Hipogonadismo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto.
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.


Hipogonadismo
Classificação e recursos externos
CID-10 E28..3,E29..1,E23..0
CID-9 257.2
Star of life caution.svg Aviso médico

Hipogonadismo é um termo médico para um defeito no sistema reprodutor que resulta na diminuição da função das gônadas (ovários ou testículos)[1] . As gônadas têm duas funções:

  1. Produzir os hormônios (testosterona, estradiol, progesterona, inhibin B), activina
  2. Produzir os gametas (óvulos ou espermatozóides).

A deficiência dos hormônios sexuais pode resultar em um desenvolvimento defeituoso das características sexuais primárias ou secundárias, pouco desenvolvimento das genitálias, ou efeitos de retirada (por exemplo, menopausa prematura) em adultos. O desenvolvimento defeituoso das gônadas resulta em infertilidade.

O termo hipogonadismo é geralmente aplicado para os defeitos permanentes, ao invés dos temporários ou reversíveis, e geralmente implica deficiência dos hormônios reprodutivos, com ou sem defeitos de fertilidade. O termo é menos usado para infertilidade sem deficiência hormonal.

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre Medicina é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.