Guitarra semiacústica

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Guitarra elétrica
Informações
Classificação Guitarra acústica, Guitarra elétrica, Baixo acústico
Baixo elétrico
Chapman stick
Contrabaixo
Warr guitar
Classificação Hornbostel-Sachs Instrumento de cordas
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde Abril de 2009).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.

A guitarra semi-acústica é um tipo de guitarra mais "baça" (em termos de som) do que a guitarra acústica ou clássica. É utilizada em concertos com plateias com pouca dimensão.

Sobre[editar | editar código-fonte]

São guitarras que possuem caixa de propagação acústica, seu tamanho é relativamente maior que as maciças e seu som natural também é mais intenso. A abertura acústica pode causar influência na captação elétrica dependendo do tipo do captador usado (maior influência com captadores passivos e menor, ou nenhuma com captadores ativos). São guitarras mais usadas sem a adição de efeitos e são preferidas por músicos na produção de músicas jazz e blues tradicional. A guitarra semi-sólida é uma variação desenvolvida para solucionar os problemas de feedback e microfonia indesejados. É o meio-termo entre instrumento acústico e sólido. É dotado de caixa de propagação acústica com uma peça de madeira interna que estende-se do braço ao fim do corpo. Assim, seu som é uma combinação do timbre característico da guitarra acústica com a sustentação do corpo sólido.[3] A primeira guitarra deste gênero é a Gibson ES-335, fabricada a partir de 1958.

Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.