God Is Not Great": An atheist takes on religion (em inglês) The New York Times. Visitado em 17 de dezembro de 2011.
  2. Resenha Deus Não É Grande Livraria Cultura. Visitado em 17 de dezembro de 2011.
Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.