Indústria de base

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Indústria de base é o tipo de indústria que produz matéria prima para outra empresa, ou seja, produzindo ou as máquinas, ou a própria matéria prima. As Indústrias de base, também chamadas de indústrias de bens intermediários ou indústrias pesadas, incluem principalmente os ramos: siderúrgico, metalúrgico, petroquímico e de cimento.

São indústrias que têm no desenvolvimento de outras indústrias — a montante e a jusante — sua mais importante justificativa.[1]

Essas indústrias transportam grande quantidade de matéria-prima e por isto costumam localizar-se próximas a portos, ferrovias e fontes de matéria-prima para facilitar o recebimento desta última e facilitar o escoamento da produção. São as indústrias que fabricam materiais e equipamentos (matéria-prima) para a construção e montagem de outros equipamentos.

Situação que ocorre de países sub-desenvolvidos para desenvolvidos, que por consequência voltam essas matérias primas para os países de origem com tecnologia por um preço muito alto.

  • Exemplo: a metalúrgica produz o aço que será utilizado na montagem do carro.

Referências

  1. OLIVEIRA, C. A. V. O surgimento das estruturas híbridas de governança na indústria de energia elétrica no Brasil: a abordagem institucional da economia dos custos de transação. UFSC, 1998 Dissertação de Mestrado em Economia.

Ver também[editar | editar código-fonte]