Savana

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes fiáveis e independentes. (desde Novembro de 2009). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Savana (também conhecida como anhara em Angola e como cerrado no Brasil) é uma região plana cuja vegetação predominante são as gramíneas, com árvores esparsas e arbustos isolados ou em pequenos grupos. Normalmente, as savanas são zonas de transição entre bosques e prados. A savana é o bioma típico das regiões de clima tropical com estação seca (Aw e As na classificação de Köppen-Geiger). Estas zonas se encontram em diferentes tipos de ecossistemas, e seus tipos são:

  • Savanas tropicais e subtropicais, são biomas geralmente situados em latitudes tropicais e subtropicais dos cinco continentes. São caracterizadas por:
    • água: escassa (semiáridas)
    • temperatura: duas estações - uma quente e seca e outra chuvosa.
    • solo: fértil
    • plantas: gramíneas; não são frequentes as concentrações de árvores.
    • animais: diferentes espécies de mamíferos, pássaros e insetos.

As savanas da África são o exemplo clássico. Uma das mais famosas é o Serengueti. O Serengueti fica localizado no Grande Vale do Rift, entre o norte da Tanzânia e o sudoeste do Quênia.

O cerrado brasileiro é um tipo de savana, sendo o segundo bioma mais ameaçado do país.

  • Savanas temperadas, biomas localizados em latitudes médias dos cinco continentes, caracterizadas por possuírem um clima de verão mais húmido e invernos mais secos:
    • água: semi-áridas
    • temperatura: uma estação temperada e uma mais quente. Invernos frios.
    • solo: fértil
    • plantas: gramíneas
    • animais: mamíferos, pássaros, répteis e insetos.
  • Savanas mediterrâneas, são biomas localizados em latitudes médias, em regiões com clima mediterrâneo.

Se caracterizam por:

    • água: semi-áridas
    • solo: pobre
    • plantas: vegetação endêmica constituída pelos denominados "chaparral", "matorral", "maquis" ou "garrique" (dependendo do país): arbustos perenes do tipo sclerophylla e pequenas árvores. Este tipo de savana é um dos mais ameaçados do planeta, pois tem sofrido grande degradação e perda de habitats devido a cortes excessivos para obtenção de lenha, excesso de pastoreio, conversões agrícolas, urbanização e introdução de espécies exóticas.
  • Savanas pantanosas, são ecossistemas localizados em regiões tropicais e subtropicais dos cinco continentes, com frequentes inundações.

Se caracterizam por:

    • água: muito úmidas
    • clima: tropical
    • solo: rico
  • Savanas montanhosas se encontram em altitudes elevadas (zonas alpinas e sub-alpinas) em diferentes regiões do planeta. Se caracterizam por terem evoluído de forma isolada devido às condições climáticas em determinadas altitudes e, frequentemente, albergam muitas espécies endêmicas. As plantas características destes habitats mostram adaptações tais como: estruturas em forma de roseta, superfícies cerosas e folhas pubescentes.

Ver também[editar | editar código-fonte]