Hemachatus haemachatus

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaHemachatus haemachatus
Serpente Hemachatus haemachatus, naja cuspideira

Serpente Hemachatus haemachatus, naja cuspideira
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Subfilo: Vertebrata
Classe: Reptilia
Ordem: Squamata
Subordem: Serpentes
Família: Elapidae
Género: Haemachatus
Fleming, 1822
Espécie: H. haemachatus
Nome binomial
Hemachatus haemachatus
(Bonnaterre, 1790)

Hemachatus haemachatus ou naja cuspideira é uma espécie de serpente que pode medir de 1 a 2 metros, habita savanas úmidas, pastagens e florestas.[1] Alimenta-se de roedores pequenos, aves, lagartos e outras cobras menores. Possui neurotoxina que paralisa o sistema nervoso causando parada respiratória, levando à morte.

Pode ser encontrada na África do Sul. Pode ter o corpo preto ou marron escuro com um anel branco no pescoço.

Tem vários mecanismos de defesa:

  • pode dilatar seu pescoço na expansão que é chamada de "capuz", que faz com que pareça maior e mais ameaçadora;
  • pode morder e injetar veneno na vítima atacada;
  • pode lançar veneno nos olhos de seu inimigo.

São predadores fantásticos e engenhosos mas são vulneráveis a ataques. A forma de lançar o veneno é a seguinte: os dutos que conduzem os venenos são fechados e existe um buraco na parte da frente diante de cada dente, quando a naja comprime esses sacos de veneno os dentes atuam como pistolas de água, esguichando veneno a uma distância de quase 4 metros, em geral nos olhos do inimigo, uma arma que pode ser usada tanto para defesa como no ataque.

Referências

  1. Hemachatus haemachatus. IUCN RedList. Página visitada em 2 de novembro de 2013.
Ícone de esboço Este artigo sobre cobras, integrado no Projeto Anfíbios e Répteis é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.