Heurística de Silver-Meal

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A heurística de Silver-Meal, criada por Edward Silver e Harlan Meal, é uma variante da EOQ que se aproxima da optimalidade do algoritmo de Wagner-Whitin. Esta heurística baseia-se numa função do custo total/unidade de tempo de maneira a seleccionar a quantidade a encomendar (Tersine, 1988, p. 168):

CT(T) = (Custo de Enc. + Custo de Posse até ao fim do período T) / T = [Custo de Enc. + hP\sum_{k=1}^{T} (k - 1)R_k] / T

onde:

h = custo de posse por período, em fracção do custo unitário

P = custo unitário

R_k = procura no período k

T = número de períodos de tempo para a qual a encomenda durará

Esta heurística escolhe para valor óptimo de T o menor valor possível para o qual CT (T+1) > CT (T) (Gonçalves, 2000, p.29).

Quando os custos relevantes totais por unidade de tempo começa a aumentar em T + 1, o T correspondente é seleccionado como o número de períodos do fornecimento da encomenda. A quantidade de reabastecimento Q associada a um valor particular de T é (Tersine, 1988, p. 169):

Q = \sum_{k=1}^{T} R_k

Duas situações em que a heurística não tem bom desempenho são quando:

  1. a procura diminui rapidamente com o tempo durante vários períodos
  2. existe um grande número de períodos sem procura

Referências[editar | editar código-fonte]

  • GONÇALVES, José Fernando – Gestão de aprovisionamentos. Ed. rev. Porto: Publindústria, 2000. ISBN 978-972-95794-9-3
  • TERSINE, Richard J. – Principles of inventory and materials management. 3ª ed. New York: Elsevier Science Publishing, 1988. ISBN 978-0-444-01162-6

Ver também[editar | editar código-fonte]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]