Zona bentônica

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Microfotografia de animais típicos da zona bentônica
Habitats marinhos
Strait of Gibraltar perspective.jpg
Zona litoral
Zona entremarés
Estuários
Florestas de kelp
Recifes de coral
Bancos oceânicos
Plataforma continental
Zona nerítica
Estreitos
Zona pelágica
Zona oceânica
Montes submarinos
Fontes hidrotermais
Emanações frias
Zona demersal
Zona bentónica

A zona bentônica é a região do ambiente marinho situada próxima do fundo oceânico. A fauna desta região caracteriza-se por organismos que rastejam, se prendem ou vivem enterrados na areia ou no lodo, o bentos, mas também abriga muitos animais do nécton, como os linguados e várias espécies de tubarão.[1]

A zona bentônica se subdivide em:

  1. Litoral (intertidal) - desde a linha da maré mais alta até à da maré mais baixa; vida animal e vegetal abundante.
  2. Sublitoral - da linha da maré baixa até a extremidade da plataforma continental; vida animal abundante; bancos de algas e ervas marinhas; são os principais campos de pesca.
  3. Zona batial - no declive ou talude continental; situa-se nos fundos da zona batipelágica oceânica.
  4. Abissal - os fundos oceânicos com profundidade média abaixo dos 2000 m, até o nível superior das valas oceânicas; possui fauna escassa e nenhuns organismos fotossintetizadores, uma vez que a luz do sol não consegue penetrar até estas profundidades.
  5. Hadal. O fundo das fossas oceânicas.

Referências

Referências bibliográficas[editar | editar código-fonte]

  • STORER, T.I. & USINGER, R.L.: "Zoologia Geral". Companhia Editora Nacional, São Paulo, pag. 224-226.
Ícone de esboço Este artigo sobre Biologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.