Igreja de Santo António de Lisboa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde maio de 2014).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Fachada da Igreja de Santo António de Lisboa.

A Igreja de Santo António é um edifício localizado na freguesia de Santa Maria Maior (), no concelho de Lisboa, Portugal. Encontra-se alegadamente no local da casa onde Santo António nasceu, junto à antiga "Porta do Mar", que existia na muralha de acesso ao interior de Lisboa medieval, e assume-se como seu santuário. Ao lado, encontra-se um pequeno museu a ele dedicado.

Manda a tradição que os jovens que tencionam casar, no dia do casamento, visitem a igreja, rezem e deixem flores para Santo António, que é o intercessor dos recém-casados. Na descida para a cripta, há um painel de azulejos modernos que celebra a visita do Papa João Paulo II em 1982.

Arquitectura[editar | editar código-fonte]

No interior, a cripta com entrada pela sacristia é tudo o que resta da igreja original, que foi destruída pelo terramoto de 1755. A nova igreja, um edifício tardo-barroco e pombalina[1] de linhas sinuosas marcadas no desenho do frontão e da escadaria[2] , foi iniciada em 1757, sob a direcção de Mateus Vicente, arquitecto da Basílica da Estrela.

Toda a obra foi parcialmente paga pelas crianças, que pediam "um tostãozinho para o Santo António", e, como se pode ver hoje, o chão da capela está coberto de moedas e as paredes exibem mensagens de devotos. Em 1995, a igreja foi renovada para o VIII centenário do santo. O museu, em edifício anexo criado em 1962, erguido onde tradicionalmente se considera ser o local onde nasceu o Santo, foi fruto de renovação na sua exposição através de um projecto desenvolvido entre 2010 e 2012 por Ana Cristina Leite, Pedro Teotónio Pereira e Rita Fragoso de Almeida[3] .

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Património de Portugal é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Igreja de Santo António de Lisboa


O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Igreja de Santo António de Lisboa